Carregando...
Jusbrasil - Tópicos
16 de agosto de 2018
99 Motoristas Editar Foto
×

Alterar Imagem

Envie uma imagem

99 Motoristas

Adicione uma descrição a este tópico. Editar

caracteres restantes

Cancelar
UBER deverá indenizar motorista por furto e lesão corporal praticados por passageiro.

UBER deverá indenizar motorista por furto e lesão corporal praticados por passageiro. A 4ª Turma Cível do Colégio... a empresa a indenizar o motorista do aplicativo, pelos danos morais e materiais sofridos por um passageiro. O motorista... ao Estado pela coibição da violência e sustentou que não seria parte ilegítima n...

Novo aplicativo dará desconto de 40% em multas de trânsito no Rio

Novo aplicativo dará desconto de 40% em multas de trânsito no Rio Os motoristas do Rio terão acesso, em até três meses... que envolvem a emissão e distribuição de multas para os motoristas cariocas, com o objetivo principal de diminuir... o motorista que vier a cometer alguma infração. — O processo de geração de multas...

Motorista de ônibus que excedia velocidade por pressão de fiscais deve ser indenizado

Motorista de ônibus que excedia velocidade por pressão de fiscais deve ser indenizado Um motorista de ônibus que era... mantido o valor de R$ 5 mil fixado pelo TRT da 9ª Região. Consta nos autos que o motorista era instruído pelos próprios... fiscais da empresa a apressar o início do ‘pega’ (sistema de jornada em que o...

Colisão de Trânsito - Quem bate na traseira está sempre errado?

DE CULPAS CARACTERIZADA. RECURSO PARCIALMENTE PROVIDO. "Normalmente, em colisões de veículos, culpado é o motorista... de veículos é relativa a presunção de que é culpado o motorista cujo o carro atinge o outro por trás". (RT, 575/168). (Grifei...). "Colisão na traseira. Presunção de culpa em relação ao motorista que ...

Exame Toxicológico para Motorista Profissionais (Lei n. 13.103/2015)

Exame Toxicológico para Motorista Profissionais (Lei n. 13.103/2015) A Lei n. 13.103/2015, conhecida como a lei... dos motoristas profissionais, consubstancia numa tentativa de redução de acidentes rodoviários, imposto pelo ”poder público... de realização de exames toxicológicos nos motoristas profissionais, na admissã...

Andamento do Processo n. 0012604-79.2017.8.26.0007 - Procedimento do Juizado Especial Cível - 19/06/2017 do TJSP

PROCESSO :0012604-79.2017.8.26.0007 CLASSE :PROCEDIMENTO DO JUIZADO ESPECIAL CÍVEL REQTE : Bruno Machado Campos REQDO : 99... Motoristas VARA:VARA DO JUIZADO ESPECIAL CÍVEL Fóruns Regionais e Distritais VII - Itaquera e Guaianazes Cível Distribuidor Cível...

Resultados da busca Jusbrasil para "99 Motoristas"

TJ-RS - Apelação Cível AC 70065874273 RS (TJ-RS)

Data de publicação: 02/03/2016

Ementa: APELAÇÃO CÍVEL. SERVIDOR PÚBLICO. CARGO DE MOTORISTA. MUNICÍPIO DE CANELA. ADICIONAL DE INSALUBRIDADE. LEI MUNICIPAL Nº 1.645/99. CONTATO COM DOENÇAS INFECTO-CONTAGIOSAS. LAUDO ADMINISTRATIVO. PROVA JUDICIAL. GRAU MÉDIO. I. No âmbito do Município de Canela, os arts. 81 e seguintes da Lei Municipal nº 1.645/99 prevêem a possibilidade de pagamento do adicional de insalubridade aos servidores que executem com habitualidade atividades insalubres, mediante a aferição do grau das tarefas desenvolvidas por meio de laudo técnico administrativo - Mínimo (10%), Médio (20%) e Máximo (40%) -, bem como a sua regulamentação por meio de decreto. II. Na espécie, o autor, Motorista de ambulância do município demandado, faz jus ao adicional de insalubridade em grau médio, considerando que corroborada por perícia judicial a conclusão levada a efeito no laudo administrativo, bem como a disposição do art. 1º, II, h, do Decreto Municipal n° 4.250/2004. III. Manutenção da sentença de improcedência. Precedentes jurisprudenciais. APELAÇÃO DESPROVIDA. (Apelação Cível Nº 70065874273, Quarta Câmara Cível, Tribunal de Justiça do RS, Relator: Antônio Vinícius Amaro da Silveira, Julgado em 24/02/2016).

TJ-RS - Apelação Cível AC 70052756665 RS (TJ-RS)

Data de publicação: 05/06/2014

Ementa: APELAÇÃO CÍVEL E RECURSO ADESIVO. IPVA. AÇÃO CONSIGNATÓRIA. DESCONTO DE 15% PREVISTO NA LEI-RS 11.400/99 (LEI DO BOM MOTORISTA). AÇÃO DECLARATÓRIA DE INEXISTÊNCIA DE DÉBITO, ANULATÓRIA DE INSCRIÇÃO EM DÍVIDA ATIVA E INDENIZAÇÃO POR DANOS MORAIS. REUNIÃO DAS DEMANDAS. SENTENÇA ÚNICA. 1. AÇÃO CONSIGNATÓRIA 1.1 - É irrelevante, para fins do desconto de 15% no IPVA, previsto na Lei-RS 11.400/99 (Lei do Bom Motorista), o fato de existir demanda judicial ou recurso administrativo, e tal não ofende o princípio do devido processo legal, uma vez que fica assegurado o desconto no caso de a infração, a final, ser declarada inexistente (art. 4º e § 1º). Precedente. 1.2 - No tocante à natureza da infração, embora seja exato distinguir entre administrativa e de circulação, a verdade é que a Lei 11.400/99 é abrangente. Para o fim específico, não há distinção. Descabe, pois, ao intérprete fazê-lo. Aliás, tratando-se de benefício tributário, a interpretação é literal ( CTN , art. 111 ). 2. AÇÃO DECLARATÓRIA DE INEXISTÊNCIA DE DÉBITO, ANULATÓRIA DE INSCRIÇÃO EM DÍVIDA ATIVA E INDENIZAÇÃO POR DANOS MORAIS 2.1 - Se na ação consignatória, previamente ajuizada, a parte requer pagamento, há reconhecer a extinção por litispendência do posterior pedido declaratório de que o débito não existe. 2.2 - Se a liminar na consignação em pagamento foi restrita ao depósito do IPVA com 15% de desconto, previsto na Lei-RS 11.400/99 (Lei do Bom Motorista), não se pode concluir, sem manifestação expressa, pela suspensão da exigibilidade de todo o crédito tributário. Assim, inexiste irregularidade na inscrição em dívida ativa. Recurso adesivo provido no ponto. 2.3 - Não tendo ocorrido procedimento administrativo irregular, seja quanto à negativa do benefício previsto na Lei-RS 11.400/99 (dedução de 15% do IPVA), seja quanto à inscrição em dívida ativa, não há falar em danos morais. 3. DEMAIS PEDIDOS (RECURSO ADESIVO) Descabe a suspensão da exigibilidade do crédito, sob pena de o credor não poder cobrar...

TJ-RS - Apelação Cível AC 70052756731 RS (TJ-RS)

Data de publicação: 05/06/2014

Ementa: APELAÇÃO CÍVEL E RECURSO ADESIVO. IPVA. AÇÃO CONSIGNATÓRIA. DESCONTO DE 15% PREVISTO NA LEI-RS 11.400/99 (LEI DO BOM MOTORISTA). AÇÃO DECLARATÓRIA DE INEXISTÊNCIA DE DÉBITO, ANULATÓRIA DE INSCRIÇÃO EM DÍVIDA ATIVA E INDENIZAÇÃO POR DANOS MORAIS. REUNIÃO DAS DEMANDAS. SENTENÇA ÚNICA. 1. AÇÃO CONSIGNATÓRIA 1.1 - É irrelevante, para fins do desconto de 15% no IPVA, previsto na Lei-RS 11.400/99 (Lei do Bom Motorista), o fato de existir demanda judicial ou recurso administrativo, e tal não ofende o princípio do devido processo legal, uma vez que fica assegurado o desconto no caso de a infração, a final, ser declarada inexistente (art. 4º e § 1º). Precedente. 1.2 - No tocante à natureza da infração, embora seja exato distinguir entre administrativa e de circulação, a verdade é que a Lei 11.400/99 é abrangente. Para o fim específico, não há distinção. Descabe, pois, ao intérprete fazê-lo. Aliás, tratando-se de benefício tributário, a interpretação é literal ( CTN , art. 111 ). 2. AÇÃO DECLARATÓRIA DE INEXISTÊNCIA DE DÉBITO, ANULATÓRIA DE INSCRIÇÃO EM DÍVIDA ATIVA E INDENIZAÇÃO POR DANOS MORAIS 2.1 - Se na ação consignatória, previamente ajuizada, a parte requer pagamento, há reconhecer a extinção por litispendência do posterior pedido declaratório de que o débito não existe. 2.2 - Se a liminar na consignação em pagamento foi restrita ao depósito do IPVA com 15% de desconto, previsto na Lei-RS 11.400/99 (Lei do Bom Motorista), não se pode concluir, sem manifestação expressa, pela suspensão da exigibilidade de todo o crédito tributário. Assim, inexiste irregularidade na inscrição em dívida ativa. Recurso adesivo provido no ponto. 2.3 - Não tendo ocorrido procedimento administrativo irregular, seja quanto à negativa do benefício previsto na Lei-RS 11.400/99 (dedução de 15% do IPVA), seja quanto à inscrição em dívida ativa, não há falar em danos morais. 3. DEMAIS PEDIDOS (RECURSO ADESIVO) Descabe a suspensão da exigibilidade do crédito, sob pena de o credor não poder cobrar...

×