Art. 793A Consolidação das Leis do Trabalho - Decreto Lei 5452/43

CLT - Decreto Lei nº 5.452 de 01 de Maio de 1943

Aprova a Consolidação das Leis do Trabalho.
Art. 793-A. Responde por perdas e danos aquele que litigar de má-fé como reclamante, reclamado ou interveniente. (Incluído pela Lei nº 13.467, de 2017)
Art. 793-B. Considera-se litigante de má-fé aquele que: (Incluído pela Lei nº 13.467, de 2017)
I - deduzir pretensão ou defesa contra texto expresso de lei ou fato incontroverso; (Incluído pela Lei nº 13.467, de 2017)
II - alterar a verdade dos fatos; (Incluído pela Lei nº 13.467, de 2017)
III - usar do processo para conseguir objetivo ilegal; (Incluído pela Lei nº 13.467, de 2017)
IV - opuser resistência injustificada ao andamento do processo; (Incluído pela Lei nº 13.467, de 2017)
V - proceder de modo temerário em qualquer incidente ou ato do processo; (Incluído pela Lei nº 13.467, de 2017)
VI - provocar incidente manifestamente infundado; (Incluído pela Lei nº 13.467, de 2017)
VII - interpuser recurso com intuito manifestamente protelatório. (Incluído pela Lei nº 13.467, de 2017)
Art. 793-C. De ofício ou a requerimento, o juízo condenará o litigante de má-fé a pagar multa, que deverá ser superior a 1% (um por cento) e inferior a 10% (dez por cento) do valor corrigido da causa, a indenizar a parte contrária pelos prejuízos que esta sofreu e a arcar com os honorários advocatícios e com todas as despesas que efetuou. (Incluído pela Lei nº 13.467, de 2017)
§ 1o Quando forem dois ou mais os litigantes de má-fé, o juízo condenará cada um na proporção de seu respectivo interesse na causa ou solidariamente aqueles que se coligaram para lesar a parte contrária. (Incluído pela Lei nº 13.467, de 2017)
§ 2o Quando o valor da causa for irrisório ou inestimável, a multa poderá ser fixada em até duas vezes o limite máximo dos benefícios do Regime Geral de Previdência Social. (Incluído pela Lei nº 13.467, de 2017)
§ 3o O valor da indenização será fixado pelo juízo ou, caso não seja possível mensurá-lo, liquidado por arbitramento ou pelo procedimento comum, nos próprios autos. (Incluído pela Lei nº 13.467, de 2017)
Art. 793-D. Aplica-se a multa prevista no art. 793-C desta Consolidação à testemunha que intencionalmente alterar a verdade dos fatos ou omitir fatos essenciais ao julgamento da causa. (Incluído pela Lei nº 13.467, de 2017)
Parágrafo único. A execução da multa prevista neste artigo dar-se-á nos mesmos autos. (Incluído pela Lei nº 13.467, de 2017)

O Processo do Trabalho e os efeitos da Reforma Trabalhista

. (Redação dada pela Lei 13.467, de 2017). A mudança significativa, veio com a redação do artigo 840, §1, que não previa... verbis: Art. 852-B. Nas reclamações enquadradas no procedimento …
Daniela Amin, Advogado
há 9 meses

Análise da Lei nº 13.467/2017 frente ao direito fundamental de acesso à tutela jurídica do trabalhador

em 11 mar. 2018. BRASIL. Consolidação das Leis do Trabalho . Decreto-Lei 5.442, de 01.mai.1943. Disponível em: . Acesso... Nacional do Trabalho (Decreto 6.597/40). Por fim, em 1943 a Consolida…
Tales Calaza, Advogado
há 10 meses

Partes e Procuradores no Processo do Trabalho

de o trabalhador ser sindicalizado (artigo 18 da Lei n° 5.584/70). 6. Preposto Trazido pelo artigo 843, §§ 1° e 3° da CLT...). 8. Responsabilidade por Dano Processual Trazidos pelos artigos 793-A à …

Da litigância de má-fé após a entrada da reforma trabalhista e o código de processo civil/2015.

. Sendo assim, parece que seria oportuna a inserção na lei processual trabalhista de algo como previsto no artigo 5º do CPC... dos cuja responsabilidade tem disciplina no art. 32 da Lei n. 8.906/94 …
Matheus Rodrigues, Advogado
há 11 meses

Dos efeitos e aspectos da aplicação da sucumbência implementada pela reforma trabalhista diante do direito fundamental do acesso ao judiciário.

. LISTA DE ABREVIATURAS E SIGLAS ART- Artigo de Lei. A.C - Antes de Cristo. CLT - Consolidação das Leis do Trabalho . CF... processuais da Consolidação das Leis do Trabalho alteradas pela Lei

A Litigância de Má-Fé nas Relações Trabalhistas e a Responsabilização do Advogado.

Fernanda Marques Avistá¹ Renato Luís Azevedo de Oliveira² RESUMO: Esta pesquisa tem como tema a litigância de má-fé nas reclamações trabalhistas e a responsabilização do advogado, uma vez que no…
Daniel Correia, Advogado
ano passado

A pós-reforma trabalhista: quando surge a necessidade de prestar assistência jurídica à testemunha.

Não é novidade para nenhum operador do direito que o advogado jamais deve instruir uma testemunha num processo. Ele deve orientá-la, no sentido de que a verdade deve ser dita em juízo, de forma clara…

Resolução nº 221, de 21 de julho de 2018.

RESOLUÇÃO Nº 221, DE 21 DE JUNHO DE 2018. Edita a Instrução Normativa n° 41, que dispõe sobre as normas da CLT, com as alterações da Lei nº 13.467/2017 e sua aplicação ao processo do trabalho. O…
Roldan Alencar, Advogado
há 2 anos

Instrução normativa 41/2018 do TST

A Instrução Normativa 41/2018 do TST trata apenas de regras processuais. Esse detalhe merece toda a atenção do leitor, já que há notícias, artigos e reportagens que simplesmente generalizam o seu…
GEN Jurídico, Editor de Livro
há 2 anos

Instrução Normativa 41/2018 do TST

A Instrução Normativa 41/2018 do TST trata apenas de regras processuais . Esse detalhe merece toda a atenção do leitor, já que há notícias, artigos e reportagens que simplesmente generalizam o seu…