Carregando...
Jusbrasil - Tópicos
23 de fevereiro de 2018
Código de Ética e Disciplina da OAB

Código de Ética e Disciplina da OAB

Adicione uma descrição a este tópico. Editar

caracteres restantes

Cancelar
Marketing Jurídico: três dicas para conquistar clientes e alcançar a projeção do seu negócio em 2018

e desenvolvimento profissional! Fonte: Código de Ética e Disciplina da Ordem dos Advogados do Brasil – OAB. Resolução 02 /2015..., mas havia a falta de recursos e estratégias para alcançá-los. A rigorosa regulamentação do Código de Ética da Ordem... são legais e compatíveis com as disposições do Código de Ética da OAB...

Andamento do Processo n. 1003867-58.2017.8.26.0011 - Procedimento Comum - Cláusulas Abusivas - 06/02/2018 do TJSP

Processo 1003867-58.2017.8.26.0011 - Procedimento Comum - Cláusulas Abusivas - Ced - Centro de Ensino A Distância Ltda - Epp... da ação.Int. - ADV: RONALDO RAMSES FERREIRA (OAB 281928/SP), JORGE LUIZ REIS FERNANDES (OAB 220917/SP), RAISSA LUIZA... ANTUNES MONTORO (OAB 347590/SP) Fóruns Regionais e Distritais XI - Pinh...

Andamento do Processo n. 1008058-49.2017.8.26.0011 - 06/02/2018 do TJSP

ao processo 1005884-67.2017.8.26.0011) - Embargos à Execução - Valor da Execução / Cálculo / Atualização - Ced - Centro... CHAGAS (OAB 303021/SP), RONALDO RAMSES FERREIRA (OAB 281928/SP) Fóruns Regionais e Distritais XI - Pinheiros Cível 2ª Vara... Cível JUÍZO DE DIREITO DA 2ª VARA CÍVEL JUIZ(A) DE DIREITO ANDREA FERR...

Igor Leite

Igor Leite -

Se pode um, podem todos! A publicidade do advogado

feito, é que causou o maior reboliço entre a classe de advogados sobre se tal atitude fere ou não o código de ética da OAB...Se pode um, pode todos! A publicidade do advogado Hoje cedo estava lendo esta publicação no site Jota info que falava... sobre a publicidade do advogado de Lula ao colocar um painel imenso do es...

Redes sociais para escritórios de advocacia: o que é permitido pela OAB?

as normas do Código de Ética e Disciplina.”. Em outras palavras: o advogado pode investir em estratégias de mídias sociais...Redes sociais para escritórios de advocacia: o que é permitido pela OAB? A maioria dos advogados demonstra certo receio... de Ética da OAB, é difícil saber se as ações em canais como Facebook, I...

Paulo Luz

Paulo Luz -

Ética na Advocacia

e da ordem jurídica, tendo que observar as condutas previstas no Código de Ética. No final, o advogado só terá tido êxito... a cumprir os deveres consignados no Código de Ética e Disciplina. O texto introdutório do Código de Ética e Disciplina... da Ordem dos Advogados do Brasil – OAB, publicado no Diário Oficial da U...

Justiça determina que advogado exerça atividade profissional grátis por ameaça à ex-namorada

Justiça determina que advogado exerça atividade profissional grátis por ameaça à ex-namorada A Vara Criminal da Comarca... de Brasiléia condenou o advogado F.V.N a exercer a atividade profissional de forma gratuita como pena restritiva..., o advogado, prevalecendo-se das relações íntimas de afeto, iniciou as agressões ...

O que um advogado de defesa criminal pode e não pode fazer?

de um crime, saindo de sua atuação profissional. A diferença entre o bom advogado e o advogado sem limites éticos Um bom... advogado faz de tudo que a lei permite. Um advogado sem limites éticos deixa de atuar dentro de sua profissão, passando... advogado, que o respeite e respeite sua profissão. Ao optar por um advog...

O sigilo profissional do Advogado

O sigilo profissional do Advogado O sigilo profissional do Advogado O Código de Ética e Disciplina da OAB.... Assim nos deparamos com o disposto no Código de Ética e disciplina da OAB. De fato, a publicidade voltada para as massas... rápida, e o disposto no Código de Ética e Disciplina da OAB. Isso gera uma incerteza, ...

Ética na Advocacia

para com os colegas, respeito à lei, e aos princípios enumerados no Código de Ética do Estatuto da Ordem dos Advogados..., parágrafo único, inciso VI, do Código de Ética, diz que, “ São deveres do advogado: estimular a conciliação... sob o seu patrocínio ou de um colega. Nesse sentido, o art. 33, inciso II, do Código ...

Resultados da busca Jusbrasil para "Código de Ética e Disciplina da OAB"

STJ - RECURSO ESPECIAL REsp 705269 SP 2004/0166580-2 (STJ)

Data de publicação: 05/05/2008

Ementa: PROCESSO CIVIL. PROCEDIMENTO SUMÁRIO. AUDIÊNCIA DE CONCILIAÇÃO E JULGAMENTO. COMPARECIMENTO PESSOAL DO AUTOR. COISA JULGADA. EXTINÇÃO DO PROCESSO. IMPOSSIBILIDADE. REALIZAÇÃO DE NOVA AUDIÊNCIA. ART. 23 DO CÓDIGO DE ÉTICA E DISCIPLINA DA OAB. INAPLICABILIDADE. 1. A teor do disposto no art. 277 , § 3º , do CPC , na audiência de conciliação e julgamento promovida no procedimento sumário, a parte autora não necessita comparecer pessoalmente, sendo bastante a presença de seu advogado dotado de poderes expressos para transigir. 2. Em respeito ao postulado do respeito à coisa julgado, não mais pode ser revista no julgamento da apelação a matéria decidida pelo Tribunal a quo em sede de agravo de instrumento. 3. As disposições inscritas no art. 38 do CPC , com a redação dada pela Lei nº 8.952 /1994, não exigem o reconhecimento da firma do outorgante na hipótese de concessão poderes gerais ou especiais para o foro. Precedentes. 4. Em não havendo o comparecimento pessoal do autor na audiência de conciliação no procedimento sumário, deve o magistrado, ao invés de extinguir o feito, determinar a realização de nova audiência com base no disposto no art. 331 , §§ 1º e 2º , do CPC . 5. As disposições inscritas no art. 23 do Código de Ética e Disciplina da OAB – regulamento destinado a firmar as normas de conduta dos advogados, sobretudo no âmbito no âmbito administrativo da OAB –, não tem o condão de afastar a possibilidade prevista na legislação processual civil de regência ( CPC , art. 267 , § 3º , do CPC ) de autor fazer-se representar pelo seu patrono. 6. Recurso parcialmente conhecido e provido

STJ - RECURSO ESPECIAL REsp 705269 SP 2004/0166580-2 (STJ)

Data de publicação: 05/05/2008

Ementa: PROCESSO CIVIL. PROCEDIMENTO SUMÁRIO. AUDIÊNCIA DE CONCILIAÇÃO E JULGAMENTO. COMPARECIMENTO PESSOAL DO AUTOR. COISA JULGADA. EXTINÇÃO DO PROCESSO. IMPOSSIBILIDADE. REALIZAÇÃO DE NOVA AUDIÊNCIA. ART. 23 DO CÓDIGO DE ÉTICA E DISCIPLINA DA OAB. INAPLICABILIDADE. 1. A teor do disposto no art. 277 , § 3º , do CPC , na audiência de conciliação e julgamento promovida no procedimento sumário, a parte autora não necessita comparecer pessoalmente, sendo bastante a presença de seu advogado dotado de poderes expressos para transigir. 2. Em respeito ao postulado do respeito à coisa julgado, não mais pode ser revista no julgamento da apelação a matéria decidida pelo Tribunal a quo em sede de agravo de instrumento. 3. As disposições inscritas no art. 38 do CPC , com a redação dada pela Lei nº 8.952 /1994, não exigem o reconhecimento da firma do outorgante na hipótese de concessão poderes gerais ou especiais para o foro. Precedentes. 4. Em não havendo o comparecimento pessoal do autor na audiência de conciliação no procedimento sumário, deve o magistrado, ao invés de extinguir o feito, determinar a realização de nova audiência com base no disposto no art. 331 , §§ 1º e 2º , do CPC . 5. As disposições inscritas no art. 23 do Código de Ética e Disciplina da OAB – regulamento destinado a firmar as normas de conduta dos advogados, sobretudo no âmbito no âmbito administrativo da OAB –, não tem o condão de afastar a possibilidade prevista na legislação processual civil de regência ( CPC , art. 267 , § 3º , do CPC ) de autor fazer-se representar pelo seu patrono. 6. Recurso parcialmente conhecido e provido.

Encontrado em: CET:****** ANO:1995 ART :00023 CÓDIGO DE ÉTICA E DISCIPLINA DA OAB LJE-95 LEG:FED LEI: 009099... ED ., FLORIANÓPOLIS, OAB/SC, 2006, P. 213.. SÉRGIO SAHIONE FADEL CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL COMENTADO,... DE 1973 LEG:FED LEI: 008952 ANO:1994 CEDA-95 LEG:FED CET:****** ANO:1995 ART :00023 CÓDIGO DE ÉTICA...

TJ-RS - Recurso Cível 71003234788 RS (TJ-RS)

Data de publicação: 14/05/2012

Ementa: AÇÃO DE RESSARCIMENTO. AUSÊNCIA DE CONTRATO ESCRITO RELATIVO A HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS. DESATENDIMENTO DO CÓDIGO DE ÉTICA E DISCIPLINA DA OAB . IMPOSSIBILIDADE DE RETENÇÃO DE VALOR RECEBIDO POR MEIO DE ALVARÁ JUDICIAL, PERTENCENTE À PARTE. DEVIDA A RESTITUIÇÃO. NECESSIDADE DE ARBITRAMENTO DE HONORÁRIOS EM AÇÃO PRÓPRIA NO JUÍZO COMUM. INCOMPETÊNCIA DO JUIZADO. NECESSIDADE DE PROVA PERICIAL. RECUSO IMPROVIDO. (Recurso Cível Nº 71003234788, Segunda Turma Recursal Cível, Turmas Recursais, Relator: Alexandre de Souza Costa Pacheco, Julgado em 09/05/2012)

×