Carregando...
Jusbrasil - Tópicos
22 de novembro de 2017
Apelação Cível Editar Foto
×

Alterar Imagem

Envie uma imagem

Apelação Cível

Apelação

No sistema do Código de Processo Civil, denomina-se apelação o recurso cabível contra as sentenças. A apelação é o recurso por excelência, não só por ser o mais antigo, já existente no direito romano, como por sua universalidade, comum a todos os ordenamentos modernos que descendem do direito romano-canônico; e também por ser o recurso de efeito devolutivo mais amplo, ensejando ao juízo ad quem, quando ele seja interposto contra uma sentença de mérito, o reexame integral das questões suscitadas no primeiro grau de jurisdição, com exceção daquelas sobre as quais já tenha verificado preclusão. Pode ser recebido também no duplo efeito (suspensivo e devolutivo), como pode ocorrer, por exemplo, nos embargos de declaração e embargos infringentes. Conforme o art. 520 do CPC, a apelação será recebida somente em seu efeito devolutivo, quando interposta de sentença que: I - homologar a divisão ou a demarcação; II - condenar à prestação de alimentos; III - julgar a liquidação de sentença; IV - decidir o processo cautelar; V - rejeitar liminarmente embargos à execução ou julgá-los improcedentes; VI - julgar procedente o pedido de instituição de arbitragem; e VII - confirmar a antecipação dos efeitos da tutela. O juízo de admissibilidade na apelação tem lugar originariamente no juízo recorrido, ou seja, perante o juiz prolator da sentença de primeiro grau, incumbindo-se averiguar se o recurso atende aos requisitos de admissibilidade, quer quanto à pessoa recorrente (pressupostos subjetivos), quer no que se refere aos pressupostos objetivos para o cabimento da apelação (prazo, se o provimento não seria apelável, ou o recorrente não teria interesse legítimo para apelar, falta do preparo, ou que lhe falta qualquer pressuposto de admissibilidade, deverá indeferi-lo por incabível). O juízo de admissibilidade neste e em outros casos, será invariavelmente provisório e nunca poderá impedir que o recurso suba à consideração do juízo ad quem, que deverá decidir definitivamente a respeito do cabimento ou não do recurso. Da decisão que rejeita o recurso de apelação caberá o recurso de agravo de instrumento, através do qual o recorrente fará com que o órgão recursal reveja a decisão inferior e, se entender cabível a apelação, dê provimento ao agravo, ordenando o processamento da apelação. Na sessão de julgamento da apelação, tanto o apelante como o apelado poderão produzir sustentação oral pelo prazo improrrogável de quinze minutos, a ser feita depois que o relator proferir o seu relatório e antes de iniciar a votação.

Andamento do Processo n. 0604602-38.2016.8.04.0001 - 21/11/2017 do DJAM

Andamento do Processo n. 0604602-38.2016.8.04.0001 - 21/11/2017 do DJAM 5 - 0604602-38.2016.8.04.0001 - Apelação Cível... EMENTA: APELAÇÃO CÍVEL -MANDADO DE SEGURANÇA – CANDIDATA APROVADA EM VESTIBULAR ANTES DA CONCLUSÃO DO ENSINO MÉDIO... Origem: Juizado da Infância e da Juventude Cível Apelante: Universidade do Estad...

Andamento do Processo n. 00007866820138140084 - 20/11/2017 do TJPA

-68.2013.8.14.0084 ÓRGÃO JULGADOR: 2º TURMA DE DIREITO PÚBLICO RECURSO: APELAÇÃO CÍVEL COMARCA: FARO (VARA ÚNICA) APELANTE: MUNICIPIO...)/ TATIANNA CUNHA DA CUNHA (OAB -16715) RELATOR: DES. LUIZ GONZAGA DA COSTA NETO EMENTA: APELAÇÃO CÍVEL . AÇÃO ORDINÁRIA... conhecido ante a intempestividade. DECISÃO MONOCRÁTICA Cuida...

Andamento do Processo n. 0038979-68.2011.815.2001 - Apelação N° - 17/11/2017 do TJPB

APELAÇÃO N° 0038979-68.2011.815.2001. ORIGEM: GAB. DO DES. RELATOR. RELATOR: Desa. Maria de Fátima Moraes Bezerra Cavalcanti . APELANTE: Jose Daniel de Sousa Nobrega E Maria Clara Carvalho Lujan.

Andamento do Processo n. 00006662520138140084 - 17/11/2017 do TJPA

PROCESSO: 00006662520138140084 PROCESSO ANTIGO: ---- MAGISTRADO(A)/RELATOR(A)/SERVENTUÁRIO(A): LUIZ GONZAGA DA COSTA NETO Ação: Apelação em: 17/11/2017 APELADO:ELAINE RODRIGUES FONSECA

Andamento do Processo n. 0000598-38.2009.4.03.6007 - Apelação Cível - 17/11/2017 do TRF-3

00003 APELAÇÃO CÍVEL Nº 0000598-38.2009.4.03.6007/MS 2009.60.07.000598-0/MS RELATOR : Desembargador Federal PAULO FONTES APELANTE : SALETE DA SILVA CAMERA ADVOGADO : PR016994 HERMES ALENCAR DALDIN

Andamento do Processo n. 1003002-68.2017.8.26.0291 - Embargos à Execução - 17/11/2017 do TJSP

Processo 1003002-68.2017.8.26.0291 - Embargos à Execução - Constrição / Penhora / Avaliação / Indisponibilidade de Bens - Moacir Vendramini - Cooperativa de Crédito de Livre Admissão da Região de

Andamento do Processo n. 1008132-84.2017.8.26.0664 - Procedimento Comum - 17/11/2017 do TJSP

Processo 1008132-84.2017.8.26.0664 - Procedimento Comum - Aposentadoria por Tempo de Contribuição (Art. 55/6) -Valter de Oliveira - Instituto Nacional do Seguro Social - Inss - Vistos.São pontos

Andamento do Processo n. 0019765-98.2017.4.02.5001 - 17/11/2017 do TRF-2

FICAM INTIMADAS AS PARTES E SEUS ADVOGADOS DAS SENTENÇAS/DECISÕES/DESPACHOS NOS AUTOS ABAIXO RELACIONADOS PROFERIDOS PELO MM. JUIZ FEDERAL CRISTIANE CONDE CHMATALIK 2006 - MANDADO DE SEGURANÇA

Andamento do Processo n. 0048753-70.2005.8.06.0001 - Apelaçãoapelante - 17/11/2017 do DJCE

DO SEGURO SOCIAL - INSSEMENTA: APELAÇÃO CÍVEL. CONSTITUCIONAL. PREVIDENCIÁRIO. REVISÃO DE BENEFÍCIO PREVIDENCIÁRIO... DO STJ E DESTA CORTE. ART. 58 DO ADCT. REVISÃO JÁ IMPLANTADA NO BENEFÍCIO. APELAÇÃO CONHECIDA E DESPROVIDA. SENTENÇA... DOS AUTOS, NÃO HAVENDO O QUE SE FALAR EM DESCUMPRIMENTO DA DETERMINAÇÃO LEGAL PEL...

Andamento do Processo n. 1040645-85.2016.8.26.0100 - Procedimento Comum - Responsabilidade dos Sócios e Administradores - 14/11/2017 do TJSP

Processo 1040645-85.2016.8.26.0100 - Procedimento Comum - Responsabilidade dos sócios e administradores - Espólio de Carlo Rocchiccioli - Ogx Petroleo e Gas S/A e outros - Vistos.Trata-se de Ação de

×