Crime de Estupro

Crime de Estupro

Crime consistente em constranger mulher à conjunção carnal mediante violência ou grave ameaça. Vide conjunção carnal.

Não é não, especialmente no Carnaval

ameaça, para realizar estas condutas de importunação, cometerá o crime de estupro e não o de importunação sexual, estando..., da “bebedeira” e da aglomeração, cometam o crime de importunação sexual,…

Depois do NÃO tudo é assédio !

se aproveitar para dela abusar sexualmente, pode incorrer no crime de estupro de vulnerável (artigo 217-A). Nesse carnaval deixe..., Assédio Sexual e Estupro ! O artigo 216-A do Código Penal …
Priscylla Souza, Estudante de Direito
há 4 dias

Ato obsceno, importunação sexual e estupro

Ato Obsceno, importunação sexual e estupro Situações desconfortantes são comentadas e discutidas com frequência... sexual, ato obsceno e o estupro, bem como sua penalidade e os tipos de delito. É …
Mariana Tripode
há 4 dias

Mãe não é louca nem alienadora e precisa ser ouvida

crime se a denúncia de abuso sexual não for provada, com penas de prisão, para o denunciante, de três meses a três anos... de abuso sexual da criança. Na verdade, ela tem sido instrumento útil para …

Importunação Sexual no Carnaval

. Outros crimes desta época do ano são estupro e estupro de vulnerável. O estupro possui a mesma configuração sexual... da importunação sexual, mas é cometido mediante violência ou grave ameaça. …

A conduta da vítima nos crimes de estupro de vulnerável sob a ótica de Benjamin Mendelsohn e sua aplicabilidade na dosimetria da pena

, com violência ou grave ameaça. Afinal, as pessoas incapazes podem relacionar-se sexualmente sem qualquer coação física...A conduta da vítima nos crimes de estupro de vulnerável sob a ótica de …

Crimes de estupro e e importunação sexual - Tem diferença entre eles?

Crimes de estupro e e importunação sexual - Tem diferença entre eles? De acordo com o Código Penal, o crime de estupro... com a proteção da dignidade sexual da pessoa, mas cada um têm circunstâncias …

Andamento do Processo n. 78240-27.2019.8.09.0158 - Inquerito - 12/02/2020 do TJGO

A O TRATA-SE DE OFERECIMENTO D E DENUNCIA EM DESFAVOR DE LEANDRO RIBEIRO DOS SANTOS, POR TER SUP OSTAMENTE COMETIDO O CRIME... DE ESTUPRO. DECIDO. AB INITIO, VERIFIC O QUE A DENUNCIA NARROU COM …

Andamento do Processo n. 0242903-22.2016.8.04.0001 - Apelação Criminal - 10/02/2020 do TJAM

- Estupro - Apelante : C. F. S. C. de O. - Apelado : Ministério Público do Estado do Amazonas - Relator: Exmo. Sr. Des. João...

Andamento do Processo n. 0242903-22.2016.8.04.0001 - Apelação Criminal - 10/02/2020 do TJAM

- Estupro - Apelante : C. F. S. C. de O. - Apelado : Ministério Público do Estado do Amazonas - Relator: Exmo. Sr. Des. João...
Resultados da busca Jusbrasil para "Crime de Estupro"
Panorama do crime de estupro na lei penal brasileira
Notícias01/06/2016Hevelin
Compreenda qual tratamento o Código Penal dá ao crime de estupro. Alguns crimes são considerados extremamente repugnantes, seja por sua natureza, seja pelas graves consequências provocadas à vítima. Entre estes, estão os crimes contra a liberdade sexual, sendo mais conhecido o crime de estupro (art. 213 , Código Penal ). Desde 2009, com a instituição da Lei 12.015 , não mais existe no repertório legislativo penal brasileiro o delito que antes era denominado de atentado violento ao pudor. Desde e...
Apelacao Criminal APR 20110910035434 DF 0003589-21.2011.8.07.0009 (TJ-DF)
Ementa: AFASTAMENTO DA DESCLASSIFICAÇÃO DO CRIME DE ESTUPRO PARA CONTRAVENÇAO. ART. 65 DO DECRETO-LEI 3688 /41. CONDENAÇÃO PELO CRIME DE ESTUPRO - IMPOSSIBILIDADE - RECURSO DA DEFESA. ABSOLVIÇÃO. IMPOSSIBILIDADE. RECURSOS DESPROVIDOS. 1. HAVENDO APENAS APALPAÇÃO SUPERFICIAL E BREVE SOBRE PARTE ÍNTIMA DA VÍTIMA, QUE, INCLUSIVE SE ENCONTRAVA VESTIDA, NECESSÁRIO SE FAZ MANTER A DESCLASSIFICAÇÃO DO CRIME DE ESTUPRO DE VULNERÁVEL, DESCRITO NO ART. 217-A, DO CÓDIGO PENAL PARA A CONTRAVENÇÃO PENAL DE PERTURBAÇÃO DA TRANQUILIDADE (ART. 65 DO DECRETO-LEI 3688 /41), NA FORMA DE IMPORTUNAÇÃO OFENSIVA AO PUDOR. 2. NEGADO PROVIMENTO AOS RECURSOS DO MINISTÉRIO PÚBLICO E DA DEFESA PARA MANTER A DESCLASSIFICAÇÃO DO CRIME DE ESTUPRO DE VULNERÁVEL PARA CONTRAVENÇÃO PENAL.
APELACAO PENAL APL 200330031877 PA 2003300-31877 (TJ-PA)
Jurisprudência11/05/2006Tribunal de Justiça do Pará
Ementa: Apelação ministerial contra absolvição por crime de atentado violento ao pudor - crime de estupro mantido. 1. Restou comprovado que o apelado praticou, antes da conjunção carnal, atos libidinosos tendentes a esta e que a precedem, havendo a absorção de tais atos, caracterizando-se, apenas, o crime de estupro, até porque a vítima confirmou a prática do crime de estupro, ao contrário do atentado violento ao pudor. 2. O órgão ministerial não obteve êxito ao 'destruir' ou desconstituir a pr...
Apelacao Criminal APR 20110710073076 DF 0007225-98.2011.8.07.0007 (TJ-DF)
Ementa: AFASTAMENTO DA DESCLASSIFICAÇÃO DO CRIME DE ESTUPRO PARA CONTRAVENÇAO. ART. 65 DO DECRETO-LEI 3688 /41. CONDENAÇÃO PELO CRIME DE ESTUPRO – IMPOSSIBILIDADE. RECURSO DESPROVIDO. 1. HAVENDO APENAS APALPAÇÃO SUPERFICIAL E BREVE SOBRE PARTE ÍNTIMA DA VÍTIMA, QUE SE ENCONTRAVA VESTIDA, NECESSÁRIO SE FAZ MANTER A DESCLASSIFICAÇÃO DO CRIME DE ESTUPRO DE VULNERÁVEL, DESCRITO NO ART. 217-A, DO CÓDIGO PENAL PARA A CONTRAVENÇÃO PENAL DE PERTURBAÇÃO DA TRANQUILIDADE (ART. 65 DO DECRETO-LEI 3688 /41), NA FORMA DE IMPORTUNAÇÃO OFENSIVA AO PUDOR. 2. NEGADO PROVIMENTO AO RECURSO DO MINISTÉRIO PÚBLICO.
APELAÇÃO APL 00073242520088190206 RIO DE JANEIRO SANTA CRUZ REGIONAL 1 VARA CRIMINAL (TJ-RJ)
Jurisprudência16/03/2009Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro
Ementa: CRIMES DE ESTUPRO E ROUBO SIMPLES.ABSOLVIÇÃO. INSUFICIÊNCIA DA PROVA.IMPROCEDÊNCIA. ESTABELECIMENTO DO REGIME FECHADO PARA O CUMPRIMENTO DAS REPRIMENDAS. REDUÇÃO DA PENA PECUNIÁRIA QUANTO AO CRIME DE ROUBO. CRIMES DE ESTUPRO E ROUBO SIMPLES.ABSOLVIÇÃO. INSUFICIÊNCIA DA PROVA.IMPROCEDÊNCIA. ESTABELECIMENTO DO REGIME FECHADO PARA O CUMPRIMENTO DAS REPRIMENDAS. REDUÇÃO DA PENA PECUNIÁRIA QUANTO AO CRIME DE ROUBO. CRIMES DE ESTUPRO E ROUBO SIMPLES.ABSOLVIÇÃO. INSUFICIÊNCIA DA PROVA.IMPROCEDÊNCIA. ESTABELECIMENTO DO REGIME FECHADO PARA O CUMPRIMENTO DAS REPRIMENDAS. REDUÇÃO DA PENA PECUNIÁRIA QUANTO AO CRIME DE ROUBO. CRIMES DE ESTUPRO E ROUBO SIMPLES.ABSOLVIÇÃO.- INSUFICIÊNCIA DA PROVA.IMPROCEDÊNCIA.- ESTABELECIMENTO DO REGIME FECHADO PARA O CUMPRIMENTO DAS REPRIMENDAS.- REDUÇÃO DA PENA PECUNIÁRIA QUANTO AO CRIME DE ROUBO. - Estando demonstrados todos os elementos caracterizadores dos crimes de estupro e de roubo, conforme se depreende da firme prova testemunhal trazida à colação, não há que se falar em insuficiência de prova. - Diante da redação do parágrafo 1º , do artigo 2º , da Lei nº. 8.072 /90, dada pela Lei nº. 11.464 /07, a pena do crime de estupro deverá ser cumprida no regime inicial fechado, devendo, também, ser estabelecido o referido regime para o crime de roubo. - Merece ser reduzida a pena pecuniária, pertinente ao delito de roubo simples, eis que fixada de forma exacerbada, sem a devida fundamentação. - Recurso parcialmente provido.
Apelação Crime ACR 70077815314 RS (TJ-RS)
Jurisprudência03/08/2018Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul
Ementa: CRIMES DE ESTUPRO E DE AMEAÇA. 1. Existência do crime de estupro descrito na denúncia não suficientemente comprovada pelos depoimentos colhidos, em juízo, presentes contradições nos próprios relatos fornecidos pela vítima na fase investigatória e em juízo, além de incongruências quando cotejados com os relatos das testemunhas presenciais. Acolhida a pretensão recursal desclassificatória da conduta do crime de estupro para o de lesão corporal. 2. Absolvição quanto ao crime de ameaça com fundamento no art. 386 , inciso VII , do CPP . Hipótese em que as ameaças descritas na denúncia não são as mesmas reveladas pelo depoimento da vítima e de testemunha presencial em juízo, o que impede o veredicto condenatório, sob pena de violação do princípio da correlação e da congruência e, também, da ampla defesa. 2. Aplicação da pena. Basilar estabelecida em quantum superior ao da pena mínima em razão dos antecedentes (pluralidade de condenações caracterizadoras da reincidência), com aumento, pela reincidência, em 1/6 da basilar. Deferida liberdade provisória ao acusado. Sentença mantida em suas demais disposições. APELO PARCIALMENTE PROVIDO. UNÂNIME. (Apelação Crime Nº 70077815314, Sexta Câmara Criminal, Tribunal de Justiça do RS, Relator: Bernadete Coutinho Friedrich, Julgado... em 26/07/2018).
20150910256583 Segredo de Justiça 0032632-88.2015.8.07.0000 (TJ-DF)
Ementa: CRIME DE ESTUPRO. LESÃO CORPORAL E CÁRCERE PRIVADO. AUTORIA E MATERIALIDADE COMPROVADAS. CRIME DE ESTUPRO. MATERIALIDADE E AUTORIA DUVIDOSAS. ABSOLVIÇÃO MANTIDA. DOSIMETRIA DA PENA. ADEQUAÇÃO. 1. Não havendo prova de que a vítima sofreu violência ou grave ameaça, ou que tenha manifestado oposição incisiva, confirma-se a sentença absolutória em relação ao crime de estupro imputado ao réu. 2. O comportamento da vítima somente deve ser considerado na dosimetria da pena quando apto a beneficiar o acusado. Descabido o agravamento da pena-base, ao fundamento de que a vítima em nada contribuiu para o crime. 4. Havendo desproporcionalidade e exacerbação injustificada da pena, procede-se de ofício à sua redução. 5. Recurso conhecido e desprovido. Pena reduzida de ofício.
HABEAS CORPUS HC 200530064134 PA 2005300-64134 (TJ-PA)
Jurisprudência07/02/2006Tribunal de Justiça do Pará
Ementa: Crime de estupro. Instrução processual excesso de prazo. Não ocorrência. Princípio da razoabilidade. Crime de estupro. Prisão cautelar. Inexistência de motivos ensejadores à sua manutenção. I A ultrapassagem do lapso temporal legalmente considerado para a conclusão da instrução criminal, não é bastante à amparar a alegativa de excesso de prazo, pois, àquele não se conta apenas pela soma de dias, urge conjugá-la com o juízo de razoabilidade, ante as dificuldades de cad...
Apelação Crime ACR 70059127233 RS (TJ-RS)
Jurisprudência25/08/2014Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul
Ementa: CRIMES SEXUAIS. ESTUPRO DE VULNERÁVEL. Caso em que restaram devidamente comprovadas nos autos a materialidade e a autoria do crime de estupro praticado pelo réu contra a filha, porquanto o exame de DNA realizado comprova ser o réu pai biológico e igualmente avô da criança que foi gerada por consequência do crime. APELAÇÃO PROVIDA. (Apelação Crime Nº 70059127233, Sétima Câmara Criminal, Tribunal de Justiça do RS, Relator: José Conrado Kurtz de Souza, Julgado em 07/08/2014)
00001879120125240002 (TRT-24)
Jurisprudência18/10/2012Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região
Ementa: DIVULGAÇÃO DE NOTÍCIA DE CRIME DE ESTUPRO. NÃO COMPROVAÇÃO. INDENIZAÇÃO POR DANO MORAL INDEVIDA. A análise probatória dos autos não permite concluir que o reclamante foi vítima de assédio moral ou que a reclamada tenha divulgado notícia de crime de estupro por ele praticado contra pessoa idosa, razão pela qual é indevida a pretensão indenizatória. Recurso não provido.
Buscar mais 547.577 resultados sobre "Crime de Estupro" na busca Jusbrasil