Carregando...
Jusbrasil - Tópicos
20 de setembro de 2017
Prisão Preventiva

Prisão Preventiva

Prisão preventiva

É a prisão provisória decretada pelo juiz em qualquer fase do inquérito ou da instrução criminal, para garantir a ordem jurídica social, quando presentes os seguintes requisitos: prova da existência do crime e indícios suficientes de autoria. A prisão preventiva pode ter como fundamento: a garantia da ordem pública, garantia da ordem econômica, conveniência da instrução criminal ou a segurança da aplicação da Lei Penal. Veja art. 311 e seguintes, do Código de Processo Penal.

Prisão Preventiva - Estudo detalhado das hipóteses de cabimento

Art. 312. A prisão preventiva poderá ser decretada como garantia da ordem pública, da ordem econômica, por conveniência da instrução criminal, ou para assegurar a aplicação da Lei penal, quando

As prisões preventivas e a superlotação carcerária

No início deste ano foi noticiada pelos veículos de comunicação a preocupante situação de estabelecimentos prisionais em alguns Estados brasileiros, nos quais têm ocorrido rebeliões que resultaram na

O que é a Prisão Preventiva?

No processo penal brasileiro existem as chamadas prisões cautelares: constrições de liberdade que ocorrem de forma não-definitiva, ou seja, que não são resultados de uma decisão condenatória

Andamento do Processo n. 1500781-03.2017.8.26.0567 - Procedimento Especial da Lei Antitóxicos - 12/09/2017 do TJSP

Processo 1500781-03.2017.8.26.0567 - Procedimento Especial da Lei Antitóxicos - Tráfico de Drogas e Condutas Afins -Thais da Silva Lara - Vistos.Trata-se de pedido de liberdade provisória formulado

Prisão de Joesley Batista: Entenda porque ele foi preso

Segundo Dr. Marcelo Mariano, advogado Criminalista , existem vários tipos de prisões no Brasil, entre elas, a mais conhecida pelos brasileiros, sendo a Prisão em Flagrante, que é aquela efetuada no

Andamento do Processo n. 3287-22.2017.8.10.0001 - Procedimento Especial da Lei Antitóxicos - 11/09/2017 do TJMA

MANDADO DE INTIMAÇÃO REG. DISTRIBUIÇÃO Nº: 3287-22.2017.8.10.0001 DENOMINAÇÃO: Procedimento Especial da Lei Antitóxicos INCIDÊNCIA PENAL: Art. 33, caput, da Lei 11.343/2006 PARTE AUTORA: Ministério

Andamento do Processo n. 0002 16 001025-8 - Processo Criminal - 06/09/2017 do TJMG

JUSTIÇA GRATUITA - COMARCA DE ABAETÉ/MG - EDITAL DE INTIMAÇÃO -PRAZO DE 90 (NOVENTA) DIAS - O Dra. RACHEL CRISTINA SILVA VIÉGAS, MM JUIZA DE DIREITO DA COMARCA DESTA CIDADE E COMARCA DE ABAETÉ/MG, NA

Decretada prisão preventiva de homem indiciado por estupro

Decisão foi proferida em audiência de custódia. A Justiça de São Paulo determinou hoje (3) a conversão da prisão em flagrante de Diego Ferreira de Novais em prisão preventiva. A decisão foi proferida

Correio Forense

Correio Forense -

Impossibilidade de pagar fiança não é motivo para manter prisão preventiva

Habeas Corpus concedido pelo TRF3 reduz imposição a réu preso em 2016 para valor compatível com sua renda A Décima Primeira Turma do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3) concedeu habeas

TRF-3ª – Impossibilidade de pagamento de fiança não é motivo para manutenção de prisão preventiva

Habeas Corpus concedido pelo TRF3 reduz imposição a réu preso em 2016 para valor compatível com sua renda A Décima Primeira Turma do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3) concedeu habeas

Resultados da busca Jusbrasil para "Prisão Preventiva"

STF - HABEAS CORPUS HC 114839 SP (STF)

Data de publicação: 04/06/2013

Ementa: PRISÃO PREVENTIVA – TIPO PENAL. As balizas do tipo penal, considerada a acusação, não respaldam a prisão preventiva. PRISÃO PREVENTIVA – INSTRUÇÃO CRIMINAL – PRESENÇA DO ACUSADO. A interpretação sistemática do disposto nos artigos 312 e 366 do Código de Processo Penal conduz à premissa segundo a qual a presença do acusado em audiência não leva à prisão preventiva.

STJ - HABEAS CORPUS HC 119549 BA 2008/0241154-5 (STJ)

Data de publicação: 03/02/2012

Ementa: HABEAS CORPUS. PRISÃO PREVENTIVA. REVOGAÇÃO DA PRISÃO PREVENTIVA.EXCESSO DE PRAZO. AUSÊNCIA. RÉU FORAGIDO. CONSTRANGIMENTO NÃOEVIDENCIADO. ORDEM DENEGADA. 1. Não há falar em revogação da prisão preventiva por excesso deprazo se o paciente permanece foragido. 2. Ordem denegada.

STF - HABEAS CORPUS HC 105607 PE (STF)

Data de publicação: 18/03/2013

Ementa: PRISÃO PREVENTIVA – EXCESSO DE PRAZO. Uma vez configurado o excesso de prazo, impõe-se o deferimento de medida acauteladora.

×