Artigo 18 da Medida Provisoria nº 927 de 22 de Março de 2020

Medida Provisoria nº 927 de 22 de Março de 2020

Dispõe sobre as medidas trabalhistas para enfrentamento do estado de calamidade pública reconhecido pelo Decreto Legislativo nº 6, de 20 de março de 2020, e da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do coronavírus (covid-19), e dá outras providências.
Art. 18. Durante o estado de calamidade pública a que se refere o art. 1º, o contrato de trabalho poderá ser suspenso, pelo prazo de até quatro meses, para participação do empregado em curso ou programa de qualificação profissional não presencial oferecido pelo empregador, diretamente ou por meio de entidades responsáveis pela qualificação, com duração equivalente à suspensão contratual . (Revogado pela Medida Provisória nº 928, de 2020)
§ 1º A suspensão de que trata o caput:
(Revogado pela Medida Provisória nº 928, de 2020)
I - não dependerá de acordo ou convenção coletiva;
(Revogado pela Medida Provisória nº 928, de 2020)
II - poderá ser acordada individualmente com o empregado ou o grupo de empregados; e (Revogado pela Medida Provisória nº 928, de 2020)
III - será registrada em carteira de trabalho física ou eletrônica.
(Revogado pela Medida Provisória nº 928, de 2020)
§ 2º O empregador poderá conceder ao empregado ajuda compensatória mensal, sem natureza salarial, durante o período de suspensão contratual nos termos do disposto no caput, com valor definido livremente entre empregado e empregador, via negociação individual.
(Revogado pela Medida Provisória nº 928, de 2020)
§ 3º Durante o período de suspensão contratual para participação em curso ou programa de qualificação profissional, o empregado fará jus aos benefícios voluntariamente concedidos pelo empregador, que não integrarão o contrato de trabalho.
(Revogado pela Medida Provisória nº 928, de 2020)
§ 4º Nas hipóteses de, durante a suspensão do contrato, o curso ou programa de qualificação profissional não ser ministrado ou o empregado permanecer trabalhando para o empregador, a suspensão ficará descaracterizada e sujeitará o empregador : (Revogado pela Medida Provisória nº 928, de 2020)
I - ao pagamento imediato dos salários e dos encargos sociais referentes ao período;
(Revogado pela Medida Provisória nº 928, de 2020)
II - às penalidades cabíveis previstas na legislação em vigor; e (Revogado pela Medida Provisória nº 928, de 2020)
III - às sanções previstas em acordo ou convenção coletiva.
(Revogado pela Medida Provisória nº 928, de 2020)
§ 5º Não haverá concessão de bolsa-qualificação no âmbito da suspensão de contrato de trabalho para qualificação do trabalhador de que trata este artigo e o art. 476-A da Consolidação das Leis do Trabalho, aprovada pelo Decreto-Lei nº 5.452, de 1943.
(Revogado pela Medida Provisória nº 928, de 2020)

Recurso - TRF01 - Ação Pis - Mandado de Segurança Cível - de a M C C Telecom contra Uniao Federal (Fazenda Nacional

AO JUÍZO DE UMA DAS VARAS FEDERAIS CÍVEIS DA SUBSEÇÃO JUDICÁRIA DE ANÁPOLIS-GO GRUPO FORMATTO : AMCC TELECOM LTDA CNPJ e suas filiais; AMCC CONSTRUTORA E INCORPORADORA LTDA CNPJ ; CONSTRUTORA…

Recurso - TRT21 - Ação Multa do Artigo 467 da Clt - Rot - contra Transportes Guanabara

Excelentíssimo Senhor Doutor Juiz do Trabalho da 12a Vara do Trabalho de Natal, Estado do Rio Grande do Norte. Processo: AUTOR: REU: GUANABARA EMPRESA DE TRANSPORTE COLETIVO LTDA GUANABARA EMPRESA DE…

Recurso - TRT21 - Ação Indenizaçao por Dano Moral - Atsum - contra Guanabara Empresa de Transporte Coletivo

Fls.: 2 EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ PRESIDENTE DO EGRÉGIO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 21a REGIÃO. Proc. n°. Recorrente: TRANSPORTES GUANABARA LTDA. Recorrido: Hederson TRANSPORTES…

Recurso - TRT21 - Ação Indenizaçao por Dano Moral - Rorsum - contra Transportes Guanabara

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ PRESIDENTE DO EGRÉGIO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 21a REGIÃO. Proc. n°. Recorrente: TRANSPORTES GUANABARA LTDA. Recorrido: Hederson TRANSPORTES GUANABARA LTDA.

Petição Inicial - TST - Ação Reclamatória Trabalhista com Pedido de Tutela de Urgência em Caráter Liminar - Rito Sumaríssimo - Airr - de Restaurante La Farruca EIRELI e Churrascaria Bufalo

Fls.: 2 EXCELENTÍSSIMO (A) SENHOR (A) DOUTOR (A) JUIZ (A) DE DIREITO DA _______ VARA DO TRABALHO DA COMARCA DE MANAUS/AM. , brasileiro, solteiro, CPF n° , Portadora do RG n° , domiciliado e com…

TRT10 • 0000685-84.2020.5.10.0007 • Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 10A REGIAO 7ª VARA DO TRABALHO DE BRASÍLIA - DF ATSum 0000685-84.2020.5.10.0007 RECLAMANTE: VAGNER ALVES DE SOUZA RECLAMADO: 5…

Andamento do Processo n. 0010932-22.2021.5.15.0017 - RORSum - 25/03/2022 do TRT-15

Processo Nº RORSum-0010932-22.2021.5.15.0017 Relator JOSE PEDRO DE CAMARGO RODRIGUES DE SOUZA RECORRENTE MONICA DE JESUS RIBEIRO LADEIA ADVOGADO VICTOR MONTEIRO MATARAGIA(OAB: 392193/SP) ADVOGADO…

Andamento do Processo n. 0010932-22.2021.5.15.0017 - RORSum - 25/03/2022 do TRT-15

Processo Nº RORSum-0010932-22.2021.5.15.0017 Relator JOSE PEDRO DE CAMARGO RODRIGUES DE SOUZA RECORRENTE MONICA DE JESUS RIBEIRO LADEIA ADVOGADO VICTOR MONTEIRO MATARAGIA(OAB: 392193/SP) ADVOGADO…

Página 3539 da Judiciário do Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região (TRT-15) de 25 de Março de 2022

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO 9ª CÂMARA (QUINTA TURMA) PROCESSO TRT 15ª REGIÃO N.º 0010932-22.2021.5.15.0017 RECURSO ORDINÁRIO - RITO SUMARÍSSIMO ORIGEM: 1ª VARA DO TRABALHO DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO…

Página 3542 da Judiciário do Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região (TRT-15) de 25 de Março de 2022

CAMPINAS/SP, 25 de março de 2022. LUCIMAR ELINETE GIORDANO GOMES Diretor de Secretaria Processo Nº RORSum-0010932-22.2021.5.15.0017 Relator JOSE PEDRO DE CAMARGO RODRIGUES DE SOUZA RECORRENTE MONICA…

Termo ou Assunto relacionado