Carregando...
Jusbrasil - Tópicos
22 de outubro de 2018
Vestimenta no Trabalho Editar Foto
×

Alterar Imagem

Envie uma imagem

Vestimenta no Trabalho Editar

Cancelar
Adicione uma descrição a este tópico. Editar

caracteres restantes

Cancelar
Cuide do seu decoro que eu cuido do meu decote. Será?

Vamos lá. Cuide do seu decoro que eu cuido do meu decote, pois bem. Segue a minha opinião sobre o assunto. Podem divergir, mas tentem entender o ponto de vista. Seja na Câmara, seja num fórum, seja

Contra o machismo, deputada pretende proibir o uso de roupas justas na Câmara

A deputada federal Cristiane Brasil (PTB-RJ) lançou uma proposta de vestuário para quem circula pela Câmara Federal. A ideia de Cristiane é que sejam exigidas roupas sociais e proibido o uso de

Empresa pode impedir entrada de funcionária vestida inadequadamente

A empresa tem o direito de ditar regras de comportamento para os seus empregados, inclusive quanto ao que se veste no ambiente de trabalho. Ciente de tais regras, o empregado não está exposto à

Resultados da busca Jusbrasil para "Vestimenta no Trabalho"

TRT-6 - RECURSO ORDINARIO TRABALHISTA RO 287702010506 PE 0000287-70.2010.5.06.0017 (TRT-6)

Data de publicação: 15/12/2011

Ementa: EXIGÊNCIA DE INDUMENTÁRIA PADRONIZADA. RESSARCIMENTO CABÍVEL - A especificação de uso de certo tipo de vestimenta no trabalho, inclusive, com definição de cores, reflete a exigência de utilização de indumentária padronizada, equivalente a fardamento, cujo custo, por óbvio, deve de ser suportado pela empresa e não pelo trabalhador. Recurso provido neste aspecto.

Encontrado em: ACORDAM o Desembargador e os Juízes convocados da Primeira Turma do Tribunal Regional do Trabalho... de ressarcimento das despesas com as vestimentas utilizadas pelo autor para o seu labor, correspondente ao importe... de R$ 280,00 por ano de trabalho. O título deferido possui natureza nitidamente indenizatória....

TRT-6 - RECURSO ORDINARIO RO 92500142008506 PE 0092500-14.2008.5.06.0002 (TRT-6)

Data de publicação: 01/04/2009

Ementa: EXIGÊNCIA DE INDUMENTÁRIA PADRONIZADA. FARDAMENTO. FORNECIMENTO GRATUITO PREVISTO EM NORMA COLETIVA. RESSARCIMENTO CABÍVEL. A especificação de uso de certo tipo de vestimenta no trabalho, inclusive com definição de cores, reflete a exigência de utilização de indumentária padronizada, que equivale a fardamento, cujo custo, por óbvio, deve de ser suportado pela empresa e não pelo trabalhador, máxime se há previsão nesse sentido na norma coletiva que regula o contrato de trabalho. Recurso improvido neste aspecto.

Encontrado em: ACORDAM os Desembargadores da Terceira Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região,

TRT-6 - RECURSO ORDINARIO RO 152300922007506 PE 0152300-92.2007.5.06.0006 (TRT-6)

Data de publicação: 04/07/2009

Ementa: EXIGÊNCIA DE INDUMENTÁRIA PADRONIZADA. FARDAMENTO. RESSARCIMENTO CABÍVEL. A especificação de uso de certo tipo de vestimenta no trabalho, inclusive com definição de cores, reflete a exigência de utilização de indumentária padronizada, que equivale a fardamento, cujo custo, por óbvio, deve ser suportado pela empresa e não pelo trabalhador, máxime se há previsão nesse sentido na norma coletiva que regula o contrato de trabalho. Recurso obreiro provido, em parte.

Encontrado em: ACORDAM os Desembargadores da Terceira Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região, da reclamante relativamente ao pedido de condenação da empresa na multa cominada no art. 475-J do CPC ,... por falta de interesse processual de recorrer. No mérito, por maioria, dar provimento, parcial,...

×