Artigo 8 da Medida Provisoria nº 595 de 06 de Dezembro de 2012

Medida Provisoria nº 595 de 06 de Dezembro de 2012

Dispõe sobre a exploração direta e indireta, pela União, de portos e instalações portuárias e sobre as atividades desempenhadas pelos operadores portuários, e dá outras providências.
Art. 8o Serão exploradas mediante autorização, precedida de chamada e processo seletivo públicos, as instalações portuárias localizadas fora da área do porto organizado, compreendendo as seguintes modalidades:
I - terminal de uso privado;
II - estação de transbordo de carga;
III - instalação portuária pública de pequeno porte; e
IV - instalação portuária de turismo.
§ 1o A autorização será formalizada por meio de contrato de adesão, que conterá as cláusulas essenciais previstas no caput do art. 5o, com exceção daquelas previstas em seus incisos IV e VIII.
§ 2o A autorização de instalação portuária terá prazo de até vinte e cinco anos, prorrogável por períodos sucessivos, desde que:
I - a atividade portuária seja mantida; e
II - o autorizatário promova os investimentos necessários para a expansão e modernização das instalações portuárias, na forma do regulamento.
§ 3o Cessada a qualquer tempo a atividade portuária por iniciativa ou responsabilidade do autorizatário, a área e os bens a ela vinculados reverterão, sem qualquer ônus, ao patrimônio da União, nos termos do regulamento.
§ 4o Os interessados em obter a autorização de instalação portuária poderão requerê-la à ANTAQ, que deverá dar ampla e imediata publicidade aos requerimentos.
§ 5 º A ANTAQ adotará as medidas para assegurar o cumprimento dos cronogramas de investimento previstos nas autorizações e poderá exigir garantias ou aplicar sanções, inclusive a cassação da autorização.
(Revogado)

Tribunal Superior do Trabalho TST - RECURSO DE REVISTA : RR 1680-60.2012.5.09.0022

A C Ó R D A O 7ª Turma CMB/ac RECURSO DE REVISTA DO RÉU EM FACE DE DECISAO PUBLICADA ANTES DA VIGÊNCIA DA LEI Nº 13.015/2014. MATÉRIA PRELIMINAR. TRABALHADOR PORTUÁRIO AVULSO. PRESCRIÇAO. Esta Corte,…

Página 431 da Judiciário do Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região (TRT-6) de 26 de Maio de 2014

pelo Terminal de Contêineres e que a empresa pública estadual SUAPE está autorizada pelo ESTADO DE PERNAMBUCO à exploração do porto de SUAPE, nos termos do convênio celebrado entre o ESTADO e a…

Página 407 da Judiciário do Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região (TRT-6) de 23 de Maio de 2014

É bem verdade que a questão ainda comporta alguma controvérsia, mormente se o terminal de uso privativo estiver situado na área maior do porto organizado. Para essas situações, alguns estudiosos…

Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região TRT-6 - Recurso Ordinário : RO 0001121-87.2012.5.06.0022

Consulta de Acórdãos - Inteiro teor PROC. Nº TRT - 0001121-87.2012.5.06.0022 ÓRGÃO JULGADOR:3ª TURMA RELATOR:DESEMBARGADOR VALDIR CARVALHO RECORRENTE:TECON SUAPE S.A. RECORRIDOS:EDVALDO GOMES DA…

Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região TRT-6 - Recurso Ordinário : RO 0001091-03.2012.5.06.0006

Consulta de Acórdãos - Inteiro teor PROCESSO Nº TRT0001091-03.2012.5.06.0006 (RO) ÓRGÃO JULGADOR:3ª TURMA RELATOR:DES. RUY SALATHIEL DE A. M. VENTURA RECORRENTE(S):REGINALDO GUEDES DE SOUZA FILHO…

Página 139 da Judiciário do Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região (TRT-6) de 13 de Janeiro de 2014

pedir do autor é fundamentada na Lei 8630/93. Resta saber se a TECON SUAPE está obrigada a requisitar ao OGMO, os trabalhadores avulsos. Ressalta-se de logo, que a Lei de Modernização dos Portos, Lei…

Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região TRT-6 - Recurso Ordinário : RO 0001275-38.2012.5.06.0012

Consulta de Acórdãos - Inteiro teor PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO - 6ª REGIÃO PROC. Nº TRT - (RO) - 0001275-38.2012.5.06.0012 ÓRGÃO JULGADOR:PRIMEIRA TURMA.

Página 287 do Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região (TRT-6) de 4 de Setembro de 2013

que a empresa pública estadual SUAPE está autorizada pelo ESTADO DE PERNAMBUCO à exploração do porto de SUAPE, nos termos do convênio celebrado entre o ESTADO e a União. Pois bem, de acordo com a…

Página 525 do Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região (TRT-6) de 2 de Setembro de 2013

de cabotagem. Ressalta que os vigias portuários não só são requisitados para a atividade de vigia, como também são escalados para a atividade de estiva. Em relação às demais reclamadas, esclarece o…

Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região TRT-6 - Recurso Ordinário : RO 0001085-57.2012.5.06.0018

Consulta de Acórdãos - Inteiro teor PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO - 6ª REGIÃO Proc. nº TRT - 0001085-57.2012.5.06.0018 (RO) Órgão Julgador:2ª Turma. Relatora:…

Termo ou Assunto relacionado