Carregando...
Jusbrasil - Tópicos
18 de novembro de 2017
Intimidade e Privacidade Editar Foto
×

Alterar Imagem

Envie uma imagem

Intimidade e Privacidade Editar

Cancelar
Há efetividade no direito de ser deixado em paz?

RESUMO O objetivo do presente artigo é esclarecer sobre o direito da privacidade e sua diminuição ou renúncia tácita diante dos meios de comunicação em massa, em especial a internet. Aqui destaca-se

Cuidados digitais no e-commerce

A internet abriu uma vasta gama de possibilidade aos pequenos empreendedores: desde a utilização das redes sociais para a comercialização de seus produtos ou serviços até a criação de sua própria

Homem é condenado a indenizar ex-amante após divulgar intimidade e ameaçar a mulher

Uma moradora de Linhares deve ser indenizada em R$ 9 mil por um ex-amante, que a perseguiu após o fim de um relacionamento de cinco anos. Segundo a autora, o réu proferiu ameaças de morte, e denegriu

Mulher posta imagens de vizinho em atitude agressiva com o cachorro e é condenada a pagar indenização

Uma mulher de Juiz de Fora foi condenada a indenizar o dono de um cão em R$ 5 mil por danos morais, porque ela publicou no Facebook um vídeo no qual o vizinho aparece em atitude agressiva com o

STJ nega indenização a Glória Perez por reportagem que relembrou morte de sua filha

A Terceira Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) manteve decisão de segunda instância que negou pedido de indenização por danos morais e materiais à autora de novelas Glória Perez em razão de

Tia chama sobrinho de “vagabundo” no Facebook por não ter sido convidada para o casamento e é condenada a pagar danos morais

Decisão afirmou ser evidente a colisão do direito à liberdade de expressão da tia com o direito fundamental à honra do reclamante. O 3º Juizado Especial Cível estipulou que uma tia deve reparar o

O Direito ao esquecimento: Uma análise comparativa do fenômeno e seus reflexos no ordenamento jurídico brasileiro

1. O DIREITO AO ESQUECIMENTO: PREMISSAS FUNDAMENTAIS 1.1 Conceito, nomenclatura e premissas de admissão Cada vez mais a tecnologia vem fazendo parte do cotidiano do homem contemporâneo, sobretudo no

Preferência para gestante é exclusiva para serviços em nome próprio

Prioridade gestante só é válida para serviços em nome próprio. Assim entendeu a 2ª câmara Civil do TJ/SC ao confirmar sentença que julgou improcedente o pleito de indenização por danos morais

×