Artigo 1 da Lei nº 13.008 de 26 de Junho de 2014

Lei nº 13.008 de 26 de Junho de 2014

Dá nova redação ao art. 334 do Decreto-Lei no 2.848, de 7 de dezembro de 1940 - Código Penal e acrescenta-lhe o art. 334-A.
Art. 1o O Decreto-Lei no 2.848, de 7 de dezembro de 1940 - Código Penal, passa a vigorar com as seguintes alterações:
“Descaminho
Art. 334. Iludir, no todo ou em parte, o pagamento de direito ou imposto devido pela entrada, pela saída ou pelo consumo de mercadoria:
Pena - reclusão, de 1 (um) a 4 (quatro) anos.
§ 1o Incorre na mesma pena quem:
I - pratica navegação de cabotagem, fora dos casos permitidos em lei;
II - pratica fato assimilado, em lei especial, a descaminho;
III - vende, expõe à venda, mantém em depósito ou, de qualquer forma, utiliza em proveito próprio ou alheio, no exercício de atividade comercial ou industrial, mercadoria de procedência estrangeira que introduziu clandestinamente no País ou importou fraudulentamente ou que sabe ser produto de introdução clandestina no território nacional ou de importação fraudulenta por parte de outrem;
IV - adquire, recebe ou oculta, em proveito próprio ou alheio, no exercício de atividade comercial ou industrial, mercadoria de procedência estrangeira, desacompanhada de documentação legal ou acompanhada de documentos que sabe serem falsos.
§ 2o Equipara-se às atividades comerciais, para os efeitos deste artigo, qualquer forma de comércio irregular ou clandestino de mercadorias estrangeiras, inclusive o exercido em residências.
§ 3o A pena aplica-se em dobro se o crime de descaminho é praticado em transporte aéreo, marítimo ou fluvial.” (NR)
“Contrabando
Art. 334-A. Importar ou exportar mercadoria proibida:
Pena - reclusão, de 2 (dois) a 5 ( cinco) anos.
§ 1o Incorre na mesma pena quem:
I - pratica fato assimilado, em lei especial, a contrabando;
II - importa ou exporta clandestinamente mercadoria que dependa de registro, análise ou autorização de órgão público competente;
III - reinsere no território nacional mercadoria brasileira destinada à exportação;
IV - vende, expõe à venda, mantém em depósito ou, de qualquer forma, utiliza em proveito próprio ou alheio, no exercício de atividade comercial ou industrial, mercadoria proibida pela lei brasileira;
V - adquire, recebe ou oculta, em proveito próprio ou alheio, no exercício de atividade comercial ou industrial, mercadoria proibida pela lei brasileira.
§ 2o Equipara-se às atividades comerciais, para os efeitos deste artigo, qualquer forma de comércio irregular ou clandestino de mercadorias estrangeiras, inclusive o exercido em residências.
§ 3o A pena aplica-se em dobro se o crime de contrabando é praticado em transporte aéreo, marítimo ou fluvial.”

Tribunal Regional Federal da 3ª Região TRF-3 - EMBARGOS INFRINGENTES E DE NULIDADE : EIfNu 0001722-86.2014.4.03.6102 SP

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 3ª REGIAO D.E. Publicado em 03/07/2019 APELAÇAO CRIMINAL Nº 0001722-86.2014.4.03.6102/SP 2014.61.02.001722-4/SP RELATOR : Desembargador Federal MAURICIO…

Tribunal Regional Federal da 3ª Região TRF-3 - APELAÇÃO CRIMINAL : ApCrim 0001722-86.2014.4.03.6102 SP

Lei 13.008/14), em regime inicial aberto , e substituir a pena corporal por 1 (uma) restritiva de direito... vedada, também constituem o tipo penal do art. 334, § 1º, "c", redação anterior a …

Andamento do Processo n. 0003103-14.2014.403.6108 - 27/09/2018 do TRF-3

0003103-14.2014.403.6108 - JUSTIÇA PÚBLICA (Proc. 353 - PEDRO ANTONIO DE OLIVEIRA MACHADO) X CHRISTOFFER FERNANDES ARAUJO (SP331585 - RENAN DOS REIS MENDONCA CHAVES) X NATALINO MALDONADO (MG115082 -…

Página 68 da Judicial I - Interior SP e MS do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF-3) de 27 de Setembro de 2018

confirmado.Comefeito, a denúncia contémtodos os elementos mencionados no artigo 41 do Código de Processo Penal - exposição do fato criminoso, comtodas as suas circunstâncias, a qualificação dos…

Tribunal Regional Federal da 4ª Região TRF-4 - APELAÇÃO CRIMINAL : ACR 5005858-84.2015.4.04.7005 PR 5005858-84.2015.4.04.7005

APELAÇAO CRIMINAL Nº 5005858-84.2015.4.04.7005/PR RELATOR : SALISE MONTEIRO SANCHOTENE APELANTE : KELWIN APARECIDO DA SILVA PROCURADOR : ALEXANDRE VARGAS AGUIAR (DPU) DPU251 APELADO : MINISTÉRIO…

Tribunal Regional Federal da 4ª Região TRF-4 - EMBARGOS INFRINGENTES E DE NULIDADE : ENUL 0000920-39.2008.4.04.7115 RS 0000920-39.2008.4.04.7115

, do Código Penal, na redação anterior à Lei 13.008/2014 (descaminho), ou artigo 1º da Lei 8.137/90 (crime contra a ordem..., reputar especiais, em relação ao delito do art. 334 do CP, as condutas …

Termo ou Assunto relacionado