Art. 222A do Código Processo Penal - Decreto Lei 3689/41

CPP - Decreto Lei nº 3.689 de 03 de Outubro de 1941

Art. 222-A. As cartas rogatórias só serão expedidas se demonstrada previamente a sua imprescindibilidade, arcando a parte requerente com os custos de envio. (Incluído pela Lei nº 11.900, de 2009)
Parágrafo único. Aplica-se às cartas rogatórias o disposto nos §§ 1o e 2o do art. 222 deste Código. (Incluído pela Lei nº 11.900, de 2009)

O sistema do processo judicial eletrônico e a intimação no processo penal

O sistema do processo judicial eletrônico e a intimação no processo penal As intimações podem ser feitas no sistema do Processo Judicial Eletrônico? Obviamente que não! É preciso que elas sejam…

O interrogatório no Direiro brasileiro

O interrogatório é o meio pelo qual o acusado pode dar ao Juiz criminal a sua versão a respeito dos fatos que lhe foram imputados pelo acusador. Por outro lado, é a oportunidade que possui o…

A prova testemunhal

A testemunha, em sentido próprio, é pessoa diversa dos sujeitos principais do processo (podemos dizer, um terceiro desinteressado) que é chamado em juízo para declarar, sob juramento, a respeito de…

A intimação via whatsapp: mais uma "jabuticabada"!

A Ordem dos Advogados do Brasil - Seção de Mato Grosso, reagiu a uma intimação de advogada feita pelo whatsapp. Embora seu uso não seja regulamentado, o whatsapp também tem sido utilizado nas…

A intimação do Ministério Público e a do Defensor Público - O entendimento do Supremo Tribunal Federal e o do Superior Tribunal de Justiça

A intimação do Ministério Público e a da Defensoria Pública - o entendimento do Supremo Tribunal Federal e o do Superior Tribunal de Justiça[1] A intimação pessoal do membro do Ministério Público é…

Só mesmo o supremo tribunal federal: citação e interrogatório no mesmo dia

A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal indeferiu o Habeas Corpus (HC) 98434, impetrado pela Defensoria Pública da União contra acórdão do Superior Tribunal de Justiça. A defesa pedia a nulidade…
Flávio Cardoso
há 6 anos

Interrogatório por videoconferência

A possibilidade de se realizar o interrogatório do réu, no processo penal, pelo sistema de videoconferência sempre despertou polêmica. Ante a oscilação da jurisprudência em relação ao tema, o…