Artigo 41C da Lei nº 10.671 de 15 de Maio de 2003

Lei nº 10.671 de 15 de Maio de 2003

Dispõe sobre o Estatuto de Defesa do Torcedor e dá outras providências.
Art. 41-C. Solicitar ou aceitar, para si ou para outrem, vantagem ou promessa de vantagem patrimonial ou não patrimonial para qualquer ato ou omissão destinado a alterar ou falsear o resultado de competição esportiva ou evento a ela associado: (Redação dada pela Lei nº 13.155, de 2015)
Pena - reclusão de 2 (dois) a 6 (seis) anos e multa. (Incluído pela Lei nº 12.299, de 2010).
Art. 41-D. Dar ou prometer vantagem patrimonial ou não patrimonial com o fim de alterar ou falsear o resultado de uma competição desportiva: (Incluído pela Lei nº 12.299, de 2010).
Art. 41-D. Dar ou prometer vantagem patrimonial ou não patrimonial com o fim de alterar ou falsear o resultado de uma competição desportiva ou evento a ela associado: (Redação dada pela Lei nº 13.155, de 2015)
Pena - reclusão de 2 (dois) a 6 (seis) anos e multa. (Incluído pela Lei nº 12.299, de 2010).
Art. 41-E. Fraudar, por qualquer meio, ou contribuir para que se fraude, de qualquer forma, o resultado de competição esportiva: (Incluído pela Lei nº 12.299, de 2010).
Art. 41-E. Fraudar, por qualquer meio, ou contribuir para que se fraude, de qualquer forma, o resultado de competição esportiva ou evento a ela associado: (Redação dada pela Lei nº 13.155, de 2015)
Pena - reclusão de 2 (dois) a 6 (seis) anos e multa. (Incluído pela Lei nº 12.299, de 2010).
Art. 41-F. Vender ingressos de evento esportivo, por preço superior ao estampado no bilhete: (Incluído pela Lei nº 12.299, de 2010).
Pena - reclusão de 1 (um) a 2 (dois) anos e multa. (Incluído pela Lei nº 12.299, de 2010).
Art. 41-G. Fornecer, desviar ou facilitar a distribuição de ingressos para venda por preço superior ao estampado no bilhete: (Incluído pela Lei nº 12.299, de 2010).
Pena - reclusão de 2 (dois) a 4 (quatro) anos e multa. (Incluído pela Lei nº 12.299, de 2010).
Parágrafo único. A pena será aumentada de 1/3 (um terço) até a metade se o agente for servidor público, dirigente ou funcionário de entidade de prática desportiva, entidade responsável pela organização da competição, empresa contratada para o processo de emissão, distribuição e venda de ingressos ou torcida organizada e se utilizar desta condição para os fins previstos neste artigo. (Incluído pela Lei nº 12.299, de 2010).
Fabio Rabello, Advogado
há 10 meses

Crimes previstos no Estatuto do Torcedor

Crimes previstos no Estatuto do Torcedor Foto: Agência Reuters A Lei 10.671/03, mais conhecida como Estatuto...: “Sobre os crimes previstos no Estatuto do Torcedor (lei 10.671 de 2003), estes …

O Crime de Corrupção Passiva (Código Penal, art. 317)

Considerações iniciais : o presente artigo tem a finalidade de apresentar uma análise jurídica detalhada do crime de Corrupção Passiva (CP, art. 317). Trata-se de crime praticado por funcionário…
Laís Santos, Advogado
há 2 anos

Corrupção Passiva da Arbitragem no Futebol Brasileiro.

CORRUPÇÃO PASSIVA DA ARBITRAGEM NO FUTEBOL BRASILEIRO Laise Carolina Lameiro dos Santos Lucas Weslei dos Reis Rodrigues Nathan da Rocha Cavitioli Rômulo Augusto Rodrigues da Silva RESUMO: trata-se de…

Página 26 da Legal do Diário Oficial do Município de Guarulhos (DOM-GRU) de 7 de Dezembro de 2018

competições regidas por este RGC. CAPÍTULO II DAS DISPOSIÇÕES ADMINISTRATIVAS Art. 4º - Compete à SEL na qualidade de coordenadora das competições integrantes de seu calendário oficial: I. delegar,…

Compliance esportivo: como prevenir a manipulação de resultados e apostas?

Por Bruno Milanez Em reportagem veiculada no último final de semana (clique aqui para acessá-la na íntegra), o Esporte Espetacular tratou a respeito da compra de resultados no futebol e de como esses…
Pedro Taveira, Advogado
há 5 anos

Doping financeiro no futebol

Antes de falar sobre o doping financeiro no futebol propriamente dito, faz-se necessário o entendimento sobre em que, efetivamente, consiste o doping. Dopagem ( doping em inglês) remete à utilização…

Tribunal de Justiça de São Paulo TJ-SP - Habeas Corpus : HC 2185491-90.2016.8.26.0000 SP 2185491-90.2016.8.26.0000

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO 9ª Câmara de Direito Criminal Registro: 2016.0000695746 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Habeas Corpus nº…

Tribunal de Justiça de São Paulo TJ-SP - Habeas Corpus Criminal : HC 2157439-84.2016.8.26.0000 SP 2157439-84.2016.8.26.0000

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SAO PAULO 9ª Câmara de Direito Criminal Registro: 2016.0000573055 ACÓRDAO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Habeas Corpus nº…

Andamento do Processo n. 0010513-29.2015.8.16.6000 - Sei - 11/02/2016 do TJPR

Conselho de Supervisão dos Juizados Especiais - CSJEs DECISÕES ADMINISTRATIVAS Data da Sessão: 02.02.2016 Aprovação da Ata da Sessão extraordinária do Conselho de Supervisão dos Juizados Especiais ,…

Página 6 do Diário de Justiça do Estado do Paraná (DJPR) de 11 de Fevereiro de 2016

verdadeira confusão quanto à infração atribuída, pois ora menciona os incisos VI e VII do artigo 50 e ora os incisos VII e VIII, não se sabendo qual conduta está sendo julgada. Por fim, pleiteou o…