Art. 1368B do Código Civil - Lei 10406/02

CC - Lei nº 10.406 de 10 de Janeiro de 2002

Institui o Código Civil.
Art. 1.368-B. A alienação fiduciária em garantia de bem móvel ou imóvel confere direito real de aquisição ao fiduciante, seu cessionário ou sucessor. (Incluído pela Lei nº 13.043, de 2014)
Parágrafo único. O credor fiduciário que se tornar proprietário pleno do bem, por efeito de realização da garantia, mediante consolidação da propriedade, adjudicação, dação ou outra forma pela qual lhe tenha sido transmitida a propriedade plena, passa a responder pelo pagamento dos tributos sobre a propriedade e a posse, taxas, despesas condominiais e quaisquer outros encargos, tributários ou não, incidentes sobre o bem objeto da garantia, a partir da data em que vier a ser imitido na posse direta do bem. (Incluído pela Lei nº 13.043, de 2014)
Jean Navarro, Advogado
ano passado

Alienação Fiduciária em Garantia de Bens Móveis

A alienação fiduciária em garantia é um direito real de garantia sobre coisa própria, cuja previsão legal está nos arts. 1.361 a 1.368-B do CC/02, no Decreto-Lei nº 911/69 (bens móveis) e na Lei…

O que são os direitos reais.

  Direitos reais, também conhecido como direito das coisas, o primeiro ponto que vem à cabeça quando falamos a respeito de tal temática é que, estes estão diretamente ligados a questão da…
Fellipe Duarte, Advogado
ano passado

Alienação Fiduciária de Imóvel: uma análise sob a ótica da Lei 13.465/17

www.fellipeduarte.adv.br Resumo: A lei 13.465 /17 trouxe diversas modificações no mundo jurídico, sobretudo em aspectos do direito imobiliário. Dentre as modificações trazidas está a alteração de…
Pedro Miguel, Advogado
há 4 anos

Penhora de bem gravado por alienação fiduciária. Pode?

Em que pese o aumento desordenado e sucessivo das taxas de juros oferecidas por instituições financeiras para a concessão de crédito, cada vez mais pessoas têm se valido de tais modalidades para a…

Alienação fiduciária

Introdução A alienação fiduciária é nada mais nada menos que a transferência ao credor, pelo devedor, da propriedade resolúvel e da posse indireta de um bem móvel ou imóvel como garantia do débito.

Alienação Fiduciária de bem imóvel. Questões atuais

Mauro Antônio Rocha [1] 1. A alienação fiduciária de coisa imóvel ingressou no ordenamento jurídico pátrio por meio da Lei nº 9.514 , de 20 de novembro de 1997, passou a ser praticada pelas…