Artigo 2A da Lei nº 7.998 de 11 de Janeiro de 1990

Lei nº 7.998 de 11 de Janeiro de 1990

Regula o Programa do Seguro-Desemprego, o Abono Salarial, institui o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), e dá outras providências.
Art. 2o-A. Para efeito do disposto no inciso II do art. 2o, fica instituída a bolsa de qualificação profissional, a ser custeada pelo Fundo de Amparo ao Trabalhador - FAT, à qual fará jus o trabalhador que estiver com o contrato de trabalho suspenso em virtude de participação em curso ou programa de qualificação profissional oferecido pelo empregador, em conformidade com o disposto em convenção ou acordo coletivo celebrado para este fim. (Incluído pela Medida Provisória nº 2.164-41, de 2001)
Art. 2o-B. Em caráter excepcional e pelo prazo de seis meses, os trabalhadores que estejam em situação de desemprego involuntário pelo período compreendido entre doze e dezoito meses, ininterruptos, e que já tenham sido beneficiados com o recebimento do Seguro-Desemprego, farão jus a três parcelas do benefício, correspondente cada uma a R$ 100,00 (cem reais).
(Revogado)
(Incluído pela Medida Provisória nº 2.164-41, de 2001)
(Revogado pela Medida Provisória nº 665, de 2014) (Revogado pela Lei nº 13.134, de 2015)
§ 1o O período de doze a dezoito meses de que trata o caput será contado a partir do recebimento da primeira parcela do Seguro-Desemprego.
(Revogado)
(Incluído pela Medida Provisória nº 2.164-41, de 2001)
(Revogado pela Medida Provisória nº 665, de 2014) (Revogado pela Lei nº 13.134, de 2015)
§ 2o O benefício poderá estar integrado a ações de qualificação profissional e articulado com ações de emprego a serem executadas nas localidades de domicílio do beneficiado. (Incluído pela Medida Provisória nº 2.164-41, de 2001)
(Revogado pela Medida Provisória nº 665, de 2014) (Revogado pela Lei nº 13.134, de 2015)
§ 3o Caberá ao Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador - CODEFAT o estabelecimento, mediante resolução, das demais condições indispensáveis ao recebimento do benefício de que trata este artigo, inclusive quanto à idade e domicílio do empregador ao qual o trabalhador estava vinculado, bem como os respectivos limites de comprometimento dos recursos do FAT. (Incluído pela Medida Provisória nº 2.164-41, de 2001)
(Revogado pela Medida Provisória nº 665, de 2014) (Revogado pela Lei nº 13.134, de 2015)
Art. 2o-C O trabalhador que vier a ser identificado como submetido a regime de trabalho forçado ou reduzido a condição análoga à de escravo, em decorrência de ação de fiscalização do Ministério do Trabalho e Emprego, será dessa situação resgatado e terá direito à percepção de três parcelas de seguro-desemprego no valor de um salário mínimo cada, conforme o disposto no § 2o deste artigo. (Incluído pela Lei nº 10.608, de 20.12.2002)
§ 1o O trabalhador resgatado nos termos do caput deste artigo será encaminhado, pelo Ministério do Trabalho e Emprego, para qualificação profissional e recolocação no mercado de trabalho, por meio do Sistema Nacional de Emprego - SINE, na forma estabelecida pelo Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador - CODEFAT. (Incluído pela Lei nº 10.608, de 20.12.2002)
§ 2o Caberá ao CODEFAT, por proposta do Ministro de Estado do Trabalho e Emprego, estabelecer os procedimentos necessários ao recebimento do benefício previsto no caput deste artigo, observados os respectivos limites de comprometimento dos recursos do FAT, ficando vedado ao mesmo trabalhador o recebimento do benefício, em circunstâncias similares, nos doze meses seguintes à percepção da última parcela. (Incluído pela Lei nº 10.608, de 20.12.2002)

Tribunal Superior do Trabalho TST - AGRAVO DE INSTRUMENTO EM RECURSO DE REVISTA: AIRR XXXXX-81.2015.5.15.0102

Agravante e Agravado : MARCOS ANTONIO DA LUZ Advogado: Dr. Gustavo de Paula Oliveira Agravante e Agravado : VOLKSWAGEN DO BRASIL INDÚSTRIA DE VEÍCULOS AUTOMOTORES LTDA. Advogada: Dra. Ana Cristina…

Página 1669 da Judiciário do Tribunal Superior do Trabalho (TST) de 10 de Agosto de 2022

entendimento ainda não tenha sido objeto de súmula. A causa oferece transcendência política, na medida em que o eg. Tribunal Regional, ao deixar de se pronunciar sobre a possibilidade de supressão…

TRT7 • Ação Trabalhista - Rito Sumaríssimo • XXXXX-81.2022.5.07.0038 • 2ª Vara do Trabalho de Sobral do Tribunal Regional do Trabalho da 7ª Região

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 7ª REGIAO 2ª VARA DO TRABALHO DE SOBRAL ATSum XXXXX-81.2022.5.07.0038 RECLAMANTE: BRENA LIRA BRITO RECLAMADO: GRENDENE S A S E…

TRT7 • Ação Trabalhista - Rito Sumaríssimo • XXXXX-81.2022.5.07.0038 • Vara do Trabalho do Tribunal Regional do Trabalho da 7ª Região

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 7ª REGIAO 2ª VARA DO TRABALHO DE SOBRAL ATSum XXXXX-81.2022.5.07.0038 RECLAMANTE: BRENA LIRA BRITO RECLAMADO: GRENDENE S A S E…

Intimação - Ação Civil Coletiva - 5003020-44.2022.4.03.6103 - Disponibilizado em 21/07/2022 - TRF3

NÚMERO ÚNICO: 5003020-44.2022.4.03.6103 POLO ATIVO SIND TRAB IMMME SJCAMPOS JAC CAC STA BRANCA E IGARATA ADVOGADO(A/S) MARCELO MENEZES | 157831/SP AÇÃO CIVIL COLETIVA (63) Nº…

Petição Inicial - TRT03 - Ação Reclamação Trabalhista com Pedido de Rescição Indireta - Atsum - contra JR Higienizacao Limitada

EXCELENTÍSSIMO JUIZ TRABALHISTA DA a VARA DO TRABALHO DA COMARCA DE SANTA LUZIA - MG. , brasileiro, casado, porteiro, inscrito no CPF , portador da C.I. , residente e domiciliado na CEP , por seu…

Impugnação - TRT03 - Ação Rescisão Indireta - Atsum - contra JR Higienizacao Limitada

EXCELENTÍSSIMO JUIZ TRABALHISTA DA VARA DO TRABALHO DA COMARCA DE SANTA LUZIA - MG. PROCESSO ELETRÔNICO N°. , devidamente qualificado, nos autos em epígrafe que move em face JR HIGIENIZACAO LIMITADA…

Reconvenção - TRT02 - Ação Horas Extras - Atord - contra Auxter Rental e Logistica, Auxter Solucoes Em Maquinas e Equipamentos, Auxter SP Maquinas e Parts e Monte Alto Participacoes

3° TERMO DE ADITAMENTO À CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO DOS COMERCIÁRIOS DE OSASCO E REGIÃO VIGENTE NO PERÍODO (ADITIVO VÁLIDO PARA O PERÍODO ) Por este instrumento e na melhor forma de direito, de…

Reconvenção - TRT02 - Ação Horas Extras - Atord - contra Prime Telefonia e Representacao Comercial e Claro

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO Por este instrumento e na melhor forma de direito, de um lado, como representante da categoria profissional diferenciada, o SINDICATO DOS EMPREGADOS VENDEDORES E…

Recurso - TRT09 - Ação Assédio Moral - Rot - contra Fundacao da Universidade Federal do Parana para O Desenvolvimento da Ciencia,Tecnologia e da Cultura e Sindicato dos Trabalhadores Em Educacao das Instituicoes Federais de Ensino Superior No Estado do Parana - Sinditest-Pr

EXCELENTÍSSIMO (A) SENHOR (A) DOUTOR (A) JUIZ (A) FEDERAL DA 17a VARA DO TRABALHO DA COMARCA DE CURITIBA- PR Processo Originário n°: SINDICATO DOS TRABALHADORES EM EDUCACAO DAS INSTITUICOES FEDERAIS…