Carregando...
Jusbrasil - Tópicos
11 de dezembro de 2017
Tipicidade Penal Editar Foto
×

Alterar Imagem

Envie uma imagem

Tipicidade Penal Editar

Cancelar
Tipicidade

É típico o fato que se enquadra perfeitamente na descrição legal de um crime; é a reunião de todos os elementos de um crime. É a concretização daquele fato abstratamente descrito como criminoso pela lei.

Introdução ao Direito Penal

de subsunção entre um fato concreto e um tipo penal previsto na lei. Essa correspondência se dá sob o aspecto da tipicidade... formal, na medida da assimilação do fato concreto ao tipo penal, bem como sob o aspecto da tipicidade material... como crime. Assim, conforme Nucci (2017), a tipicidade é a adequação do fato a...

Laíza de Jesus

Laíza de Jesus -

Tipicidade - Código Penal (CP)

Tipicidade - Código Penal (CP) A tipicidade é o resultado da união do fato ao tipo, aonde ambos se amoldam... Conglobante: Tem a tipicidade formal (a conduta se adequa ao tipo penal), mas a material é afastada. É uma teoria válida... de tipicidade: *Por subordinação direta: Quando o fato se amolda ao tipo (existiu o ne...

EBRADI

EBRADI -

Quais as hipóteses de afastamento da tipicidade material?

concreto ao tipo penal incriminador. Entretanto, não podemos nos limitar à análise da tipicidade formal..., a conduta deve ser significativa à lei penal, sendo o comportamento socialmente inadequado. Consoante à tipicidade... Penal . Quais as hipóteses de afastamento da tipicidade material?...

O que é o furto de uso? Essa conduta é típica?

É comum ouvir a expressão de que "roubar para usar" não é crime. Contudo, o correto é que na verdade o crime de Furto , do artigo 155 do Código Penal , não resta configurado quando é praticado apenas

Você sabe qual é a diferença entre dolo eventual e culpa consciente?
Você sabe qual é a diferença entre dolo eventual e culpa consciente?

institutos do Direito Penal que são extremamente parecidos, mas que possuem efeitos práticos distintos. Ambos ocorrem no... momento em que o agente, ao realizar uma conduta, prevê...

Elder Fogaça

Elder Fogaça -

A (a)tipicidade da conduta de portar granada de gás pimenta ou gás lacrimogêno
A (a)tipicidade da conduta de portar granada de gás pimenta ou gás lacrimogêno

ao tipo penal do art. 16, III, da Lei 10.826/2003. Suntenta-se, ainda, que a norma inserta no art. 253 do Código Penal... as elementares do tipo penal (art. 253, CP) - gás tóxico ...

A política de criminalização excessiva e relação com as cifras negras da criminalidade

RESUMO: O artigo adiante confronta a política de criminalização excessiva a qual o Brasil tem enfrentando desde os anos 90 com a edição da lei dos crimes hediondos com as estatísticas criminais,

EBRADI

EBRADI -

No que consiste o crime de Falsidade Ideológica? Veja aqui alguns exemplos muito comuns
No que consiste o crime de Falsidade Ideológica? Veja aqui alguns exemplos muito comuns

Conforme escrito na imagem acima, Falsidade ideológica é um tipo de fraude criminosa que consiste na adulteração de documento, público ou particular, com o intuito de obter vantage...

Resultados da busca Jusbrasil para "Tipicidade Penal"

Tipicidade penal

De acordo com a moderna doutrina, a tipicidade penal é composta pela tipicidade legal (adequação do fato à norma penal) e pela tipicidade conglobante.

Definição • Jb • 16/04/2009

STF - RECURSO ORDINÁRIO EM HABEAS CORPUS RHC 107264 DF (STF)

Data de publicação: 06/12/2011

Ementa: RECURSO ORDINÁRIO EM “HABEAS CORPUS” - PRINCÍPIO DA INSIGNIFICÂNCIA - IDENTIFICAÇÃO DOS VETORES CUJA PRESENÇA LEGITIMA O RECONHECIMENTO DESSE POSTULADO DE POLÍTICA CRIMINAL - CONSEQÜENTE DESCARACTERIZAÇÃO DA TIPICIDADE PENAL EM SEU ASPECTO MATERIAL - DELITO DE FURTO SIMPLES, EM SUA MODALIDADE TENTADA ( CP , ART. 155 , “CAPUT”, C/C O ART. 14 , II )- “RES FURTIVAE” NO VALOR (ÍNFIMO) DE R$ 166,59 - DOUTRINA - CONSIDERAÇÕES EM TORNO DA JURISPRUDÊNCIA DO STF - RECURSO ORDINÁRIO PROVIDO. O PRINCÍPIO DA INSIGNIFICÂNCIA QUALIFICA-SE COMO FATOR DE DESCARACTERIZAÇÃO MATERIAL DA TIPICIDADE PENAL . - O princípio da insignificância - que deve ser analisado em conexão com os postulados da fragmentariedade e da intervenção mínima do Estado em matéria penal - tem o sentido de excluir ou de afastar a própria tipicidade penal, examinada na perspectiva de seu caráter material. Doutrina. Tal postulado - que considera necessária, na aferição do relevo material da tipicidade penal, a presença de certos vetores, tais como (a) a mínima ofensividade da conduta do agente, (b) a nenhuma periculosidade social da ação, (c) o reduzidíssimo grau de reprovabilidade do comportamento e (d) a inexpressividade da lesão jurídica provocada - apoiou-se, em seu processo de formulação teórica, no reconhecimento de que o caráter subsidiário do sistema penal reclama e impõe, em função dos próprios objetivos por ele visados, a intervenção mínima do Poder Público. O POSTULADO DA INSIGNIFICÂNCIA E A FUNÇÃO DO DIREITO PENAL: “DE MINIMIS, NON CURAT PRAETOR” . - O sistema jurídico há de considerar a relevantíssima circunstância de que a privação da liberdade e a restrição de direitos do indivíduo somente se justificam quando estritamente necessárias à própria proteção das pessoas, da sociedade e de outros bens jurídicos que lhes sejam essenciais, notadamente naqueles casos em que os valores penalmente tutelados se exponham a dano, efetivo ou potencial, impregnado de significativa lesividade....

Encontrado em: da condenação penal imposta, à ora paciente, nos autos da Apelação Criminal nº 70034286906, julgada... a extinção definitiva do procedimento penal instaurado contra a ora paciente (Processo-crime nº

STF - HABEAS CORPUS HC 106510 MG (STF)

Data de publicação: 10/06/2011

Ementa: PRINCÍPIO DA INSIGNIFICÂNCIA - IDENTIFICAÇÃO DOS VETORES CUJA PRESENÇA LEGITIMA O RECONHECIMENTO DESSE POSTULADO DE POLÍTICA CRIMINAL - CONSEQÜENTE DESCARACTERIZAÇÃO DA TIPICIDADE PENAL EM SEU ASPECTO MATERIAL - DELITO DE FURTO SIMPLES, EM SUA MODALIDADE TENTADA ( CP , ART. 155 , “CAPUT”, C/C O ART. 14 , II )– “RES FURTIVA” NO VALOR (ÍNFIMO) DE R$ 70,00 – DOUTRINA - CONSIDERAÇÕES EM TORNO DA JURISPRUDÊNCIA DO STF – “HABEAS CORPUS” DEFERIDO. O PRINCÍPIO DA INSIGNIFICÂNCIA QUALIFICA-SE COMO FATOR DE DESCARACTERIZAÇÃO MATERIAL DA TIPICIDADE PENAL . - O princípio da insignificância – que deve ser analisado em conexão com os postulados da fragmentariedade e da intervenção mínima do Estado em matéria penal - tem o sentido de excluir ou de afastar a própria tipicidade penal, examinada na perspectiva de seu caráter material. Doutrina. Tal postulado – que considera necessária, na aferição do relevo material da tipicidade penal, a presença de certos vetores, tais como (a) a mínima ofensividade da conduta do agente, (b) a nenhuma periculosidade social da ação, (c) o reduzidíssimo grau de reprovabilidade do comportamento e (d) a inexpressividade da lesão jurídica provocada - apoiou-se, em seu processo de formulação teórica, no reconhecimento de que o caráter subsidiário do sistema penal reclama e impõe, em função dos próprios objetivos por ele visados, a intervenção mínima do Poder Público. O POSTULADO DA INSIGNIFICÂNCIA E A FUNÇÃO DO DIREITO PENAL: “DE MINIMIS, NON CURAT PRAETOR” . - O sistema jurídico há de considerar a relevantíssima circunstância de que a privação da liberdade e a restrição de direitos do indivíduo somente se justificam quando estritamente necessárias à própria proteção das pessoas, da sociedade e de outros bens jurídicos que lhes sejam essenciais, notadamente naqueles casos em que os valores penalmente tutelados se exponham a dano, efetivo ou potencial, impregnado de significativa lesividade....

×