Carregando...
Jusbrasil - Tópicos
17 de agosto de 2017
Tribunal Superior do Trabalho Editar Foto
×

Alterar Imagem

Envie uma imagem

Tribunal Superior do Trabalho

Tribunal superior do trabalho

O Tribunal Superior do Trabalho, com sede na capital da República e jurisdição em todo o território nacional, é a instância superior da Justiça do Trabalho. O Tribunal funciona na plenitude de sua composição ou dividido em Turmas, com observância da paridade de representação de empregados e empregadores. Dentre os juízes togados do Tribunal Superior do Trabalho, alheios aos interesses profissionais, serão eleitos o presidente, o vice-presidente e o corregedor, além dos presidentes das Turmas, na forma estabelecida em seu regimento interno. O não comparecimento do membro do tribunal, sem motivo justificado, a mais de três sessões ordinárias consecutivas, importará em renúncia. As sessões do Tribunal serão públicas e começarão às 14 horas, terminando às 17 horas, mas poderão ser prorrogadas pelo presidente em caso de manifesta necessidade. As sessões extraordinárias do Tribunal só se realizarão quando forem comunicadas aos membros com 24 horas, no mínimo, de antecedência. Nas sessões do Tribunal, os debates poderão tornar-se secretos, desde que, por motivo de interesse público, assim resolver a maioria de seus membros (artigo 701 da CLT). Em caso de licença superior a trinta dias, ou de vacância (tempo de durante o qual permanece vago um cargo), enquanto não for preenchido o cargo, os ministros do Tribunal poderão ser substituídos mediante convocação dos juízes, de igual categoria, de qualquer dos Tribunais Regionais do Trabalho, na forma que dispuser o Regimento do Tribunal Superior do Trabalho. As sessões do Tribunal serão públicas, mas os debates poderão tornar-se secretos, desde que, por motivo de interesse público, assim resolver a maioria de seus membros (artigos 690 a 701 da CLT). O Tribunal Superior do Trabalho, nos processos de sua competência, será dividido em Turmas e seções especializadas para conciliação e julgamento de dissídios de natureza econômica ou jurídica e de dissídios individuais, respeitada a paridade da representação classista. O Regimento Interno do Tribunal disporá sobre a constituição e o funcionamento de cada uma das seções especializadas do Tribunal Superior do Trabalho, bem como sobre o número, composição e funcionamento das respectivas turmas do Tribunal. Caberá ao presidente do Tribunal Superior do Trabalho presidir os atos de julgamento das sessões especializadas, delas participando o vice-presidente e o corregedor-geral, este quando não estiver ausente em função corregedora. As turmas do Tribunal Superior do Trabalho terão, cada uma, a seguinte competência: a) julgar os recursos de revista interpostos de decisões dos Tribunais Regionais do Trabalho, nos casos previstos em lei; b) julgar, em última instância, os agravos de instrumento dos despachos de presidente de Tribunal Regional que denegarem seguimento a recurso de revista, explicitando em que efeito a revista deve ser processada, caso provida; c) julgar em última instância, os agravos regimentais; d) julgar os embargos de declaração opostos aos seus acórdãos. Nos dissídios coletivos de natureza econômica ou jurídica de competência originária ou recursal da seção normativa do Tribunal Superior do Trabalho a sentença poderá ser objeto de ação de cumprimento com a publicação da certidão de julgamento.

Bancária comprova sofrer de LER/DORT e reverte dispensa por abandono de emprego

pelo plano. A sentença foi mantida pelo Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região. Em recurso para o TST, o banco...Bancária comprova sofrer de LER/DORT e reverte dispensa por abandono de emprego A Primeira Turma do Tribunal Superior... do Trabalho rejeitou recurso do HSBC Bank Brasil S.A. - Banco Múltiplo contra dec...

Andamento do Processo n. 0010058-50.2015.5.03.0027 - AIRR - 16/08/2017 do TST

Tribunal Superior do Trabalho Data da Disponibilização: Quarta-feira, 16 de Agosto de 2017 Advogado Dr. Simone Seixlack.... Esse entendimento está em harmonia com o disposto na Súmula 60, II, do col. Tribunal Superior do Trabalho, não sendo necessário... do Tribunal Superior do Trabalho, descabe cogitar de violação de...

Grávida que comete falta grave pode perder garantia de estabilidade

perder o direito da garantia provisória do emprego. O entendimento da 4ª turma do TST reestabeleceu, por maioria de votos... reclamação trabalhista na 20ª vara de Trabalho de Brasília/DF, a qual entendeu que os motivos para a demissão estavam inseridos... em atenção a quem a cometeu ”. A relatora do processo no TST, m...

Carteiro sequestrado e abandonado em rodovia receberá indenização da ECT

de condutas criminosas. Seguindo essa orientação, a Quarta Turma do Tribunal Superior do Trabalho condenou a Empresa..., contudo, a relatora do recurso do trabalhador, ministra Maria de Assis Calsing, votou pela reforma da decisão do Tribunal... e de encomendas exercida pelos carteiros representa um risco acentuado pa...

Restabelecida justa causa de empregada doméstica que usava produtos pessoais da empregadora

Superior do Trabalho proveu recurso de uma servidora pública de Brasília (DF) e julgou válida a dispensa por justa causa.... Por maioria, a Turma reformou decisão do Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região (DF-TO) que condenou a empregadora... no artigo 482, alínea “b”, da CLT . Delicadeza O Tribunal Regional do T...

Empresa pública terá que reintegrar vigia Adventista dispensada devido a prática religiosa

Administração e Serviços S.A. não conseguiu, em recurso para o Tribunal Superior do Trabalho, reverter decisão que a condenou... de trabalho definidos pela empresa”. Discriminação Para o Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região (MG), a trabalhadora... de levar o caso ao Supremo Tribunal Federal. A trabalhadora, por ...

STF reintegra candidato afastado de concurso devido a tatuagem

STF reintegra candidato afastado de concurso devido a tatuagem O ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal... Paulo (PM-SP) que foi afastado do certame pelo Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) por possuir tatuagem visível... seja apreciado ao STF. Na PET 7162, o candidato sustentou que a decisão do tribun...

TST define que tempo de viagem para show não gera hora extraordinária para músico

TST define que tempo de viagem para show não gera hora extraordinária para músico A 5ª Turma do Tribunal Superior... de trabalho, não sendo considerado tempo à disposição dos empregadores. Processo RR-10286-81.2014.5.18.0014 TST define... do Trabalho considerou as particularidades da profissão de músico para definir qu...

O Cenário Trabalhista da Medicina no Brasil: da “Pejotização” à “Uberização”

. O quarto ponto, dentre inúmeros, é o quórum superprivilegiado, exigido exclusivamente ao TST, dente os tribunais superiores..., pois os juízes trabalhistas acostumaram-se a seguir ao longo dos tempos, quase que “messianicamente” a CLT , OJ’s e Súmulas do TST...O Cenário Trabalhista da Medicina no Brasil: da “Pejotiza...

Reforma Trabalhista: fim das horas in itinere

Reforma Trabalhista: fim das horas in itinere A Súmula 90, I do TST há muito define que o tempo despendido... pelo empregado, em condução fornecida pelo empregador, até o local de trabalho de difícil acesso, ou não servido por transporte... público regular, e para o seu retorno é computável na jornada de trabalho. Tal ...

×