Como elaborar um contrato de compra e venda [VÍDEO]

compromissário vendedor como comprador, constando o CPF e RG e endereço completo; 2.1 - Se pessoa jurídica , a qualificação... apresentadas todas as certidões, tanto do vendedor como do comprador, …

Andamento do Processo n. 0705217-79.2017.8.02.0058 - Procedimento Ordinário / Compromisso - 14/08/2019 do TJAL

e Incorporações Ltda (vendedora) e Marcelo Francisco Lima (comprador), ainda que seja a requerente cônjuge do comprador... o presente contrato teve seus efeitos produzidos, uma vez que conforme …

Comprei o titulo de um clube em construção, as obras estão muito atrasadas. O que fazer?

que quando se compra algo como isso para o lazer, os compradores ficam ansiosos pela inauguração do local, para poder usufruir sozinho...
Pérecles Reges, Advogado
há 10 meses

Cuidados que o comprador deve antes de adquirir um imóvel

Cuidados que o comprador deve antes de adquirir um imóvel São diversos os tipos de negócios que envolvem imóveis..., cujos quais podem trazer, consigo, também inúmeros problemas para, …

Patrimônio de afetação, o que é e para que serve?

autônomas para vender a presentes e futuros compradores. Até aí tudo certo. Mas, é exatamente neste ponto que surge uma dúvida... comum quando se tenta compreender o que é patrimônio de afetação . …

Vendi um imóvel e o comprador não transferiu para o nome dele. O que fazer?

Vendi um imóvel e o comprador não transferiu para o nome dele. O que fazer? Por Cibele Murinelli. O ato de compra... perdurar, reúna todas provas documentais e procure um advogado especialista para …

Andamento do Processo n. 201386100378 - Execução Fiscal - 14/11/2018 do TJSE

: PELO COMPRADOR AVALIAÇÃO: R$ 18.000,00 (DEZOITO MIL REAIS) . FINALIDADE: INTIMAR INTERESSADOS, EXEQÜENTE (S) E EXECUTADO (S...

Andamento do Processo n. 200986100658 - Execução Fiscal - 14/11/2018 do TJSE

. ÔNUS: PELO COMPRADOR AVALIAÇÃO: R$ 25.000,00 (VINTE E CINCO MIL REAIS) . FINALIDADE: INTIMAR INTERESSADOS, EXEQÜENTE (S...

Andamento do Processo n. 201486100673 - Monitória - 14/11/2018 do TJSE

-SE CONSTRUÍDO UM GALPÃO DE ALVENARIA EM COM ESTADO DE CONSERVAÇÃO. ÔNUS: PELO COMPRADOR. AVALIAÇÃO: R$ 600.000,00 (SEISCENTOS MIL...

Andamento do Processo n. 201386100159 - Execução Fiscal - 14/11/2018 do TJSE

: PELO COMPRADOR AVALIAÇÃO: R$ 13.400,00 (TREZE MIL E QUATROCENTOS REAIS) . FINALIDADE: INTIMAR INTERESSADOS, EXEQÜENTE (S...
Resultados da busca Jusbrasil para "Comprador"
Desocupação do imóvel pelo comprador
Notícias13/04/2017Bernardo
É válido comprador ser responsável pela desocupação de imóvel, diz STJ. A cláusula contratual que impõe ao comprador a responsabilidade pela desocupação do imóvel ocupado não é abusiva, segundo entendimento unânime da 3ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ). Essas regras são comuns em contratos de compra de bens da Caixa Econômica Federal. A decisão foi tomada em recurso interposto pelo Ministério Público Federal, que considerou a cláusula abusiva porque “sujeita exclusivamente o consumid...
Apelacao Civel AC 11312 MS 2001.011312-0 (TJ-MS)
Jurisprudência09/10/2002Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul
Ementa: CONTRATO DE COMPRA E VENDA - INADIMPLÊNCIA DO COMPRADOR- ALEGADO DEFEITO DE NOTIFICIAÇÃO DIRIGIDA APENAS AO COMPRADOR VARÃO - IRREGULARIDADE IMPERTINENTE PARA A DESCARACTERIZAÇÃO DA MORA DOS COMPRADORES INADIMPLENTES - PRINCÍPIO DA EFETIVIDADE DO PROCESSO.
Vendedor e comprador de imóvel respondem por taxas
Notícias28/10/2016Bernardo
Se não houver registro de contrato,vendedor e comprador de imóvel respondem por taxas Caso o contrato de promessa de compra e venda não seja registrado em cartório, tanto o vendedor quanto o comprador podem responder pela dívida de taxas de condomínio posteriores à posse do imóvel pelo último. Este foi o entendimento firmado pela 3ª Turma do Superior Tribunal de Justiça. No julgamento, os ministros adequaram a interpretação de tese firmada pela 2ª Seção em Recurso Repetitivo (REsp 1.345.331), se...
Cuidados que o comprador deve antes de adquirir um imóvel
Artigos10/04/2019Pérecles
Publicação original: https://regesadvogado.blogspot.com/2019/04/cuidados-que-o-comprador-deve-ter-para.html São diversos os tipos de negócios que envolvem imóveis, cujos quais podem trazer, consigo, também inúmeros problemas para, principalmente, o comprador. Ocorre que, como toda e qualquer relação negocial, existem riscos e eles são diferentes para cada espécie de situação. Diante disto, é importante que o indivíduo, que tenha interesse em adquirir um imóvel, principalmente imóveis, sejam eles...
Valor de Corretagem cobrado indevidamente do comprador
Artigos01/09/2014Giovana
O dever de pagar o corretor normalmente é de quem vende o imóvel, prática ilegal e abusiva quando cobrada do comprador. Muitas pessoas ao comprar um imóvel podem não ter se dado conta que está arcando indevidamente com a taxa de corretagem, ou seja, a taxa de comissão do corretor. Normalmente cabe ao vendedor do imóvel a responsabilidade pelo pagamento da corretagem. Com frequência vem ocorrendo casos como este, ou seja, que o comprador está sendo cobrado da taxa de corretagem, quando na verdade...
Cosméticos orgânicos atraem compradores estrangeiros
Notícias25/10/2012Agência Sebrae de Notícias
Creme utiliza lactobacilos vivos em sua composição e faz sucesso entre os compradores participantes de rodada de negócios Salvador Quem não sonha com uma pelé saudável, sem rugas e manchas? Para reverter o processo de envelhecimento provocado pelas ações externas como sol, estresse e poluição - que causam desidratação, irritação e até diminuição da sensibilidade - o dermatologista pernambucano Djalma Marques desenvolveu uma linha de cosméticos que associou aos cremes lactobacilos vivos, ativos n...
-.... 421400620108260000 SP (TJ-SP)
Jurisprudência13/12/2010Tribunal de Justiça de São Paulo
Ementa: CONTRATO DE CORRETAGEM COBRANÇA DE COMISSÃO INEXISTÊNCIA DE RESPONSABILIDADE SOLIDÁRIA ENTRE O COMPRADOR E O VENDEDOR - INTELIGÊNCIA DO ARTIGO 724 DO CÓDIGO CIVIL - VERBA QUE EM REGRA É DEVIDA PELO VENDEDOR -INEXISTÊNCIA DE PROVA DE ASSUNÇÃO DA RESPONSABILIDADE TAMBÉM PELO COMPRADOR - IMPROCEDÊNCIA DO PEDIDO DEDUZIDO EM FACE DO COMPRADOR - RECURSO PROVIDO -SENTENÇA REFORMADA. - Recurso provido.
Apelação APL 9109755642004826 SP 9109755-64.2004.8.26.0000 (TJ-SP)
Jurisprudência16/02/2011Tribunal de Justiça de São Paulo
Ementa: COBRANÇA DE COMISSÃO DE CORRETAGEM -PROPOSTA DO COMPRADOR ACEITA PELO VENDEDOR - DIFICULDADES DO COMPRADOR DE OBTENÇÃO DOS RECURSOS FINANCEIROS -DESISTÊNCIA DO COMPRADOR - COMISSÃO INDEVIDA - SENTENÇA MANTIDA Para que seja devida a comissão de corretagem a despeito da efetiva concretização do negócio, mister não só que o arrependimento ou recusa tenha sido arbitrário e desarrazoado, mas também que ocorra em momento em que já se tenha por objetivamente certa e manifesta a intenção das partes em realizar a transação, vale dizer, ainda que não formalizado em definitivo o negócio, tenham as partes a certeza e convicção de que será efetivado, estando eliminadas todas as pendências obstativas à sua conclusão,ou, dito em outras palavras, è preciso que a recusa importe em frustração de expectativa legítima e segura de que a venda será consumada.RECURSO DESPROVIDO
O comprador compulsivo e a anulabilidade do negócio jurídico
Artigos29/08/2014Marcello
O transtorno mental do oniomaníaco - comprador compulsivo - não necessita ser declarado previamente para que sua existência seja juridicamente considerada O propósito desses breves escritos consiste na abordagem de alguns dos efeitos jurídicos decorrentes de uma doença que, de acordo com pesquisas recentes, afeta cerca de 5% da população brasileira. Trata-se da oniomania, compulsão por compras. Como se constata na prática da advocacia, os compradores compulsivos frequentemente recorrem ao advoga...
Apelação APL 00019257920108110040196292018 MT (TJ-MT)
Jurisprudência27/08/2018Tribunal de Justiça do Mato Grosso
Ementa: APELAÇÃO - INDENIZAÇÃO POR ENRIQUECIMENTO ILÍCITO E POR DANOS MORAIS - SUCESSÃO DE VENDAS DE MOTOCICLETA - DESCUMPRIMENTO DO CONTRATO PELO SEGUNDO COMPRADOR/VENDEDOR - PREJUÍZOS VERIFICADOS AO ÚLTIMO COMPRADOR - ILEGITIMIDADE PASSIVA DA PRIMEIRA VENDEDORA MANTIDA - LEGITIMIDADE E CONDENAÇÃO EXCLUSIVA DO SEGUNDO COMPRADOR/VENDEDOR TAMBÉM MANTIDA - APELAÇÕES DESPROVIDAS - SENTENÇA MANTIDA. Demonstrado o descumprimento do contrato de compra venda de motocicleta a partir do segundo comprador/vendedor e os prejuízos dai causados ao último comprador e autor da ação de indenização, em uma sucessão de vendas do referido bem e demonstrado ainda que o segundo comprador/vendedor assumiu a responsabilidade exclusiva pelas posteriores vendas e que ocorreu a rescisão do contrato no acordo que firmou com a primeira vendedora na ação de Busca e Apreensão do Veículo por ela proposta exclusivamente contra o referido segundo comprador/vendedor, é de ser mantida a sentença que excluiu da lide a primeira vendedora e manteve, exclusivamente, o segundo vendedor. (Ap 19629/2018, DES. GUIOMAR TEODORO BORGES, QUARTA CÂMARA DE DIREITO PRIVADO, Julgado em 22/08/2018, Publicado no DJE 27/08/2018)
Buscar mais 1.614.407 resultados sobre "Comprador" na busca Jusbrasil