Carregando...
Jusbrasil - Tópicos
19 de novembro de 2017
Artigo 148A da Lei nº 9.503 de 23 de Setembro de 1997

Art. 148A do Código de Trânsito Brasileiro - Lei 9503/97

CTB - Lei nº 9.503 de 23 de Setembro de 1997

Institui o Código de Trânsito Brasileiro.

Art. 148-A. Os condutores das categorias C, D e E deverão submeter-se a exames toxicológicos para a habilitação e renovação da Carteira Nacional de Habilitação. (Incluído pela Lei nº 13.103, de 2015) (Vigência)

§ 1o O exame de que trata este artigo buscará aferir o consumo de substâncias psicoativas que, comprovadamente, comprometam a capacidade de direção e deverá ter janela de detecção mínima de 90 (noventa) dias, nos termos das normas do Contran. (Incluído pela Lei nº 13.103, de 2015) (Vigência)

§ 2o Os condutores das categorias C, D e E com Carteira Nacional de Habilitação com validade de 5 (cinco) anos deverão fazer o exame previsto no § 1o no prazo de 2 (dois) anos e 6 (seis) meses a contar da realização do disposto no caput. (Incluído pela Lei nº 13.103, de 2015) (Vigência)

§ 3o Os condutores das categorias C, D e E com Carteira Nacional de Habilitação com validade de 3 (três) anos deverão fazer o exame previsto no § 1o no prazo de 1 (um) ano e 6 (seis) meses a contar da realização do disposto no caput. (Incluído pela Lei nº 13.103, de 2015) (Vigência)

§ 4o É garantido o direito de contraprova e de recurso administrativo no caso de resultado positivo para o exame de que trata o caput, nos termos das normas do Contran. (Incluído pela Lei nº 13.103, de 2015) (Vigência)

§ 5o A reprovação no exame previsto neste artigo terá como consequência a suspensão do direito de dirigir pelo período de 3 (três) meses, condicionado o levantamento da suspensão ao resultado negativo em novo exame, e vedada a aplicação de outras penalidades, ainda que acessórias. (Incluído pela Lei nº 13.103, de 2015) (Vigência)

§ 6o O resultado do exame somente será divulgado para o interessado e não poderá ser utilizado para fins estranhos ao disposto neste artigo ou no § 6o do art. 168 da Consolidação das Leis do Trabalho - CLT, aprovada pelo Decreto-Lei no 5.452, de 1o de maio de 1943. (Incluído pela Lei nº 13.103, de 2015) (Vigência)

§ 7o O exame será realizado, em regime de livre concorrência, pelos laboratórios credenciados pelo Departamento Nacional de Trânsito - DENATRAN, nos termos das normas do Contran, vedado aos entes públicos: (Incluído pela Lei nº 13.103, de 2015) (Vigência)

I - fixar preços para os exames; (Incluído pela Lei nº 13.103, de 2015) (Vigência)

II - limitar o número de empresas ou o número de locais em que a atividade pode ser exercida; e (Incluído pela Lei nº 13.103, de 2015) (Vigência)

III - estabelecer regras de exclusividade territorial. (Incluído pela Lei nº 13.103, de 2015) (Vigência)

Conheça as Condutas que Suspendem sua CNH que Você nem Imagina

Atitudes externas ao trânsito também podem provocar a suspensão da carteira. Penalizações dessa natureza têm por objetivo demonstrar a necessidade de cumprir com seus deveres como cidadão para

Pg. 2510. Judicial - 2ª Instância. Diário de Justiça do Estado de São Paulo DJSP de 06/11/2017

aos PROCESSOS ELETRÔNICOS, de acordo com o art. 4º, inciso III, da Resolução nº 581/2016 do STF de 08/06/2016. - Advs: Sara Rodrigues da Silva (OAB: 312427/SP) - Eduardo Nogueira Monnazzi (OAB:

Andamento do Processo n. 9000306-41.2017.8.21.0038 - 01/11/2017 do TJRS

9000306-41.2017.8.21.0038(CNJ) - AUREO DA SILVA GUEDES (KAREN BARRETO HASSE 38515/SC) X DETRAN/RS - DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO. COMARCA DE VACARIAJUIZADO DA FAZENDA PÚBLICARUA VILLA LOBOS ,

Pg. 555. Interior 1º Grau. Diário de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul DJRS de 01/11/2017

NÃO VISUALIZANDO O BURACO, QUANDO VIU ERGUEU O PARALELEPÍPEDO E CORTOU O PNEU DO CARRO. CONSEGUIU ESTACIONAR MAIS A FRENTE. A ILUMINAÇÃO NÃO ERA TÃO ESCURA NO LOCAL, MAS MESMO ASSIM NÃO CONSEGUIU VER

Inteiro Teor. : 10010327820178260664 SP 1001032-78.2017.8.26.0664

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SAO PAULO Registro: 2017.0000825192 ACÓRDAO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 1001032-78.2017.8.26.0664, da Comarca de

: 10010327820178260664 SP 1001032-78.2017.8.26.0664

APELAÇÃO – PRESTAÇÃO DE SERVIÇO - CONSUMIDOR – INDENIZATÓRIA – DANOS MATERIAIS E MORAIS – Autor que se submeteu a exame toxicológico perante o laboratório réu visando a renovação de sua CNH na categoria D - Resultado positivo para substância entorpecente - cocaína – Posterior exame em laboratório particular que resulto...

Andamento do Processo n. 9040495-75.2017.8.21.0001 - 25/10/2017 do TJRS

9040495-75.2017.8.21.0001(CNJ) - GILSON RUBENS DECUSSATTI (ANDRÉ TISCHLER ELLWANGER DE ARAUJO 84276/RS) X DETRAN/RS - DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO. INICIALMENTE, PARA TUTELA DE EVIDÊNCIA,

Andamento do Processo n. 9040492-23.2017.8.21.0001 - 25/10/2017 do TJRS

9040492-23.2017.8.21.0001(CNJ) - CHRISTIAN WALTER DE ARAÚJO SCHWARZ (ROCHANE NOBRE PONZI 62409/ RS) X DETRAN/RS - DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO. INICIALMENTE, PARA TUTELA DE EVIDÊNCIA,

Pg. 179. Capital 1º Grau. Diário de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul DJRS de 25/10/2017

DO INSTITUTO LEGAL, QUE CONFERE AO PROPRIETÁRIO A FACULDADE DE INDICAÇÃO CONDUTOR, CONFORME EXPRESSO DISPOSITIVO SUPRACITADO, CONSIDERA-O “RESPONSÁVEL PELA INFRAÇÃO”, NÃO ADMITE INTERPRETAÇÃO

Pg. 182. Capital 1º Grau. Diário de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul DJRS de 25/10/2017

DE FL. 36 RESTOU CUMPRIDO EM 30.09.2015 SENDO AJUIZADA A PRESENTE DEMANDA EM 26.09.2017.O RECONHECIMENTO SUPERVENIENTE DE EVENTUAL DEFEITO NO PSDD NÃO PRODUZ EFEITOS ULTRATIVOS, A FIM DE ALCANÇAR E

×