Carregando...
Jusbrasil - Tópicos
15 de novembro de 2018
Caso Fortuito Interno Editar Foto
×

Alterar Imagem

Envie uma imagem

Caso Fortuito Interno

banco golpe do cartão (mais)

Editar

caracteres restantes

Cancelar
Gostaria de monitorar Caso Fortuito Interno?
Seja avisado sempre que houver novas publicações com o nome escolhido no Jusbrasil
Monitorar nome
Andamento do Processo n. 0001901-02.2018.8.26.0445 - Procedimento do Juizado Especial Cível - 19/09/2018 do TJSP

Processo 0001901-02.2018.8.26.0445 - Procedimento do Juizado Especial Cível - Perdas e Danos - Gabriela Dantas Rodrigues - Real Maia Transportes Eireli EPP - Vistos, etc. Dispensado o relatório, a

Andamento do Processo n. 0001907-09.2018.8.26.0445 - Procedimento do Juizado Especial Cível - 13/08/2018 do TJSP

Processo 0001907-09.2018.8.26.0445 - Procedimento do Juizado Especial Cível - Perdas e Danos - Real Maia Transportes Eireli EPP - Vistos, etc. Dispensado o relatório, a teor do disposto no art. 38,

Andamento do Processo n. 1003258-58.2016.8.26.0125 - Processo Digital - 27/09/2017 do TJSP

Nº 1003258-58.2016.8.26.0125 - Processo Digital - Recurso Inominado - Capivari - Recorrente: Banco do Brasil S.A. - Recorrida: Aretusa Daniele Ayres - Magistrado(a) Maurício Habice - Negaram

Andamento do Processo n. 1012027-88.2016.8.26.0405 - Processo Digital - 24/05/2017 do TJSP

Nº 1012027-88.2016.8.26.0405 - Processo Digital - Recurso Inominado - Osasco - Recorrente: AMERICANAS.COM B2W CIA. GLOBAL DO VAREJO - Recorrida: ROSEMEIRE VALDIVIA NARDOTTO - Magistrado(a) Rossana

Andamento do Processo n. 0029513-13.2010.8.26.0309 - Procedimento Comum - 24/01/2017 do TJSP

Processo 0029513-13.2010.8.26.0309 (309.01.2010.029513) - Procedimento Comum - Acidente de Trânsito - Generali Brasil Seguros S/A - É o relatório do necessário. Passo a fundamentar e decidir.Da Lide

Bruno Moré

Bruno Moré -

Direito do Consumidor – “A culpa foi da lagartixa”

Confirmada pela Turma Recursal a Sentença que defende direito de lagartixa subir pela parede. Um ar condicionado queimado porque uma lagartixa entrou no condensador e morreu eletrocutada. A

Qual a diferença entre caso fortuito externo e interno?

O caso fortuito é uma das causas excludentes da responsabilidade civil, previsto no artigo 393 , do Código Civil : Art. 393. O devedor não responde pelos prejuízos resultantes de caso fortuito ou

Resultados da busca Jusbrasil para "Caso Fortuito Interno"

STJ - RECURSO ESPECIAL REsp 1093440 PR 2008/0213447-0 (STJ)

Data de publicação: 17/04/2013

Ementa: PROCESSO CIVIL. RESPONSABILIDADE CIVIL. RECURSO ESPECIAL. PROVAPERICIAL. PRINCÍPIO DO LIVRE CONVENCIMENTO MOTIVADO. CHEQUE COMADULTERAÇÃO SOFISTICADA. FALSO HÁBIL. CASO FORTUITO INTERNO.CARACTERIZAÇÃO DA RESPONSABILIDADE OBJETIVA DA INSTITUIÇÃOFINANCEIRA. DANOS MATERIAIS E MORAIS INDENIZÁVEIS. 1. A finalidade da prova é o convencimento do juiz, sendo este o seudireto e principal destinatário. Por isso que, sempre que constatarque o acervo documental é suficiente para nortear e instruir seuentendimento, assiste-lhe o poder-dever de julgar a lideantecipadamente, sendo forçoso concluir que o seu livreconvencimento é a bússola norteadora da necessidade ou não deprodução de quaisquer provas que entender pertinentes ao julgamentoda lide (art. 330 , I , do CPC ). Precedentes. 2. No que tange ao "falso hábil", assim entendido aquele cujafalsidade é perceptível "somente com aparelhos especializados degrafotécnica, por meio de gramafenia em que se detectem, e.g.,morfogêneses gráficas, inclinações axiais, dinamismos gráficos (pressão e velocidade), pontos de ataque e remate, valores angularese curvilíneos" (ALVES, Vilson Rodrigues. Responsabilidade civil dosestabelecimentos bancários. Campinas: Editora Servanda, 2005, v.1,p. 284), abrem-se três possibilidades: (i) a inexistência de culpado correntista; (ii) culpa exclusiva do cliente; (iii) culpaconcorrente. 3. "As instituições bancárias respondem objetivamente pelos danoscausados por fraudes ou delitos praticados por terceiros - como, porexemplo, abertura de conta-corrente ou recebimento de empréstimosmediante fraude ou utilização de documentos falsos -, porquanto talresponsabilidade decorre do risco do empreendimento,caracterizando-se como fortuito interno." (REsp 1.199.782/PR, Rel.Ministro Luis Felipe Salomão, julgado pela Segunda Seção, em24/08/2011 sob o rito previsto no art. 543-C do CPC , DJe 12/09/2011) 4. No caso, não há se afastar a responsabilidade objetiva dainstituição financeira quando inexistente culpa do correntista, porse tratar de caso fortuito interno, assistindo à recorrente odireito à indenização por danos materiais e morais.5. Recurso especial provido....

STJ - RECURSO ESPECIAL REsp 1172027 RJ 2009/0245739-4 (STJ)

Data de publicação: 30/09/2010

Ementa: TRIBUTÁRIO - IMPOSTO DE IMPORTACAO - AÇÃO ANULATÓRIA DE AUTO DE INFRAÇÃO - ROUBO DE MERCADORIA DURANTE TRANSPORTE TERRESTRE - CASO FORTUITO INTERNO - RESPONSABILIDADE DO TRANSPORTADOR. 1. O roubo de veículo e de carga sujeita a imposto de importacao ocorrido no transporte de mercadoria já desembaraçada não elide a responsabilidade de transportadora pelo pagamento do valor apurado em auto de infração, nos termos dos arts. 136 do CTN , 32 e 60 do Decreto-lei 37 /66. 2. Recurso especial não provido.

TJ-RS - Apelação Cível AC 70050723014 RS (TJ-RS)

Data de publicação: 20/11/2012

Ementa: APELAÇÕES CÍVEIS. RESPONSABILIDADE CIVIL EM ACIDENTE DE TRÂNSITO. MAL SÚBITO DO MOTORISTA. CASO FORTUITO INTERNO. RESPONSABILIDADE EXCLUSIVA DA EMPRESA CORREQUERIDA. PENSÃO MENSAL. DANOS MORAIS. QUANTIFICAÇÃO. 1. A responsabilidade da empresa que opera o transporte intermunicipal de passageiros dispensa discussão acerca de culpa, consoante previsto no artigo 37 , § 6º , da Constituição Federal . Destarte, em sendo inequívoco o acidente descrito nas iniciais, e não sendo demonstrada a ocorrência de caso fortuito externo ou força maior, não há falar no afastamento do seu dever de...

×