4 dicas para eliminar os vícios de linguagem e ser elogiado ao falar em público.

4 dicas para eliminar os vícios de linguagem e ser elogiado ao falar em público. O bom orador é dotado de comunicação... e ter uma apresentação com performance exemplar e notável, são os vícios de li…
Susan Cruz, Advogado
há 4 meses

Linguagens e Paradigmas: Desafios docentes ante as tecnologias usadas pelos alunos em sala de aula

LINGUAGENS E PARADIGMAS: DESAFIOS DOCENTES ANTE AS TECNOLOGIAS USADAS PELOS ALUNOS EM SALA DE AULA Susan Manuela Silva Meneses Cruz [1] Luiz Carlos Santos Prado [2] RESUMO Vive-se num mundo em que,…
Rafael Clodomiro, Advogado
há 7 meses

1º Concurso Poerídica de Criatividade Jurídica

1º CONCURSO POERÍDICA DE CRIATIVIDADE JURÍDICA REGULAMENTO Artigo 1º - Objetivo e Oficina de Criação O Concurso tem como principal objetivo desenvolver as competências de reflexão e de expressão do…

Linguagem e advocacia criminal - fracasso e sucesso

Numa era em que o efêmero e o líquido (para tomar a já gasta expressão de Bauman [1] ) se projetam como substância vital da sociedade, qualquer tarefa que demande uma diligência maior parece ser…

10 Dicas de Oratória para o Tribunal do Júri – PNL e prática jurídica (artigo e vídeo)

#1 – ANTES DE ATUAR NO TRIBUNAL, ASSISTA A JULGAMENTOS – A primeira dica pressupõe três ideias da PNL: primeiro, a pressuposição de que é recomendável “Primeiro acompanhar para depois conduzir”. Se…

Tribunal de Justiça de Goiás TJ-GO - RECURSO EM SENTIDO ESTRITO : RSE 0262124-04.2005.8.09.0044

. NULIDADE. EXCESSO. LINGUAGEM. INOCORRÊNCIA. DESPRONÚNCIA. DESCLASSIFICAÇÃO. LESÃO CORPORAL. MODALIDADE SIMPLES.... IMPOSSIBILIDADE. DECISÃO MANTIDA. 1 - Não se verifica excesso de linguagem na …

Tribunal de Justiça de Goiás TJ-GO - RECURSO EM SENTIDO ESTRITO : RSE 0318006-80.2014.8.09.0093

. QUALIFICADO. SEQUESTRO. CÁRCERE PRIVADO. CERCEAMENTO DE DEFESA. INOCORRÊNCIA. NULIDADE. LINGUAGEM. EXCESSO. PROVIMENTO... defesa. 2 - Enseja nulidade por excesso de linguagem a decisão de …

Tribunal de Justiça de Goiás TJ-GO - RECURSO EM SENTIDO ESTRITO : RSE 0278201-84.2017.8.09.0071

PUBLICO DES. IVO FAVARO RECURSO EM SENTIDO ESTRITO. PRONÚNCIA. FUNDAMENTAÇÃO. CONCRETA. AUSÊNCIA. LINGUAGEM. EXCESSO...

O poder da linguagem para a sua advocacia?

As palavras que você usa têm a capacidade de transformar a sua realidade. Elas geram mudanças em seu cérebro e modificam a percepção do ambiente ao seu redor. Neste contexto, já dizia o filósofo…

Tribunal de Justiça de Goiás TJ-GO - RECURSO EM SENTIDO ESTRITO : RSE 845975620098090034

ESCHER RECURSO EM SENTIDO ESTRITO. PRONUNCIA. LINGUAGEM. EXCESSO. NULIDADE. Excede o magistrado que efetua juízo...
Resultados da busca Jusbrasil para "Linguagem"
O Patriarquês – A linguagem como espelho do patriarcado:Reflexões sobre o tema na linguagem jurídica
Artigos02/10/2018Luiza
Reflexões sobre o tema na linguagem jurídica   Linguagem é o meio pelo qual comunicamos nossas ideias ou sentimentos através de signos convencionais, sonoros, gráficos ou gestuais; é, então símbolo de nossa ideologia, de nossa visão de mundo, de quem somos. Assim, a linguagem reflete o mundo que vivemos e, consequentemente, traz em sua essência o sexismo intrínseco à sociedade.   A inferioridade da mulher face ao homem vem refletida em diferentes graus, de diferentes formas nas diversas culturas...
Linguagem Jurídica
Artigos21/11/2014Alexandre
A prática da linguagem jurídica e o entendimento do interessado Hodiernamente, o uso da linguagem objetiva, de forma simples de entendimento, se mostra cada vez mais necessário devido a nova sociedade de consumo se tornar adepta da cultura imediata. Uma cultura de construção de pensamento sedimentada em poucas palavras. Seria um resumo material do largo pensamento abstrato. Existe uma fuga para um mundo de linguagem rude e de costumes, buscados principalmente nas redes virtuais onde não existem ...
Tatuagens: a linguagem não verbal do crime
Artigos28/01/2017Lohanny
Tatuagens: a linguagem não verbal do crime. RESUMO O presenTe artigo, aborda sobre tatuagens a linguagem não verbal do crime, e isso, percute em uma linguagem por trás das celas, ou seja, um estudo dos símbolos corporais e seus reflexos causados no contexto criminal na sociedade brasileira atual. Será feito um estudo bibliográfico com o intuito de analisar as influências da tatuagem no contexto criminal e o que essas marcas representa para o recluso, bem como apontar essas influencias durante o ...
Linguagem da Internet e os blogueiros do JusBrasil
Artigos18/09/2018Silva Lopes
Como a linguagem da internet pode fazer com que o conteúdo do Jusbrasil, como um todo, perca sua credibilidade. Pode procurar: todo dia a gente acha um (a) blogueiro (a) jurídico (a) diferente aqui no Jusbrasil (e já digo que se quer ser chamado de "influenciador (a) digital", sinto muito, mas o nome original é mais fácil e, sinceramente, é muito mais próximo do que o seu conteúdo e a sua atividade realmente são). Boa parte sequer está falando sobre questões jurídicas (nem mesmo esse artigo fala...
Perito em identificação de Voz - face - linguagem Judicial Ricardo Caires dos Santos
Notícias05/07/2019Ricardo
Ricardo Caires dos Santos é perito Judicial em identificação de voz face linguagem formado pelo CEFAC no curso de identificação voz pericia em degravação de audio e video
Habeas Corpus HC 0010080108243 (TJ-RR)
Jurisprudência19/02/2009Tribunal de Justiça de Roraima
Ementa: HABEAS CORPUS – SENTENÇA DE PRONÚNCIA – NULIDADE – EXCESSO DE LINGUAGEM – INOCORRÊNCIA. 1. Não se verifica, na espécie, o alegado excesso de linguagem capaz de influenciar os jurados, por ocasião do julgamento pelo Tribunal do Júri. 2. Ordem denegada.
RECURSO ORDINÁRIO RO 2980385233 SP 02980385233 (TRT-2)
Jurisprudência02/07/1999Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região
Ementa: DA LINGUAGEM UTILIZADA - A linguagem jurídica deve ser sempre elevada, não devendo ser desmerecida pelo emprego de expressões deselegantes ou ofensivas. Não se diz sentença, decisão, acórdão, mas r. sentença, r. decisão,v. acórdão ou mesmo outros tratamentos que demonstrem respeito.São expressões ofensivas dizer-se que "mente o expert","desfaçatez do perito", etc. A peleja jurisdicional há de ser travada com elevação e respeito mútuo. O advogado deve ser combativo, jamais agressivo. E a combatividade não deve ir além do necessário. "O que impressiona,saibam os novos, mais ardorosos e menos experientes, é a abundância e solidez de argumentos aliados à perfeita cortesia,linguagem ponderada e modéstia habitual" (Anatole France, in Jardin d'Epicure, apud Maximiliano).
RECURSO ORDINÁRIO RECORD 2980385233 SP 02980385233 (TRT-2)
Jurisprudência02/07/1999Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região
Ementa: DA LINGUAGEM UTILIZADA - A linguagem jurídica deve ser sempre elevada, não devendo ser desmerecida pelo emprego de expressões deselegantes ou ofensivas. Não se diz sentença, decisão, acórdão, mas r. sentença, r. decisão,v. acórdão ou mesmo outros tratamentos que demonstrem respeito.São expressões ofensivas dizer-se que "mente o expert","desfaçatez do perito", etc. A peleja jurisdicional há de ser travada com elevação e respeito mútuo. O advogado deve ser combativo, jamais agressivo. E a combatividade não deve ir além do necessário. "O que impressiona,saibam os novos, mais ardorosos e menos experientes, é a abundância e solidez de argumentos aliados à perfeita cortesia,linguagem ponderada e modéstia habitual" (Anatole France, in Jardin d'Epicure, apud Maximiliano).
HABEAS CORPUS HC 91221 SP (STF)
Jurisprudência05/09/2007Supremo Tribunal Federal
Ementa: SENTENÇA DE PRONÚNCIA - EXCESSO DE LINGUAGEM - NÃO CONFIGURAÇÃO. Estando a sentença de pronúncia, sob o ângulo da existência de indícios suficientes da autoria, lastreada em depoimentos colhidos, assentada a óptica das qualificadoras em dados a revelarem, de início, motivo torpe e emprego de recurso a dificultar a defesa das vítimas, sem que surja a assertiva no sentido da culpabilidade, tem-se como improcedente a articulação do excesso de linguagem.
HABEAS CORPUS HC 91221 SP (STF)
Jurisprudência05/09/2007Supremo Tribunal Federal
Ementa: SENTENÇA DE PRONÚNCIA - EXCESSO DE LINGUAGEM - NÃO CONFIGURAÇÃO. Estando a sentença de pronúncia, sob o ângulo da existência de indícios suficientes da autoria, lastreada em depoimentos colhidos, assentada a óptica das qualificadoras em dados a revelarem, de início, motivo torpe e emprego de recurso a dificultar a defesa das vítimas, sem que surja a assertiva no sentido da culpabilidade, tem-se como improcedente a articulação do excesso de linguagem.
Buscar mais 440.223 resultados sobre "Linguagem" na busca Jusbrasil

Tópico relacionado