Carregando...
Jusbrasil - Tópicos
21 de junho de 2018
Direito Processual do Trabalho

Direito Processual do Trabalho

Recurso de revista

A revista cabe das decisões de última instância ordinária, quer decidam o mérito ou não e sejam definitivas. Conhecimentos de revista ? há dois juízos de admissibilidade: o a quo, que é o da autoridade que despacha, encaminhando o recurso ou trancando-lhe o seguimento, e o ad quem, que é o próprio tribunal a que se destina o recurso, o qual, liminarmente, decidirá se o conhece ou não. Se o ad quem conhece para anular, limita-se ao judicium rescidens. Em conseqüência, manda que o tribunal recorrido profira outra decisão. Se conhece, para, no mérito, manter ou reformar, no todo ou em parte, adentra o judicium rescisorium, proferindo outra decisão, que necessariamente substitui a anterior, em qualquer hipótese ? mesmo quando a ratifica. O juízo de admissibilidade a quo só tem o judicium rescindens. Não pode vincular nem se sobrepor ao juízo de recurso ad quem. A este é dirigido o apelo e a ele cabe julgá-lo (devolutividade). Quanto àquele, seja positivo ou negativo, é apenas declaratório. A diferença está em que, apenas quando negativo (denegando prosseguimento), é vinculatório, isto é, tem eficácia preclusiva, dando margem ao agravo de instrumento, pois a regra é: toda vez que a lei enseja ao juízo de admissibilidade trancar o caminho do recurso para o órgão superior, cria recurso próprio para a parte tentar libertá-lo. Na Justiça do Trabalho, esse remédio único é o agravo, seja de instrumento, seja regimental. Recebendo a revista, ou embargos, o juízo de admissibilidade a quo (respectivamente, presidente de Turma do TST ou presidente de TRT) pode fazê-lo por um ou por ambos os fundamentos das alíneas consolidadas. Se interposto o recurso por mais de um fundamento, o juízo de admissibilidade a quo o recebe e encaminha apenas por um deles, não prejudica o conhecimento, no juízo de admissibilidade ad quem pelo outro, ou pelos outros fundamentos, aplicável nos recursos de revista na Justiça do Trabalho. O ad quem é que pode delimitar o âmbito do conhecimento. Só cabe revista de acórdão do TRT, proferido em último grau ordinário, em ação de conhecimento, menos contra acórdão regional prolatado em Agravo de Instrumento. O fato de o juízo primeiro de admissibilidade do recurso de revista entendê-lo cabível apenas quanto à parte das matérias veiculadas não impede a apreciação integral pela turma do Tribunal Superior de Trabalho, sendo imprópria a interposição de agravo de instrumento. Incabível o recurso de revista ou embargos para reexame de fatos e provas.

Controle de rota de motorista por transportadora não gera dano moral

Controle de rota de motorista por transportadora não gera dano moral A 6ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 1ª... reforma da decisão que indeferiu indenização por assédio moral e dano existencial pleiteada pelo trabalhador... juíza do Trabalho Titular da 1ª Vara do Trabalho de Barra Mansa, Adriana Maria dos Rem...

Falta de empregada à audiência não acarreta improcedência de pedido sobre horas extras

do TST determinou o retorno do processo à 3ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro para que julgue os pedidos da operadora... como verdade processual as alegações da Fleury, que não anexou ao processo os cartões de ponto. No exame do recurso de revista... trabalhista A ausência de uma operadora de telemarketing à audiênc...

Retenção da Carteira de Trabalho por mais de 48 horas gera indenização?

Retenção da Carteira de Trabalho por mais de 48 horas gera indenização? A CTPS – Carteira de Trabalho e Previdência... entrega sua Carteira de Trabalho, mediante recibo, a parte empregadora tem um prazo para efetivar as devidas anotações... desta penalidade, basta que a empresa tenha ultrapassado o período limite e que...

Greve, Paralisação ou Locaute? Qual a diferença?

mais relacionada ao direito dos trabalhadores reivindicarem algo através da paralisação, inclusive existe a Lei de Greve...”. Ainda, segundo a legislação, os trabalhadores terão direito a receber salário durante o Locaute. Já a CLT , prevê, no... pessoal. A suspensão de trabalho que configura a greve é coletiva, não p...

Cartões de ponto sem assinatura de empregado são válidos em processo sobre horas extras

Cartões de ponto sem assinatura de empregado são válidos em processo sobre horas extras Willian Prates, advogado... trabalhista A Quinta Turma do Tribunal Superior do Trabalho validou os cartões de ponto de um cabista da Serede – Serviços... do Trabalho da 1ª Região (RJ) deferira o pagamento de horas extras com base na...

Contrato de Trabalho Intermitente

o comprovante de tais obrigações. Assim como os demais empregados a cada 12 meses de trabalho o empregado adquire o direito...Contrato de Trabalho Intermitente Esta talvez seja a maior inovação da Reforma Trabalhista, é uma nova modalidade... de contratação expressa em lei. O trabalho intermitente é uma inovação na qu...

O Sócio Retirante pode ser responsabilizado pelo crédito trabalhista? O que você acha?

O Sócio Retirante pode ser responsabilizado pelo crédito trabalhista? O que você acha? A resposta para o questionamento...); que se retira do Contrato social de fato ou de Direito; enfim, simplificando, é a pessoa que deixou de ser sócio.... O principal motivo pelo qual o sócio retirante irá se responsabilizar é a segu...

Jornada de Trabalho na Copa do Mundo

como qualquer outro dia de trabalho no direito do trabalho, não existindo a obrigação legal para o empregador de liberar...Jornada de Trabalho na Copa do Mundo Os feriados federais, a regra aplicável é a folga do empregado e quando houver... trabalho nesses dias, que seja pago em dobro ou compensado. Os feriados munic...

A possibilidade de retenção da CNH do devedor

trabalhistas. Eis que surge o problema, isto porque, ganha-se o processo, mas não se conclui a execução por falta... da sua compatibilidade ou não com o processo do trabalho, chegando-se a conclusão, após leitura do art. 15 do CPC , 769 e 889 da CLT... , de que o referido Código se aplica ao processo do trabalho de fo...

TST invalida norma coletiva que prevê percentual menor que o de lei para adicional de periculosidade

constitucionais à flexibilização dos direitos trabalhistas por meio de negociação coletiva. Outro ponto considerado..., advogado trabalhista A Subseção I Especializada em Dissídios Individuais (SDI-1) do Tribunal Superior do Trabalho... considerou inválidas as cláusulas de norma coletiva de trabalho da Telefônica Bras...

Resultados da busca Jusbrasil para "Direito Processual do Trabalho"

"Direito Processual do Trabalho Globalizado"

promover, no âmbito do Projeto Leis & Letras, o lançamento do livro Direito Processual do Trabalho... e à magistratura trabalhistas, e ainda permitir ao cultores do direito Processual do Trabalho novas ...

Notícia Jurídica • Associação dos Magistrados da Justiça do Trab.. • 31/01/2012

Curso de Direito Processual do Trabalho será concluído nesta sexta (26)

em Direito Processual do Trabalho. O curso teve início ontem (quinta) no auditório do Fórum Maximiano... e Jurisprudencial em Direito Processual do Trabalho”, está sendo ministrado pelo professor Francisco José ...

Notícia Jurídica • Tribunal Regional do Trabalho 13ª Região • 26/04/2013

TST - RECURSO DE REVISTA RR 4790054119985125555 479005-41.1998.5.12.5555 (TST)

Data de publicação: 19/10/2012

Ementa: DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO. RECURSO. DEPÓSITO EM GARANTIA. DESERÇÃO. "Se o valor constante do primeiro depósito, efetuado no limite legal, é inferior ao da condenação, será devida complção de depósito em recurso posterior, observado o valor nominal remanescente da condenação e/ou os limites legais para cada novo recurso". (Instrução Normativa-TST Nº 3/93, II, b). Recurso de revista não conhecido. PROC. Nº TST-RR-479.005/98.0 \ 11/15/12Iap

×