Processo nº 0501406-70.2017.8.05.0201

Ministério Público do Estado da Bahia x Adriano Alves de Souza Def. Público: Matheus Mazzilli Fassy

TJBA · PORTO SEGURO, BA
Criminal · Ação Penal - Procedimento Ordinário
Valor da causa:
R$ XXX,XX
Exibir Valor
O processo teve origem no Tribunal de Justiça da Bahia, em 28 de março de 2018. Tem como partes envolvidas Ministério Público do Estado da Bahia, Adriano Alves de Souza, Adriano Alves de Souza Def. Público: Matheus Mazzilli Fassy, João Marcos Sena Quirino dos Santos e outros.
Processo em andamento
Informações sincronizadas mês passado com tribunais e Diários Oficiais.

Andamento processual

Assine para desbloquear todas as movimentações desse processo
10/04/2021há 4 meses
Movimentação visível apenas para assinantes.
Movimentação visível apenas para assinantes.
09/04/2021há 4 meses
Movimentação visível apenas para assinantes.
08/04/2021há 4 meses
Movimentação visível apenas para assinantes.
Movimentação visível apenas para assinantes.
Despacho/Decisão remetido ao Diário de Justiça Eletrônico Relação: 0014/2021 Teor do ato: Vistos, etc. Verificando que o processo encontra-se desmembrado com relação ao acusado Valdemar Nunes Cerqueira Neto, nos termos do parecer do Ministério Público, desentranhem-se peças de páginas 126/136. Aguarde-se para inclusão em pauta na forma determinada às páginas 123/124. Advogados(s): Adonias Carvalho Rodrigues (OAB 58292/BA)
Proferido despacho de mero expediente
06/04/2021há 4 meses
Concluso para despacho
05/04/2021há 4 meses
Juntada de Petição
Juntada de Petição Nº Protocolo: WPOR.21.01301235-6 Tipo da Petição: Parecer do Ministerio Publico Data: 30/03/2021 17:31
Detalhes do processo
Poder Judiciário
Justiça dos Estados e do Distrito Federal e Territórios
Tribunal de Origem
TJBA · Comarca · PORTO SEGURO, BA
Valor da Causa
R$ XXX,XX
Exibir Valor
Data de tramitação
28/03/2018 a 10/04/2021
Natureza
Ação Penal - Procedimento Ordinário
Área do Direito
Criminal
Assunto
Crimes Previstos na Legislação Extravagante / Crimes de Tortura
Início do Processo
2017
Partes envolvidas
Parte ré
Adriano Alves de Souza Def. Público: Matheus Mazzilli Fassy
Réu
João Marcos Sena Quirino dos Santos Def. Público: Matheus Mazzilli Fassy
Réu