Carregando...
Jusbrasil - Tópicos
24 de abril de 2017
Artigo 12 da Lei nº 9.504 de 30 de Setembro de 1997

Art. 12 lei Eleitoral - Lei 9504/97

Lei nº 9.504 de 30 de Setembro de 1997

Estabelece normas para as eleições.

Art. 12. O candidato às eleições proporcionais indicará, no pedido de registro, além de seu nome completo, as variações nominais com que deseja ser registrado, até o máximo de três opções, que poderão ser o prenome, sobrenome, cognome, nome abreviado, apelido ou nome pelo qual é mais conhecido, desde que não se estabeleça dúvida quanto à sua identidade, não atente contra o pudor e não seja ridículo ou irreverente, mencionando em que ordem de preferência deseja registrar-se.

§ 1º Verificada a ocorrência de homonímia, a Justiça Eleitoral procederá atendendo ao seguinte:

I - havendo dúvida, poderá exigir do candidato prova de que é conhecido por dada opção de nome, indicada no pedido de registro;

II - ao candidato que, na data máxima prevista para o registro, esteja exercendo mandato eletivo ou o tenha exercido nos últimos quatro anos, ou que nesse mesmo prazo se tenha candidatado com um dos nomes que indicou, será deferido o seu uso no registro, ficando outros candidatos impedidos de fazer propaganda com esse mesmo nome;

III - ao candidato que, pela sua vida política, social ou profissional, seja identificado por um dado nome que tenha indicado, será deferido o registro com esse nome, observado o disposto na parte final do inciso anterior;

IV - tratando-se de candidatos cuja homonímia não se resolva pelas regras dos dois incisos anteriores, a Justiça Eleitoral deverá notificá-los para que, em dois dias, cheguem a acordo sobre os respectivos nomes a serem usados;

V - não havendo acordo no caso do inciso anterior, a Justiça Eleitoral registrará cada candidato com o nome e sobrenome constantes do pedido de registro, observada a ordem de preferência ali definida.

§ 2º A Justiça Eleitoral poderá exigir do candidato prova de que é conhecido por determinada opção de nome por ele indicado, quando seu uso puder confundir o eleitor.

§ 3º A Justiça Eleitoral indeferirá todo pedido de variação de nome coincidente com nome de candidato a eleição majoritária, salvo para candidato que esteja exercendo mandato eletivo ou o tenha exercido nos últimos quatro anos, ou que, nesse mesmo prazo, tenha concorrido em eleição com o nome coincidente.

§ 4º Ao decidir sobre os pedidos de registro, a Justiça Eleitoral publicará as variações de nome deferidas aos candidatos.

§ 5º A Justiça Eleitoral organizará e publicará, até trinta dias antes da eleição, as seguintes relações, para uso na votação e apuração:

I - a primeira, ordenada por partidos, com a lista dos respectivos candidatos em ordem numérica, com as três variações de nome correspondentes a cada um, na ordem escolhida pelo candidato;

II - a segunda, com o índice onomástico e organizada em ordem alfabética, nela constando o nome completo de cada candidato e cada variação de nome, também em ordem alfabética, seguidos da respectiva legenda e número.

Inteiro Teor. RECURSO ELEITORAL: RE 14892 TRIUNFO POTIGUAR - RN

Poder Judiciário TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO GRANDE DO NORTE ACÓRDÃO N. 92/2017 RECURSO ELEITORAL n° 148-9.201.6.2.0031 ■Clase 30a Recorrente(s): MANOEL ESTEVAM DA FONSECA Advogados: EDMAR

Inteiro Teor. RECURSO ELEITORAL: RE 15319 SALES OLIVEIRA - SP

TRIBUNAL REG ONAL ELEITORAL DE SAÕ PAULO ACÓRDÃO • RECURSO ELEITORAL Ws 153-19.2016.6.26.0235- C SSE N.(2 - SALES OLIVEIRA - SÃO PAULO RECORRENTE(S) : COLIdAÇÃO "PARA SALES OLIVEIRA CONTINUAR A

Inteiro Teor. RECURSO ELEITORAL - CLASSE RE: RE 25568 BOM JESUS DO ITABAPOANA - RJ

Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro ACORDAO RECURS() ELEITORAL Ng 255-68.2016.6.19.0095 PROCEDENCIA: BOM JESUS DO ITABAPOANA-RJ (95g ZONA ELEITORAL) RECORRENTE : COLIGACAO MAIS FORTES

Inteiro Teor. RECURSO ELEITORAL: RE 44211 PEDERNEIRAS - SP

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE SÃO PAULO ACÓRDÃO RECURSO ELEITORAL Ng 44241.2016.6.26.0086 - CLASSE Ng- 30 - PEDERNEIRAS SÃO PAULO RECORRENTE(S) JOSÉ ROGÉRIO DE CAMARGO RECORRIDO(S) : COLIGAÇÃO

Pg. 40. Normal. Diário Oficial do Município de São Paulo DOM-SP de 24/02/2017

6. Para fins de avaliação da Entrevista serão observados os seguintes aspectos: a) Analise do Currículo Vitae; b) Experiência e interesse compatível com o perfil da Unidade de Trabalho do HSPM; c)

Pg. 40. Cidade. Diário Oficial do Estado de São Paulo DOSP de 24/02/2017

6. Para fins de avaliação da Entrevista serão observados os seguintes aspectos: a) Analise do Currículo Vitae; b) Experiência e interesse compatível com o perfil da Unidade de Trabalho do HSPM; c)

Inteiro Teor. RECURSO ELEITORAL - CLASSE RE: RE 8445 CABO FRIO - RJ

Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro ACORDA0 RECURS() ELEITORAL NQ 84-45.2015.6.19.0096 PROCEDENCIA: CABO FRIO-RJ (96@ ZONA ELEITORAL - CABO FRIO) RECORRENTE : MINISTERIO PUBLIC() ELEITORAL

Inteiro Teor. RECURSO ELEITORAL: RE 17069 TAMBAÚ - SP

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE SÃO PAULO ACÓRDÃO RECURSO ELEITORAL NQ 170-69.2016.6.26.0198 - CLASSE NQ 30 - TAMBAÚ -SÃO PAULO RECORRENTE(S) : JOSÉ LUIZ FURTADO RECORRIDO(S) : COLIGAÇÃO "SAÚDE E

Inteiro Teor. RECURSO ELEITORAL - CLASSE RE: RE 36887 QUEIMADOS - RJ

Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro ACORDAO RECURSO ELEITORAL N 2 368-87.2016.6.19.0138 PROCEDENCIA: QUEIMADOS-RJ (138 2 ZONA ELEITORAL - QUEIMADOS) RECORRENTE : FELIX AUGUSTO BETTA

Inteiro Teor. RECURSO ELEITORAL - CLASSE RE: RE 13016 RIO DE JANEIRO - RJ

Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro ACORDAO RECURSO ELEITORAL Ng 130-16.2016.6.19.0123 PROCEDENCIA: RIO DE JANEIRO-RJ (123 ZONA ELEITORAL - RIO DE JANEIRO) RECORRENTE : FELIPE MICHEL

×