Carregando...
Jusbrasil - Tópicos
29 de maio de 2017
Artigo 14 da Lei nº 8.745 de 09 de Dezembro de 1993

Art. 14 da Lei 8745/93

Lei nº 8.745 de 09 de Dezembro de 1993

Institui a Vantagem Pecuniária Especial - VPE, devida aos militares da Polícia Militar do Distrito Federal e do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal; altera a distribuição de Quadros, Postos e Graduações dessas Corporações; dispõe sobre a remuneração das Carreiras de Delegado de Polícia do Distrito Federal e de Polícia Civil do Distrito Federal; altera as Leis nos 7.289, de 18 de dezembro de 1984, 7.479, de 2 de junho de 1986, 10.486, de 4 de julho de 2002, 8.255, de 20 de novembro de 1991, e 9.264, de 7 de fevereiro de 1996, e dá outras providências.

Art. 14. O inciso III do caput do art. 3o, o § 3o do art. 27, o § 1o do art. 29, o caput do art. 32, o caput e o § 2o do art. 33, o caput do art. 34 e o parágrafo único do art. 63 da Lei no 10.486, de 4 de julho de 2002, passam a vigorar com a seguinte redação:

"Art. 3o ............................................................................

............................................................................

III - o adicional de Certificação Profissional dos militares do Distrito Federal é composto pelo somatório dos percentuais referentes a 1 (um) curso de formação, 1 (um) de especialização ou habilitação, 1 (um) de aperfeiçoamento e 1 (um) de altos estudos, inerente aos cursos realizados com aproveitamento, constantes da Tabela II do Anexo II desta Lei;

............................................................................" (NR)

"Art. 27. ............................................................................

............................................................................

§ 3o A soma mensal dos descontos autorizados de cada militar não poderá exceder ao valor equivalente a 30% (trinta por cento) da soma da remuneração, proventos, direitos pecuniários previstos no art. 2o desta Lei, com os adicionais de caráter individual e demais vantagens, relativas à natureza ou ao local de trabalho, e a vantagem pessoal nominalmente identificada, ou outra paga com base no mesmo fundamento, sendo excluídas:

I - diárias;

II - ajuda de custo;

III - indenização da despesa do transporte;

IV - salário-família;

V - adicional natalino;

VI - auxílio-natalidade;

VII - auxílio-funeral;

VIII - adicional de férias, correspondente a 1/3 (um terço) sobre a remuneração; e

IX - auxílio-fardamento." (NR)

"Art. 29. ............................................................................

§ 1o Não serão permitidos descontos autorizados até o limite de 30% (trinta por cento) quando a soma destes com a dos descontos obrigatórios exceder a 70% (setenta por cento) da remuneração do militar.

............................................................................" (NR)

"Art 32. A assistência médico-hospitalar, médico-domiciliar, odontológica, psicológica e social ao militar e seus dependentes será prestada por intermédio de organizações do serviço de saúde da respectiva Corporação, com recursos consignados em seu orçamento, conforme dispuser em regulamento próprio a ser baixado pelo Governo do Distrito Federal.

............................................................................" (NR)

"Art 33. Os recursos para assistência médico-hospitalar, médico-domiciliar, odontológica, psicológica e social ao militar e seus dependentes também poderão provir de outras contribuições e indenizações, nos termos dos incisos II e III do caput do art. 28 desta Lei.

............................................................................

§ 2o A contribuição de que trata o § 1o deste artigo poderá ser acrescida de até 100% (cem por cento) de seu valor, para cada dependente participante do Fundo de Saúde, conforme regulamentação do Comandante-Geral de cada Corporação.

............................................................................" (NR)

"Art 34. Para os efeitos de assistência médico-hospitalar, médico-domiciliar, psicológica, odontológica e social, tratada neste Capítulo, são considerados dependentes do militar:

............................................................................" (NR)

"Art. 63. ............................................................................

Parágrafo único. Os bombeiros militares e os policiais militares da reserva remunerada recepcionados por esta Lei serão confirmados no posto ou graduação correspondente aos proventos que recebem no momento da passagem para a inatividade, ficando-lhes assegurados todos os direitos e prerrogativas, salvo para aqueles que, na ativa, já ocupavam os postos de coronel BM ou coronel PM, limites máximos das respectivas carreiras." (NR)

Pg. 43. Seção 3. Diário Oficial da União DOU de 01/04/2015

SECRETARIA DE ÓRGÃOS COLEGIADOS EDITAL PROCESSO DE SELEÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR VISITANTE Encontram-se abertas, na Secretaria da Comissão Permanente de Pessoal Docente (CPPD), da

Pg. 6762. Superior Tribunal de Justiça STJ de 25/09/2013

que procedesse ao enquadramento do recorrente, auxiliar local de representação diplomática, no Regime Jurídico dos servidores públicos. A decisão monocrática tem o seguinte teor: Trata-se de recurso

Pg. 6121. Superior Tribunal de Justiça STJ de 19/08/2013

serão regidas pela legislação vigente no país em que estiver sediada a repartição. § 10 - Serão segurados da previdência social brasileira os auxiliares locais de nacionalidade brasileira que, em

RECURSO ESPECIAL: REsp 707240

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 707.240 - DF (2004/0170383-4) RELATOR : MINISTRO JOSÉ ARNALDO DA FONSECA RECORRENTE : MARIA THERESINHA APARECIDA MONTEIRO LIMA E OUTROS ADVOGADO :

APELAÇÃO CIVEL: AC 308854

IV - APELACAO CIVEL 308854 1998.51.01.011560-3 1 RELATOR : SERGIO SCHWAITZER APELANTE : MARIA HELENA HORTA LUDOLF DE MELLO NICOLL ADVOGADO : MAURO ROBERTO GOMES DE MATTOS E OUTROS APELANTE : UNIAO

Inteiro Teor. MANDADO DE SEGURANÇA MS 9011 DF 2003/0057549-7 (STJ)

MANDADO DE SEGURANÇA Nº 9.011 - DF (2003/0057549-7) RELATOR : MINISTRO ARNALDO ESTEVES LIMA IMPETRANTE : MARIA ISABEL DA COSTA ADVOGADO : SÔNIA MARIA CADORE E OUTRO IMPETRADO : MINISTRO DE ESTADO DA D

Decreto nº 1.339, de 20 de dezembro de 1994.

Regulamenta, no âmbito do Ministério da Marinha, o art. 67 da Lei nº 7.501 , de 27 de junho de 1986, com a redação dada pelo art. 13 da Lei nº 8.745 , de 9 de dezembro de 1993, que dispõe sobre o

Medida Provisória nº 319, de 24 de agosto de 2006.

Institui o Regime Jurídico dos Servidores do Serviço Exterior Brasileiro, altera a Lei no 8.829 , de 22 de dezembro de 1993, que cria, no Serviço Exterior Brasileiro, as Carreiras de Oficial de

Lei nº 11.440, de 29 de dezembro de 2006.

Institui o Regime Jurídico dos Servidores do Serviço Exterior Brasileiro, altera a Lei no 8.829 , de 22 de dezembro de 1993, que cria, no Serviço Exterior Brasileiro, as Carreiras de Oficial de

Pg. 10. Seção 2. Diário Oficial da União DOU de 26/03/2003

N 185 - Aposentar por invalidez permanente MARILI BOENIG FILIU, matrícula SIAPE nº 0433028, integrante da carreira TécnicoAdministrativa, do quadro de pessoal desta Universidade, ocupante do cargo de

×