Busca sem resultado
jusbrasil.com.br
14 de Julho de 2024
    Adicione tópicos

    Apac de Sete Lagoas capacita recuperandos

    há 9 anos

    A Associação de Proteção e Assistência aos Condenados (Apac) de Sete Lagoas realizou, em 26 de agosto, aula inaugural do curso Mecânica Básica de Automóveis, promovido pelo programa Regresso. Idealizada pelo Instituto Minas Pela Paz, em parceria com o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), a Fiat Automóveis e a Federação das Indústrias de Minas Gerais (Fiemg), a iniciativa visa promover a qualificação profissional e gerar renda aos recuperandos. Ao todo, 28 recuperandos serão qualificados. A capacitação terá duração de um mês e será replicada em todas as unidades das Apacs de Minas Gerais.

    O juiz da 2ª Vara Criminal, Precatórias Criminais e Execução Penal de Sete Lagoas, Evandro Cangussu Melo, durante o lançamento do curso, falou da trajetória da Apac na recuperação dos apenados e disse que a escolha de Sete Lagoas para receber esse projeto era a prova da maturidade daquela unidade da Apac, “uma instituição consolidada, que atende a metodologia e recupera o indivíduo”.
    O magistrado destacou, também, que ações como essa fortalecem o trabalho em prol das Apacs e da execução penal.
    Para o presidente da Apac de Sete Lagoas, Flávio Rocha, além de conhecimento, o curso abrirá as portas para a ressocialização dos alunos. “Muitos aqui nunca imaginaram que teriam uma oportunidade como essa, ainda mais em uma unidade prisional”, afirma Rocha, apontando uma forte característica do sistema penitenciário brasileiro.


    Dados divulgados no último levantamento de informações penitenciárias (Infopen) mostram que oito em cada dez pessoas presas estudaram, no máximo, até o ensino fundamental. Em Minas Gerais, a situação é ainda pior. Cerca de 56% dos apenados não concluíram o ensino fundamental, o que dificulta, ainda mais, a reinserção no mercado de trabalho. “A emoção de poder se qualificar em um curso como esse mexe com a cabeça dos recuperandos e os estimula a agarrar essa oportunidade de recomeço”, conta o presidente da Apac.


    O curso, ministrado por instrutores da Escola Móvel do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e do Serviço Social da Indústria (Sesi), combina teoria e prática, dando aos alunos o suporte necessário para uma qualificação de alto nível.
    Segundo o gestor do Minas Pela Paz, Maurílio Pedrosa, a capacitação traz uma metodologia diferenciada da aplicada em outros cursos oferecidos pelo Regresso. “Construímos com a Fiat, por meio do Isvor Fiat – universidade corporativa da empresa – e da Escola Móvel do Sesi/Senai, uma nova metodologia para a aplicação dos conhecimentos, utilizando como base a expertise e a experiência de uma empresa atuante no mercado”, explica Pedrosa, destacando a doação pela empresa de dois carros, equipamentos e o instrumental necessário para as atividades.



    Durante a aula inaugural, a expectativa e o entusiasmo dos recuperandos era evidente. Entre os alunos, uma certeza, a paixão por carros. “Não entendo muito de mecânica, mas estou ansioso para conhecer mais sobre carros. Tenho a certeza de que o curso será muito bom, tanto para encontrar uma nova oportunidade de trabalho, como para adquirir novos conhecimentos”, conta Patrick Lacerda, recuperando matriculado na capacitação. Para Patrick, a oportunidade será decisiva para o seu futuro. “Nós erramos, mas na Apac somos capacitados, profissional e moralmente, para mudar nossas vidas, aprendendo a valorizar nossas famílias e as oportunidades dadas.”



    O ex-recuperando e inspetor de metodologia da Fraternidade Brasileira de Assistência aos Condenados (FBAC), Sérgio Ferreira, se emocionou durante a solenidade ao lembrar de sua trajetória de recuperação. “Meu sonho sempre foi fazer mecânica, mas, na época, não tive essa oportunidade e acabei migrando para outras áreas”, conta Ferreira, enaltecendo a importância das parcerias intersetoriais para a ressocialização dos recuperandos. “A parceria com o Minas Pela Paz e a Fiemg foi um divisor de águas para os recuperandos e, com a entrada da Fiat, tenho a certeza de que teremos ainda mais sucesso.”



    O evento de lançamento do curso contou com a presença de autoridades locais, de representantes do empresariado e de entidades parceiras da iniciativa. entre eles, a secretária de Educação de Sete Lagoas, Mércia Diniz, o gestor de treinamentos do Isvor Fiat, Fernando Silveira, e o diretor da Antonauto (concessionária Fiat), Guilherme Reis.

    • Publicações11204
    • Seguidores1734
    Detalhes da publicação
    • Tipo do documentoNotícia
    • Visualizações1142
    De onde vêm as informações do Jusbrasil?
    Este conteúdo foi produzido e/ou disponibilizado por pessoas da Comunidade, que são responsáveis pelas respectivas opiniões. O Jusbrasil realiza a moderação do conteúdo de nossa Comunidade. Mesmo assim, caso entenda que o conteúdo deste artigo viole as Regras de Publicação, clique na opção "reportar" que o nosso time irá avaliar o relato e tomar as medidas cabíveis, se necessário. Conheça nossos Termos de uso e Regras de Publicação.
    Disponível em: https://www.jusbrasil.com.br/noticias/apac-de-sete-lagoas-capacita-recuperandos/228383430

    Informações relacionadas

    Tribunal de Justiça de Minas Gerais
    Notíciashá 13 anos

    Apac de Sete Lagoas forma recuperandos

    Agravo de Instrumento (CPC)

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)