Busca sem resultado
jusbrasil.com.br
14 de Julho de 2024
    Adicione tópicos

    Assembleia homenageia protagonistas do Movimento da Legalidade em sessão comemorativa nesta quarta

    Medalhas serão entregues a ex-deputados e protagonistas do Movimento da Legalidade Em sessão comemorativa nesta quarta-feira (31), a Assembleia Legislativa irá homenagear 56 ex-deputados e protagonistas do Movimento da Legalidade com a entrega da medalha alusiva ao cinquentenário do episódio histórico. Entre os homenageados, estão figuras como o ex-governador Leonel Brizola, o ex-presidente João Goulart e o presidente da Assembleia à época, Hélio Carlomagno. Os três, já falecidos, serão representados por familiares.

    Aprovados pela Mesa Diretora da Casa, os nomes foram sugeridos pelo Grupo de Trabalho responsável pelas comemorações dos 50 anos do Movimento da Legalidade no Legislativo gaúcho, composto por um grupo gestor e um grupo operacional. “Foram escolhidas as pessoas que se destacaram em setores que tiveram proximidade ao Movimento como integrantes do governo Brizola, ex-deputados, líderes estudantis, ativistas culturais, jornalistas, radialistas, militares”, explicou o coordenador-geral dos dois grupos, jornalista Carlos Bastos.

    A sessão comemorativa desta quarta-feira faz parte da programação oficial da Assembleia Legislativa em homenagem aos 50 anos do movimento. A solenidade deverá ter início às 14 horas e será transmitida ao vivo pela Rádio e TV Assembleia, diretamente do Plenário 20 de Setembro.

    Além do presidente do Parlamento, deputado Adão Villaverde (PT), devem se manifestar, durante a cerimônia, os netos de Brizola e Jango, a deputada Juliana Brizola (PDT) e Christopher Goulart. Ainda falará, em nome dos agraciados, o ex-deputado Lauro Hagemann. Na abertura da sessão também haverá a execução do Hino da Legalidade, composto por dois dos laureados, Lara de Lemos e Paulo César Peréio.

    Conheça a lista de homenageados:

    1 Leonel de Moura Brizola - governador do Estado em 1961 e ex-deputado estadual (falecido).

    2 João Belchior Marques Goulart - vice-presidente da República, assumiu a presidência em setembro de 1961, e ex-deputado estadual (falecido).

    3 Hélio Carlomagno - presidente da Assembleia em 1961 (falecido).

    4 General José Machado Lopes - comandante do III Exército no período da Legalidade (falecido).

    5 Sereno Chaise - ex-deputado do PTB. Na Legalidade, era líder de Brizola na Assembleia.

    6 Ney Ortiz Borges - ex-deputado do PTB, vice-líder de Brizola na Assembleia.

    7 Harry Sauer - ex-deputado do PTB em 1961, na Legalidade.

    8 Adaury Pinto Filippi - ex-deputado do PSP em 1961, na Legalidade.

    9 Gudbem Castanheira - ex-deputado do PL em 1961, na Legalidade.

    10 Pedro Alvarez - foi eleito deputado pela Aliança Republicana Socialista e depois, cassado.

    11 Almoré Zoch Cavalheiro - foi eleito, mas não teve mandato reconhecido pela Justiça Eleitoral. Era sargento do Exército.

    12 Hélio Fontoura - elegeu-se deputado, era secretário particular de Brizola.

    13 Dilamar Machado - ex-deputado estadual, radialista e jornalista, com participação intensa na Legalidade (falecido).

    14 Terezinha Irigaray - ex-deputada estadual, com atuação ativa no Palácio, durante a Legalidade.

    15 João Caruso - foi deputado estadual pelo PTB em 1961, na Legalidade era secretário de Obras (falecido).

    16 José Fidélis Ramos Coelho - elegeu-se deputado estadual pelo PTB. Na Legalidade, era sub-chefe da Casa Civil no Piratini (falecido).

    17 Tapir Rocha - ex-deputado estadual, que se atravessou impedindo um veículo militar de chegar na Praça. Sérgio Jockymann fez uma crônica comparando com o episódio da Praça Celestial em Pequim (falecido).

    18 Lauro Hagemann - locutor da Rede da Legalidade e ex-deputado estadual.

    19 Francisco Brochado da Rocha - ex-deputado estadual e secretário de Justiça, na Legalidade (falecido).

    20 Aldo Pinto - líder estudantil na Legalidade e ex-deputado estadual.

    21 Leocádio Antunes - ex-deputado estadual (falecido).

    22 João Bruzza Neto - coordenador da Rede da Legalidade, ex-deputado estadual (falecido)

    23 Honório Peres - advogado e líder estudantil, um dos comandantes do Mata-Borrão.

    24 Ajadil de Lemos - consultor-geral do Estado (falecido).

    25 Floriano Maya D Ávila - procurador-geral do Estado (falecido).

    26 Gabriel Obino - secretário da Fazenda (falecido).

    27 Ney Britto - chefe da Casa Civil (falecido).

    28 Coronel Aldo Campomar - chefe da Casa Militar (falecido).

    29 Diomário Moojen - comandante da Brigada Militar (falecido).

    30 Coronel Valter Emílio Nique - ajudante de ordens (falecido).

    31 Coronel Átila Escobar - comandante do 9º Batalhão da BM (falecido).

    32 Coronel Emílio Nehme - ajudante de ordens do governador.

    33 Homero Simon - diretor da CRT e que montou o esquema de transmissão da Rede da Legalidade (falecido).

    34 Hamilton Chaves -assessor de imprensa que comandou a rede da Legalidade (falecido).

    35 Carlos Contursi - assessor do governador, repórter fotográfico (falecido).

    36 Danilo Groff -assessor do governador, líder estudantil na época (falecido).

    37 Antônio de Pádua Ferreira da Silva -presidente do Movimento Nacionalista.

    38 Alfredo Daudt - coronel da Força Aérea (falecido).

    39 Jaime Keuneck (JK) - jornalista que atuou no período da Legalidade.

    40 Ney Calixto - sargento da Aeronáutica.

    41 Caetano Angelo di Vasto - suboficial da Aeronáutica.

    42 Fúlvio Petracco - presidente da Federação dos Universitários.

    43 Aldo Arantes - presidente da UNE.

    44 Almino Afonso - líder do PTB na Câmara dos Deputados.

    45 Flávio Tavares - jornalista da Última Hora.

    46 Josué Guimarães - jornalista e escritor (falecido).

    47 Lucídio Castelo Branco -jornalista da Folha da Tarde.

    48 Índio Vargas - jornalista do Diário de Notícias.

    49 Assis Hoffmann - repórter fotográfico da Última Hora.

    50 Carlos Bastos - Jornalista político da Última Hora

    51 Victor Nuñez - advogado - um dos comandantes do Mata-Borrão.

    52 Lara de Lemos - poetisa - autora da letra do Hino da Legalidade (falecida).

    53 Paulo César Peréio - co-autor da letra do Hino da Legalidade.

    54 Celso Costa - operador técnico que colocou no ar a Rede da Legalidade.

    55 Alfeu Alcântara Monteiro - coronel aviador que assumiu o Comando da Base Aérea de Canoas em 1961 (falecido).

    56 Dom Vicente Scherer - arcebispo de Porto Alegre (falecido).

    • Publicações65591
    • Seguidores32
    Detalhes da publicação
    • Tipo do documentoNotícia
    • Visualizações80
    De onde vêm as informações do Jusbrasil?
    Este conteúdo foi produzido e/ou disponibilizado por pessoas da Comunidade, que são responsáveis pelas respectivas opiniões. O Jusbrasil realiza a moderação do conteúdo de nossa Comunidade. Mesmo assim, caso entenda que o conteúdo deste artigo viole as Regras de Publicação, clique na opção "reportar" que o nosso time irá avaliar o relato e tomar as medidas cabíveis, se necessário. Conheça nossos Termos de uso e Regras de Publicação.
    Disponível em: https://www.jusbrasil.com.br/noticias/assembleia-homenageia-protagonistas-do-movimento-da-legalidade-em-sessao-comemorativa-nesta-quarta/2821400

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)