Busca sem resultado
jusbrasil.com.br
21 de Julho de 2024

Botão do pânico é entregue a vítimas de violência doméstica no Espírito Santo

Cem vítimas de violência doméstica receberam ontem (15), em Vitória, no Espírito Santo, o Dispositivo de Segurança Preventiva (DSP), mais conhecido como botão do pânico, como parte do projeto de fiscalização das medidas protetivas em favor de vítimas de violência doméstica e familiar. O projeto é uma iniciativa do Tribunal de Justiça do Estado do Espírito Santo, por meio da Coordenadoria de Violência Doméstica e dos Juizados de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher, Prefeitura Municipal de Vitória, Instituto Nacional de Tecnologia Preventiva (INTP) e a Caixa Econômica Federal e prevê que as mulheres sob medida protetiva de urgência utilizem o dispositivo.

Segundo a juíza Hermínia Maria Azoury (TJ/ES), da Coordenadoria da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar, a Lei Maria da Penha, apesar de ser uma das melhores do mundo, não tem medidas de fiscalização das medidas protetivas. A ideia, segundo ela, surgiu quando estavam reunidos sem saber o que fazer com a carência da lei. A vítima de violência doméstica e familiar aciona o botão, um aparelho tecnológico simples, barato e eficaz, e em três segundos os guardas municipais recebem a informação georreferenciada pelo GPS, disse. O dispositivo permite inclusive acesso ao áudio, desde que autorizado pelos juízes, e tem custo estimado de cerca de R$80,00 a unidade.

Para ela, o projeto é muito importante e beneficia também crianças e sogras vítimas de violência no ambiente familiar. A princípio serão beneficiadas cem vítimas de violência, mas o projeto tem perspectiva de ser estendido a todas as mulheres que sofrem violência naquele estado. De acordo com a juíza, só em Vitória, na Capital, são mais de 1,5 mil medidas protetivas em curso. Existe a hipótese de federalizar a iniciativa, afirmou. Não temos efetivo para manter um agente com cada mulher vítima de violência, garantiu. Segundo a juíza, em regra as mulheres vítimas de violência ficam em razão dos filhos e quando denuncia ela tem medo do algoz tomar os filhos ou matá-la. Na solenidade de entrega, disse, elas expressaram o tanto que se sentem seguras com o dispositivo. É mais que um policial que está ali com ela, disse.

  • Publicações4569
  • Seguidores502528
Detalhes da publicação
  • Tipo do documentoNotícia
  • Visualizações2491
De onde vêm as informações do Jusbrasil?
Este conteúdo foi produzido e/ou disponibilizado por pessoas da Comunidade, que são responsáveis pelas respectivas opiniões. O Jusbrasil realiza a moderação do conteúdo de nossa Comunidade. Mesmo assim, caso entenda que o conteúdo deste artigo viole as Regras de Publicação, clique na opção "reportar" que o nosso time irá avaliar o relato e tomar as medidas cabíveis, se necessário. Conheça nossos Termos de uso e Regras de Publicação.
Disponível em: https://www.jusbrasil.com.br/noticias/botao-do-panico-e-entregue-a-vitimas-de-violencia-domestica-no-espirito-santo/100462726

Informações relacionadas

Veloso Gonzaga Advogados, Advogado
Modeloshá 5 anos

Instrumento Particular de Sinal e Princípio de Pagamento de Compra e Venda de Ponto Comercial

Conselho Nacional de Justiça
Notíciashá 8 anos

Botão do pânico é tecnologia aliada de mulheres vítimas de violência

Alice Bianchini, Advogado
Artigoshá 11 anos

Botão de pânico poderá ser usado por mulheres agredidas ou ameaçadas no ES

Tribunal de Justiça de Minas Gerais
Jurisprudênciahá 2 anos

Tribunal de Justiça de Minas Gerais TJ-MG - Apelação Cível: AC XXXXX-91.2019.8.13.0209 MG

Associação dos Magistrados da Bahia
Notíciashá 11 anos

11/11 - Juíza capixaba fala sobre Botão do Pânico na Bahia

1 Comentário

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)
Raquel Cardoso
6 anos atrás

O botão de pânico não beneficia apenas mulheres vítimas de violência doméstica, mas idosos. O Click Help é um botão de pânico feito exclusivamente para idosos. Possui sensor de quedas e tem função celular. No site explica melhor como funciona e os benefícios do botão de pânico para a terceira idade. www.clickhelp.com.br continuar lendo