Busca sem resultado
jusbrasil.com.br
23 de Abril de 2024
    Adicione tópicos

    MP Eleitoral em SP representa Ricardo Salles por abuso de poder econômico e uso indevido dos meios de comunicação social

    Anunciado como futuro ministro do Meio Ambiente, Salles é suplente de deputado federal pelo Partido Novo

    há 5 anos

    Na tarde desta terça-feira (11), o Ministério Público Eleitoral em São Paulo ajuizou ação no Tribunal Regional Eleitoral contra Ricardo de Aquino Salles por abuso de poder econômico e uso indevido dos meios de comunicação social nas eleições de 2018.

    Na ação de investigação judicial, o MP Eleitoral pede a cassação do registro ou diploma de Salles, que foi candidato a deputado federal pelo Partido Novo (Novo) e alcançou a primeira suplência para o cargo. Pede ainda que seja decretada sua inelegibilidade pelo período de oito anos.

    Recentemente anunciado para assumir o Ministério do Meio Ambiente, Ricardo Salles, sob a presidência do “Movimento Endireita Brasil”, contratou anúncios publicitários no jornal Estado de S. Paulo às vésperas do período eleitoral. O Ministério Público aponta que o objetivo das propagandas foi promover ilegalmente a sua candidatura.

    Nos anúncios são exibidas fotografias com destaque para a figura de Ricardo Salles, acompanhadas da identificação ou assinatura “Ricardo Salles – Presidente do Movimento Endireita Brasil”. O valor desembolsado para a veiculação do material impresso foi de R$ 260 mil

    O procedimento preparatório eleitoral foi instaurado no MP Eleitoral em 26 de junho de 2018.

    Clique aqui para ver a inicial da ação.

    Assessoria de Comunicação Social
    Procuradoria Regional da República da 3ª Região
    (11) 2192 8620 / 8766 / 8925 // (11) 9 9167 3346
    prr3-ascom@mpf.mp.br
    twitter.com/mpf_prr3
    www.mpf.mp.br/regiao3/




    Relacionadas
    • PRE/SP: deputado estadual Barros Munhoz é cassado por uso indevido de meios de comunicação
    • PRE/SP: mantida condenação do prefeito afastado de Paulínia
    • PRE/RN: prefeita de Mossoró deve ter diploma cassado
    • PRE/SP recomenda fiscalização dos meios de comunicação
    • Deputado estadual tem mandato cassado em ação proposta pela PRE-SP
    • PRE/SP garante cassação de candidato que usou jornal para se reeleger em Itaí-SP
    • PRE/SP: abuso dos meios de comunicação gera cassações de políticos em 2013
    • Publicações37267
    • Seguidores708
    Detalhes da publicação
    • Tipo do documentoNotícia
    • Visualizações490
    De onde vêm as informações do Jusbrasil?
    Este conteúdo foi produzido e/ou disponibilizado por pessoas da Comunidade, que são responsáveis pelas respectivas opiniões. O Jusbrasil realiza a moderação do conteúdo de nossa Comunidade. Mesmo assim, caso entenda que o conteúdo deste artigo viole as Regras de Publicação, clique na opção "reportar" que o nosso time irá avaliar o relato e tomar as medidas cabíveis, se necessário. Conheça nossos Termos de uso e Regras de Publicação.
    Disponível em: https://www.jusbrasil.com.br/noticias/mp-eleitoral-em-sp-representa-ricardo-salles-por-abuso-de-poder-economico-e-uso-indevido-dos-meios-de-comunicacao-social/657565068

    Informações relacionadas

    Editora Revista dos Tribunais
    Doutrinahá 3 anos

    Capítulo V. Da Comunicação Social

    Supremo Tribunal Federal
    Jurisprudênciahá 8 anos

    Supremo Tribunal Federal STF - AÇÃO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE: ADI 821 RS

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)