Busca sem resultado
jusbrasil.com.br
28 de Maio de 2024

O poder dos influenciadores digitais na decisão de compra

Os cuidados que as Agências Digitais devem observar ao contratar um influenciador digital.

Publicado por Daniele Saraiva
há 3 anos

O objetivo do texto é apontar a importância em contratar influenciadores digitais para divulgar e alavancar uma marca. Conheça as vantagens em realizar campanhas publicitárias nas redes sociais, utilizando influencers. E quais medidas devem ser observadas para essa categoria de contratação.

Agência X Influenciador Digital

A relação presente entre a agência digital e o influenciador deve observar os procedimentos legais. No Brasil, há leis que regulam as relações comerciais dentro e fora das redes sociais. E essa leis precisam ser aplicadas, pois, elas asseguram os direitos dos consumidores, do influenciador e da agência.

As complexidades existentes no mundo digital precisam ser resolvidas com as medidas corretas para cada caso específico. O mundo tecnológico está em constante mudança, e cabe a nós, advogados, viabilizar essas criticidades.

E como trabalhar essas criticidades?

Com PREVENÇÃO. Muitos consideram a consultoria e assessoria jurídica algo desnecessário. No entanto, quando não se elabora um negócio observando a legislação, a possibilidade de desenvolver problemas e prejuízos será significativa.

Na consultoria jurídica, por exemplo, o cliente terá o suporte necessário para pautar o seu negócio. Como lançar um infoproduto? Ou como contratar um influenciador digital para campanha? O que precisa ser essencial em um contrato?

Esses tipos de questionamentos são bem comuns, e podem ser sanados com uma boa consultoria.

Entenda que, o Marketing Digital possui criticidades específicas, pois estamos lidando com algo muito novo, com atualização periódica, o que resulta em muito estudo e atualização constante.

O Marketing Digital e a estratégia de influência

Um bom influenciador carrega consigo um público leal e bem engajado. Geralmente, ele conhece todas as dores do seu nicho, e trabalha nas soluções, tendo como base a sua persona. Ele também sabe produzir conteúdo de valor, e compreende as necessidades do seu público.

Por isso, quando bem desenhada, a sua atuação pode ser uma excelente estratégia de marketing - saber influenciar, envolver e divulgar deve ser o diferencial.

Vale destacar que, o ambiente digital possui muito potencial para produzir empregos, receita e valorizar marcas e empresas. É um nicho em ascensão e quem souber como utilizá-lo sairá na frente.

Por fim, deixo algumas recomendações essenciais:

I - Ao lançar um infoproduto tenha como base a transparência (forneça todas as características, incluindo que o influenciador está recebendo por aquela divulgação);

II - Identifique as suas campanhas publicitárias de maneira explícita, por exemplo: #publi ou #ad.

III - Zelar pelas informações da marca/anunciante e do influenciador confiadas à agência sob sigilo ou conhecimento restrito ("non-disclosure agreement"), bem como adotar mecanismos de proteção e controle de guarda e vazamento das referidas informações. (Fonte: ABRADI).

O setor de comunicação digital (as agências) e os influenciadores devem sempre observar a ética e a boa conduta em suas campanhas publicitárias. Isso significa que as campanhas não devem causar prejuízos aos consumidores, tampouco confusão.

As leis que devem ser observadas: o CDC (Código de Defesa do Consumidor), contratos, responsabilidade civil, e o Marco Civil da Internet e as normas do setor de publicidade, sob o risco de enfrentar processos judiciais - nas áreas criminal e cível, por exemplo.

Esse texto é informativo, e não substitui uma consulta com advogado.

Daniele Saraiva - Advogada (OAB/CE 40 657)

#marketingdigital

#nicho

  • Sobre o autorAdvogando no Marketing Digital
  • Publicações15
  • Seguidores6
Detalhes da publicação
  • Tipo do documentoNotícia
  • Visualizações113
De onde vêm as informações do Jusbrasil?
Este conteúdo foi produzido e/ou disponibilizado por pessoas da Comunidade, que são responsáveis pelas respectivas opiniões. O Jusbrasil realiza a moderação do conteúdo de nossa Comunidade. Mesmo assim, caso entenda que o conteúdo deste artigo viole as Regras de Publicação, clique na opção "reportar" que o nosso time irá avaliar o relato e tomar as medidas cabíveis, se necessário. Conheça nossos Termos de uso e Regras de Publicação.
Disponível em: https://www.jusbrasil.com.br/noticias/o-poder-dos-influenciadores-digitais-na-decisao-de-compra/1150179195

Informações relacionadas

Tribunal de Justiça do Paraná
Jurisprudênciahá 3 anos

Tribunal de Justiça do Paraná TJ-PR - Recurso Inominado: RI XXXXX-51.2019.8.16.0182 Curitiba XXXXX-51.2019.8.16.0182 (Acórdão)

Leroy & Miranda, Advogado
Artigoshá 4 anos

Responsabilidade Civil dos Influenciadores Digitais nas Redes Sociais

Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios TJ-DF: XXXXX-37.2021.8.07.0006 1609948

Responsabilidade Civil de Blogueiros que promovem propaganda enganosa.

0 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)