Busca sem resultado
jusbrasil.com.br
19 de Julho de 2024
    Adicione tópicos

    Propaganda de Serviços Contábeis - ética e restrições

    Júlio César Zanluca

    Ao contrário do que ouço comumente, não é proibida a propaganda de serviços contábeis.

    Porém, de acordo com o Código de Ética Profissional do Contabilista, constitui infração anunciar, em qualquer modalidade ou veículo de comunicação, conteúdo que resulte na diminuição do colega, da Organização Contábil ou da classe, sendo sempre admitida a indicação de títulos, especializações, serviços oferecidos, trabalhos realizados e relação de clientes.

    Desta forma, pode ser caracterizada como propaganda desabonadora aquela que um profissional faça comparação com outros escritórios, como por exemplo: "nosso escritório é melhor que outros porque temos contabilidade gerencial".

    O deslize também poderá ocorrer na oferta de serviços de forma promocional, como por exemplo: "em nosso escritório você ganha 3 meses de honorários de graça" ou "pague menos pelos serviços contábeis sendo nosso cliente".

    Importante observar que neste caso o profissional ou empresa de contabilidade pode até estar cobrando honorários superiores àqueles dos outros colegas, porém, por tratar-se de uma "oferta", certamente cativará clientes em detrimento dos demais.

    A conduta anti-ética pode ser caracterizada também com anúncios enganosos, como por exemplo: "seja nosso cliente e não pague imposto de renda".

    Fere a ética também publicar de forma imoderada, os trabalhos desenvolvidos nos meios de circulação, como "ninguém tem o escritório tão informatizado como o nosso", menosprezando os trabalhos executados pelos colegas daquela região.

    MALA DIRETA

    O Parecer da Coordenadoria Jurídica 097/98 do Conselho Federal de Contabilidade dispôs sobre a questão da divulgação dos serviços contábeis, através da mala direta.

    Neste parecer, a coordenadoria jurídica concluiu:

    1) Não se pode oferecer serviços a pessoa física ou jurídica, por meio de mala-direta se estes não forem seus clientes;

    2) Em qualquer propaganda que não seja mala-direta a não clientes, é obrigatório informar seu nome (ex.:. Fulano de Tal), seu numero de registro e sua categoria profissional (ex.: Cont.). É permitido informar apenas os serviços que oferece, equipamentos que utiliza (ex.: computadores, sistemas) e títulos que possui. É vedado informar, também, valores, bem como o uso de frases do tipo "o melhor serviço", "serviços de qualidade superior", "o mais barato", etc., conforme preceitua nosso Código de Ética Profissional;

    3) Os meios de propaganda podem ser: jornais, revistas, TV, rádio e Internet;

    4) Os boletins informativos, somente restringindo suas cartas a meras peças informativas de interesse geral.

    • Publicações1579
    • Seguidores8
    Detalhes da publicação
    • Tipo do documentoNotícia
    • Visualizações6148
    De onde vêm as informações do Jusbrasil?
    Este conteúdo foi produzido e/ou disponibilizado por pessoas da Comunidade, que são responsáveis pelas respectivas opiniões. O Jusbrasil realiza a moderação do conteúdo de nossa Comunidade. Mesmo assim, caso entenda que o conteúdo deste artigo viole as Regras de Publicação, clique na opção "reportar" que o nosso time irá avaliar o relato e tomar as medidas cabíveis, se necessário. Conheça nossos Termos de uso e Regras de Publicação.
    Disponível em: https://www.jusbrasil.com.br/noticias/propaganda-de-servicos-contabeis-etica-e-restricoes/2351795

    Informações relacionadas

    Direito De Primeira, Representante Comercial
    Artigoshá 6 anos

    Direito e Propaganda: Como divulgar seu escritório dentro da Lei

    Dantas e Casimiro Advocacia, Advogado
    Artigoshá 7 anos

    Da irregular prestação de serviços jurídicos por empresas de contabilidade/assessoria condominial

    Joao Francisco Martins dos Santos, Advogado
    Modeloshá 6 anos

    [Modelo] Termo Aditivo simples ao Contrato Particular de Prestação de Serviços n. XX

    Julio Martins, Advogado
    Artigoshá 2 anos

    16 Mitos e Verdades sobre a Cessão de Direitos Hereditários

    Studio Fiscal, Contador
    Artigoshá 8 anos

    ISSQN - Quando incide e quando não incide

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)