Busca sem resultado
jusbrasil.com.br
24 de Maio de 2024

Bolsonaro se isola; Marina em alta após debate, mostra agregador

Modelo compara pesquisas estimuladas de diferentes institutos; número de sem candidatos começa a cair.

Publicado por Jota Info
há 6 anos

Com a divulgação da pesquisa Datafolha na madrugada desta quarta-feira (22/08) e das pesquisas Ibope e MDA, na segunda-feira (20/08), o JOTA lança publicamente hoje o seu agregador de pesquisas estimuladas. Para ter acesso ao gráfico interativo, clique aqui. Nesta quarta-feira, o agregador aponta Jair Bolsonaro (PSL) na liderança isolada, com 21,7%, seguido por Marina Silva (REDE), que tem 14,4%, Ciro Gomes (PDT), com 9,7%, e Geraldo Alckmin (PSDB), com 8,7%.

Este cenário considera o ex-prefeito Fernando Haddad como candidato do PT, pois essa é hoje a hipótese mais provável, mesmo que Haddad seja formalmente candidato a vice até o julgamento da ineligibilidade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral). No agregador, Haddad aparece com 4%, empatado com Alvaro Dias (PODEMOS). Já no modelo em que Lula é candidato, o ex-presidente, preso após condenação em segunda instância, está em alta (veja mais abaixo).

O agregador utiliza pesquisas dos institutos Datafolha, Ibope, MDA, Poder 360, Ideia Big Data e Ipespe divulgadas desde junho de 2018 até as mais recentes pesquisas Ibope, MDA e Datafolha, tornadas públicas esta semana. O modelo será atualizado com a divulgação das próximas pesquisas dos institutos. A pesquisa Datafolha desta quarta-feira é importante por ter uma amostra de mais de 8 mil pessoas (veja a metodologia do agregador mais abaixo).

Além disso, Datafolha, Ibope e MDA têm peso maior no agregador por um critério simples: em eleições anteriores, esses três institutos se mostraram mais precisos, segundo análise feita por nossa equipe. Como Ipespe e Poder 360 não têm base comparativa para as eleições anteriores, eles entram no modelo com peso menor. O modelo também insere um certo grau de incerteza por meio de variâncias, criando intervalos de confiança (registrados no gráfico que abre esta reportagem com as bandas coloridas para cada candidato).

Leia reportagem completa.

  • Sobre o autorNotícias jurídicas que fazem a diferença
  • Publicações757
  • Seguidores934
Detalhes da publicação
  • Tipo do documentoNotícia
  • Visualizações318
De onde vêm as informações do Jusbrasil?
Este conteúdo foi produzido e/ou disponibilizado por pessoas da Comunidade, que são responsáveis pelas respectivas opiniões. O Jusbrasil realiza a moderação do conteúdo de nossa Comunidade. Mesmo assim, caso entenda que o conteúdo deste artigo viole as Regras de Publicação, clique na opção "reportar" que o nosso time irá avaliar o relato e tomar as medidas cabíveis, se necessário. Conheça nossos Termos de uso e Regras de Publicação.
Disponível em: https://www.jusbrasil.com.br/noticias/bolsonaro-se-isola-marina-em-alta-apos-debate-mostra-agregador/615971990

1 Comentário

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

Tenho grande dificuldade em entender como Lula, depois de toda a roubalheira patrocinada por ele e seu partido, pode ainda contar com a preferência de mais de um terço dos eleitores brasileiros. Será que a maioria desses eleitores é tão desinformada que não sabe o que é Operação Lava-Jato, ou que o Brasil está há quatro anos varrendo a lama da corrupção que se derramou sobre os poderes da República?

Para mim, o resultado das pesquisas indica que boa parte do povo é totalmente alienada ou gosta mesmo de ladrão no poder. Uma terceira possibilidade é as pesquisas estarem erradas, afinal, se erraram nos EUA com relação à eleição de Donald Trump, porque não poderiam errar por aqui? continuar lendo