Busca sem resultado
jusbrasil.com.br
25 de Abril de 2024

Operadora de saúde não pode negar tratamento fora do rol da ANS

Publicado por Daiana Carbonera
há 3 meses

É abusivo negar cobertura de custeio de tratamento sob o argumento da sua natureza experimental ou por não estar previsto no rol de procedimentos da Agência Nacional de Saúde (ANS).

Convênio precisa custear tratamento mesmo que não tenha profissionais credenciados

Com essa fundamentação, baseada na Súmula 102 do Tribunal de Justiça de São Paulo, o juiz José Augusto Nardy Marzagao, da 4ª vara cível de Atibaia (SP), decidiu que é obrigação de uma operadora de saúde custear terapia especializada para criança com autismo.

O menor de idade foi diagnosticado com Transtorno do Espectro Autista (TEA) e lhe foi recomendado, pela médica responsável por seu tratamento, terapia ocupacional com abordagem em integração sensorial. Apesar disso, ele não foi atendido pelo convênio.

O juiz explica que, nesse contexto, a ausência de profissionais credenciados pela operadora de assistência à saúde na área do tratamento demandado pela criança impõe para o réu o custeio integral da terapia.

Ainda, a determinação diz que não é lícita a operadora de saúde impor ao autor que se desloque para outro município para ter acesso à prestação de serviço que contratou, dada a flagrante abusividade conflagrada pela desvantagem excessiva imposta ao consumidor.

Assim, a sentença ordena o custeio integral de duas horas semanais do tratamento sob pena de multa diária de R$500, caso a decisão não seja cumprida.

Fonte: https://www.conjur.com.br/2024-jan-18/operadora-de-saude-nao-pode-negar-tratamento-fora-do-rol-da-an...

  • Publicações76
  • Seguidores11
Detalhes da publicação
  • Tipo do documentoNotícia
  • Visualizações46
De onde vêm as informações do Jusbrasil?
Este conteúdo foi produzido e/ou disponibilizado por pessoas da Comunidade, que são responsáveis pelas respectivas opiniões. O Jusbrasil realiza a moderação do conteúdo de nossa Comunidade. Mesmo assim, caso entenda que o conteúdo deste artigo viole as Regras de Publicação, clique na opção "reportar" que o nosso time irá avaliar o relato e tomar as medidas cabíveis, se necessário. Conheça nossos Termos de uso e Regras de Publicação.
Disponível em: https://www.jusbrasil.com.br/noticias/operadora-de-saude-nao-pode-negar-tratamento-fora-do-rol-da-ans/2145656014

Informações relacionadas

Rafael Rocha Filho, Estudante de Direito
Notíciashá 3 meses

Empresa é condenada a pagar indenização por cobrar dívida inexistente

Jornada Trabalhista e Previdenciária, Administrador
Notíciashá 3 meses

Homem deve indenizar ex-namorada por ofensas em grupo de WhatsApp

Jaciane Mascarenhas , Advogado
Notíciashá 3 meses

Auto de Infração no Valor de 3,5 Milhões Lavrado pela Sefaz-Bahia Contra Supermercado é Anulado

STJ decidiu que a recuperação judicial não impede execução redirecionada a sócio após desconsideração da personalidade jurídica com base no CDC

Tribunal de Justiça de São Paulo
Súmulahá 11 anos

Súmula n. 102 do TJ-SP

0 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)