Busca sem resultado
jusbrasil.com.br
25 de Junho de 2024
    Adicione tópicos

    Pichadores são denunciados criminalmente

    A promotora de Justiça Alice de Almeida Freire ofereceu denúncia contra seis rapazes, entre 19 e 27 anos, por formação de quadrilha, apologia a crime e pichação de monumento urbano em Goiânia. Os denunciados são Paulo Henrique Pedatella Marques, conhecido como Akato; Gladson Leonel de Sousa, ou Gritu; João Gabriel Belém de Souza, chamado de Aids ou Gosto; Marcelo Octássio Bittencourt ou Tassin; além de Ricardo Martins Vinhadelli apelidado de Frald ou Rebola e Vinícus Paulino Vinhadelli ou Keto.

    Segundo a promotora, os jovens teriam praticado os crimes entre 2009 e 2011, em Goiânia. Eles teriam se unido a outros integrantes das denominadas galeras de pichação, sendo que Tassim e Akato também fizeram apologia de fato criminoso e picharam monumento ou edificação tombada existente na cidade.

    Alice Freire relata também que a Delegacia Estadual de Repressão a Crimes contra o Meio Ambiente (Dema) iniciou as investigações sobre os pichadores que agiam em Goiânia no início de 2011. Nas investigações ficou apurado que a pichação tem um esquema organizado em galeras e linguajar próprio, possuindo uma especie de código alfabeto específico para as pichações.

    Os pichações geralmente têm como conteúdo os apelidos de seus autores e o nome da galera a que pertencem. Ao final da investigação, foram identificadas vários grupos e inúmeros integrantes, bem como ramificações em outras regiões do Estado. Apesar de serem muitos, apenas em relação aos denunciados foi possível uma identificação além dos apelidos.

    Os casos apurados

    No caso de Akato foi apurado que ele pertence à galera BFL, que significa Bonde Fora da Lei, tendo pichado cerca de 200 pontos nos setores Negrão de Lima, Santa Genoveva, Jardim Guanabara e Vila Nova. Entre as construções pichadas estão empresas, residências, escolas e até prédios históricos como o Coreto da Praça Cívica. A turma de Akato mantém ainda uma página em rede social enaltecendo as atividades ilegais do grupo.

    Em relação a Gritu, foi descoberto que ele é da galera ALG ou A Legião do Grafite, tendo pichado aproximadamente 450 pontos nos setores São José, Campinas, Aeroviário, Bueno, Marista e, principalmente, Jardim América. Conforme apurado, suas pichações foram feitas entre 2010 e o início de 2012. O alvo foram portões de residências e empresas, muros, escritórios, além de uma agência dos Correios e o muro do Conselho Estadual de Trânsito de Goiás.

    Já Aids ou Gosto foi denunciado por integrar a galera KIG, que significa Komando dos Infratores Goianos. Inicialmente conhecido por Aids adotou nos últimos tempos o apelido de Gosto. Suas pichações estão predominantemente no Setor Universitário. Entre suas pichações estão as encontradas no prédio da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos e em colégios.

    Tassim pertence ao grupo Bonde Fora da Lei e é apresentado, em declaração de integrantes do grupo, como o maior pichador da turma e que desenvolve a atividade criminosa todos os dias. Suas pichações estão concentradas no Setor Santa Genoveva. Diversas escolas e o Coreto da Praça Cívica estão entre os prédios atacados por ele.

    Por fim, Frald ou Reboa e Keto pertencem ao Komando dos Infratores Goianos. O primeiro foi o criador do grupo e atua na cidade há cerca de sete anos. Os dois fazem pichações em diversos pontos, principalmente no Jardim Goiás, Universitário, Novo Mundo e Água Branca. (Cristiani Honório / Assessoria de Comunicação Social do MP-GO Imagem: arquivo)

    • Publicações8669
    • Seguidores52
    Detalhes da publicação
    • Tipo do documentoNotícia
    • Visualizações598
    De onde vêm as informações do Jusbrasil?
    Este conteúdo foi produzido e/ou disponibilizado por pessoas da Comunidade, que são responsáveis pelas respectivas opiniões. O Jusbrasil realiza a moderação do conteúdo de nossa Comunidade. Mesmo assim, caso entenda que o conteúdo deste artigo viole as Regras de Publicação, clique na opção "reportar" que o nosso time irá avaliar o relato e tomar as medidas cabíveis, se necessário. Conheça nossos Termos de uso e Regras de Publicação.
    Disponível em: https://www.jusbrasil.com.br/noticias/pichadores-sao-denunciados-criminalmente/3050569

    Informações relacionadas

    MP denuncia e pede recolhimento domiciliar de 15 acusados de pichação em Goiânia

    Superior Tribunal de Justiça
    Jurisprudênciahá 3 anos

    Superior Tribunal de Justiça STJ - RECURSO EM MANDADO DE SEGURANÇA: RMS XXXXX GO XXXX/XXXXX-2

    Tribunal de Justiça de Goiás
    Jurisprudênciahá 4 anos

    Tribunal de Justiça de Goiás TJ-GO - APELACAO CRIMINAL: APR XXXXX-37.2014.8.09.0175

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)