Busca sem resultado
jusbrasil.com.br
23 de Fevereiro de 2024

Novo CPC. É válida citação pelo correio em execução de título extrajudicial

Publicado por Jucineia Prussak
há 8 anos

vlida citao pelo correio em execuo de ttulo extrajudicialTJSP observou que a vedao de citao postal nesse tipo de ao foi excluda do novo CPC


Com o advento do novo CPC, vigente desde 18/3/16, não há mais a vedação de citação pelo correio em ação de execução de título extrajudicial. O entendimento foi firmado pela 31ª câmara de Direito Privado do TJ/SP.

O relator do processo, desembargador Francisco Casconi explicou que o antigo CPC (art. 829, § 1º) vedava neste tipo de ação a citação postal, "sendo que, nos processos de execução a citação da parte adversa se consumava por mandado".

Entretanto, no código de 2015 (art. 247), a proibição foi excluída, passando a ser vedada a citação por correio apenas nas ações de Estado; quando o citado for incapaz; quando o citando for pessoa de direito público; quando o citando residir em local não atendido pela entrega domiciliar de correspondência; e quando o autor, justificadamente, a requerer de outra forma.

A decisão se deu em ação de execução de título extrajudicial proposta por um condomínio para exigir o pagamento de contribuições condominiais vencidas e não pagas. Advogado da parte autora, Luciano dos Santos Medeiros requereu a citação da executada pelo correio, mas o pedido foi indeferido em primeira instância, tendo em vista a regra disposta no CPC de 1973.

Contra essa decisão, o advogado interpôs agravo de instrumento, argumentando, entre outros, que "a citação pelo correio agora é a regra geral, inclusive para os processos de execução, o que se deduz não apenas da supressão da vedação contida na alínea 'd' do art. 222, do código revogado, mas também pela redação do art. 249, da codificação em vigor".

Em análise do recurso, o relator concluiu:

"Inexistindo oposição da recorrente ou fator impeditivo a consumação do ato citatório pela via postal, deverá o ator ser realizado conforme disposto no Art. 247 do CPC, vale mencionar que a referida via impede pronta consumação de penhora e avaliação."

Veja a íntegra da decisão.

Fonte"Migalhas"

Dicas

  • Sobre o autorAdvogada
  • Publicações359
  • Seguidores2468
Detalhes da publicação
  • Tipo do documentoNotícia
  • Visualizações5648
De onde vêm as informações do Jusbrasil?
Este conteúdo foi produzido e/ou disponibilizado por pessoas da Comunidade, que são responsáveis pelas respectivas opiniões. O Jusbrasil realiza a moderação do conteúdo de nossa Comunidade. Mesmo assim, caso entenda que o conteúdo deste artigo viole as Regras de Publicação, clique na opção "reportar" que o nosso time irá avaliar o relato e tomar as medidas cabíveis, se necessário. Conheça nossos Termos de uso e Regras de Publicação.
Disponível em: https://www.jusbrasil.com.br/noticias/novo-cpc-e-valida-citacao-pelo-correio-em-execucao-de-titulo-extrajudicial/344749589

Informações relacionadas

Oscar Valente Cardoso, Juiz Federal
Artigoshá 3 anos

Citação por Carta na Execução (Judicial e Extrajudicial) no CPC

Tribunal de Justiça de São Paulo
Jurisprudênciahá 8 anos

Tribunal de Justiça de São Paulo TJ-SP - Agravo de Instrumento: AI XXXXX-06.2016.8.26.0000 SP XXXXX-06.2016.8.26.0000

Bianca Chriguer, Advogado
Modeloshá 8 anos

[Modelo] Ação de execução de contrato de locação

Modelo de Ação de Execução de Título Extrajudicial - NCPC

Superior Tribunal de Justiça
Jurisprudênciahá 2 anos

Superior Tribunal de Justiça STJ - AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL: AREsp XXXXX SP XXXX/XXXXX-8

4 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

É bom lembrar, entretanto, que o artigo 242 exige que a citação seja pessoal. Portanto, a citação pelo correio tem que ser entregue pessoalmente à parte e não ao porteiro ou empregado. Ver, também, a súmula 429 do STJ: A citação postal, quando autorizada por lei, exige o aviso de recebimento. continuar lendo

muito boa explicação sobre citação pelo correio. continuar lendo

Maneiro continuar lendo

Dra. Um caso concreto em sede de Juizado: o juiz da Unidade do Juizado determinou a CITAÇÃO, via PJ-e, de um advogado que é parte requerida do processo. Já viram algo assim? continuar lendo