Inciso II do Parágrafo 2 do Artigo 21 da Lei nº 8.212 de 24 de Julho de 1991

LOSS - Lei nº 8.212 de 24 de Julho de 1991

Dispõe sobre a organização da Seguridade Social, institui Plano de Custeio, e dá outras providências.
Art. 21. A alíquota de contribuição dos segurados contribuinte individual e facultativo será de vinte por cento sobre o respectivo salário-de-contribuição. (Redação dada pela Lei nº 9.876, de 1999).
§ 2o No caso de opção pela exclusão do direito ao benefício de aposentadoria por tempo de contribuição, a alíquota de contribuição incidente sobre o limite mínimo mensal do salário de contribuição será de: (Redação dada pela Lei nº 12.470, de 2011)
II - 5% (cinco por cento): (Incluído pela Lei nº 12.470, de 2011)
a) no caso do microempreendedor individual, de que trata o art. 18-A da Lei Complementar no 123, de 14 de dezembro de 2006; e (Incluído pela Lei nº 12.470, de 2011) (Produção de efeito)
b) do segurado facultativo sem renda própria que se dedique exclusivamente ao trabalho doméstico no âmbito de sua residência, desde que pertencente a família de baixa renda. (Incluído pela Lei nº 12.470, de 2011)

Tudo o que você precisa saber sobre o Segurado Facultativo

QUEM É O SEGURADO FACULTATIVO? É aquele que não exerce atividade remunerada que o enquadre como segurado obrigatório do RGPS ou de RPPS. Seu ingresso no sistema previdenciário se dá por meio de sua…
Romerito Nonato, Advogado
há 2 anos

Dona de casa de baixa renda tem direito aos benefícios do RGPS

Olá amigos!!! Sou Romerito e hoje estou trazendo uma informação que poucos conhecem: a dona de casa tem direito a ser segurada facultativa e, caso comprove ser de baixa renda, dispõe do direito de…
Milena Messias, Advogado
há 2 anos

É dona de casa e contribui para a previdência social como segurado(a) facultativo(a)? Então fique atenta!

A Lei nº 8.213 /1991, que trata dos benefícios da previdência social traz a figura do segurado (a) facultativo (a) para aquelas pessoas maiores de 14 (quatorze) anos que não se enquadram como…

MEI- Contrato social, obrigações, benefícios e do desenquadramento.

4. CONTRATO SOCIAL E OS IMPOSTOS DO MEI O Contrato Social nos termos do artigo 997 do CODIGO CIVIL diz que a sociedade empresarial se constitui mediante contrato escrito, com nome, denominação,…

Em regra, o MEI não se aposenta por tempo de contribuição…. Mas, é possível!

M as, e a aposentadoria por tempo de contribuição ? Um MEI que paga somente sua contribuição básica mensal, não tem direito à aposentadoria por tempo de contribuição . Em regra, aqueles contribuintes…

É possível verificar o melhor momento para se aposentar

Desde o início do regime geral de Previdência Social, ocorreram alterações na legislação previdenciária sobre a forma de cálculo dos benefícios concedidos pelo INSS. Todas as formas de cálculos e…

O período contribuído como microempreendedor individual para a previdência social

Para ter direito aos benefícios como MEI, basta se formalizar e contribuir com 5% sobre o salário mínimo, mensalmente. A Lei 12.470 /2011 acrescentou o § 2.º , II , a no art. 21 da Lei 8.212 /91, que…
Thiago Lima, Advogado
há 5 anos

Microempreendedor Individual - MEI

Sumário: 1. Introdução; 2. Benefícios em ser um microempreendedor individual; 2.1. Redução da carga tributária – Tributos isentos; 2.2. Possibilidade de contratação de um empregado; 2.3. Benefícios…

Segurado Facultativo do INSS – uma opção para quem não trabalha, mas quer aposentar-se no futuro

É muito importante saber diferenciar o segurado facultativo do segurado autônomo! Principalmente nesta fase em que vivemos, de cruzamentos de dados entre INSS e Receita Federal. Continue lendo o…